Padre Neimar Troes é transferido ao São Lucas e segue na UTI

Foi transferido neste domingo do HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) ao São Lucas o padre Neimar Troes. Ele se feriu em um acidente de moto na tarde de ontem, no interior de Nova Aurora.

 

Ele pilotava uma moto de trilha quando sofreu quem queda. O relato é que o capacete rachou no momento do acidente.

 

Segundo a paróquia São Roque, onde ele atua, o padre segue na UTI e voltou a ser intubado para facilitar a respiração. O item que inspira maior cuidado, neste momento, é a respiração devido ao trauma no pulmão. Ele segue sedado.

 

O pedido é de orações pelo religioso que é muito querido na comunidade. (Com CGN). 

PSS para professores tem 20 mil inscritos e prazo acaba na segunda

Faltando três dias para o fim do prazo de inscrições, o Processo Seletivo Simplificado (PSS) para professores chegou à marca de 20 mil candidatos inscritos, com ampla maioria paranaense, mas com postulantes de todas as regiões do País. As inscrições iniciaram em 11 de novembro e seguem até as 18h de segunda-feira (23) pelo link  https://www.cebraspe.org.br/concursos/seed_pr_20_professor .

 

O número de inscritos já é cinco vezes maior que o número mínimo de vagas que prevê o edital (47/2020) da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, de 4 mil professores temporários para 2021. O número pode ser ampliado.

 

Neste ano, o processo seletivo tem uma novidade. Será aplicada uma prova de conhecimento da área em que o candidato se inscrever e em que pretende dar aula. A prova de títulos e o tempo de serviço — critérios utilizados em anos anteriores — continuam parte do processo de seleção.

 

Cada candidato pode se inscrever em apenas um Núcleo Regional de Educação (NRE), escolhendo até dois municípios do núcleo. Na sequência, terá a possibilidade de optar por uma ou duas funções, disciplinas, áreas do conhecimento ou eixos da educação profissional. São ao todo 19 disciplinas e mais de 80 áreas disponíveis para inscrição em 11 diferentes eixos tecnológicos de cursos técnicos.

 

Para participar, os candidatos devem pagar taxa que varia de R$ 60,00 (para uma disciplina) a R$ 105,00 (para duas disciplinas).

 

As provas serão aplicadas em 13 de dezembro nas cidades-sede dos Núcleos Regionais de Educação (NRE). No dia da avaliação serão adotadas normas rígidas de prevenção da Covid-19, seguindo protocolo da empresa que organiza a prova, além de determinações da Secretaria de Estado da Saúde.

 

TÍTULOS — Para facilitar as inscrições, o candidato deverá cadastrar seus documentos em ambiente virtual, que vai permitir anexar os títulos. Esses documentos vão representar até 40 pontos do processo de seleção, valendo diplomas de pós-graduação, como de especialização, mestrado ou doutorado. A prova de títulos vai compreender também o tempo de serviço. Cada ano de magistério vai contar três pontos, com máximo de 21 pontos (dentro dos 40 totais).

 

O número de questões das provas vai depender da quantidade de disciplinas/eixos tecnológicos selecionados na inscrição. O tempo máximo para realização da prova também vai variar de acordo com as opções selecionadas.

 

DÚVIDAS - Os candidatos inscritos que têm tempo de serviço da Secretaria Estadual da Educação não precisam colocar período no momento da inscrição, pois ele vai migrar automaticamente do sistema PSS no momento do fechamento da contagem dos pontos de cada candidato.

 

Somente o tempo de serviço externo (em escolas privadas ou de prefeituras) deve ser indicado no momento da inscrição. Caso o candidato coloque o tempo de serviço de PSS da Seed-PR, estará inserindo uma informação errada e poderá ter sua classificação prejudicada.

 

Sobre os títulos, deverão ser anexados somente os de especialização, mestrado e doutorado. Os diplomas de Ensino Superior só precisarão ser apresentados quando os candidatos forem convocados posteriormente.

 

GRUPOS DE RISCO — Parte dos profissionais selecionados substituirá professores do grupo de risco da Covid-19 sem possibilidade de atuar presencialmente. Entretanto, a prova e a seleção estão abertas a todos os profissionais, inclusive aos candidatos do grupo de risco.

 

A realização da prova seguirá todo um protocolo de segurança aprovado pela Secretaria de Estado da Saúde. A classificação do profissional do grupo de risco está garantida e será mantida. Ele será chamado assim que acabar a situação emergencial da pandemia. (Com AEN). 

Hashtag:
Paraná registra 1.798 novas confirmações por Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste sábado (21) mais 1.798 casos confirmados e 14 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.  O Informe traz também a confirmação de 1.771 casos retroativos que ocorreram entre 23 de maio a 19 de novembro, que estavam com investigação em aberto e agora foram encerrados como casos confirmados e automaticamente computados no sistema. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 neste sábado mostram que o Paraná soma 251.935 casos e 5.794 mortos em decorrência da doença.  

 

INTERNADOS – 729 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São  638 pacientes em leitos SUS (304 em UTI e 334 em leitos clínicos/enfermaria) e 91 em leitos da rede particular (30 em UTI e 61 em leitos clínicos/enfermaria). 

 

Há outros 1.213 pacientes internados, 494 em leitos UTI e 719 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos. 

 

MORTES – A secretaria estadual informa a morte de mais 14 pacientes, e todos estavam internados. São 4 mulheres e 10 homens, com idades que variam de 36 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre 28 de outubro e 20 de novembro.   

 

Os pacientes que foram morreram residiam em Cascavel (3), Foz do Iguaçu (3) e um em cada um dos seguintes municípios: Cianorte, Colombo, Cruzeiro do Oeste, Curitiba, Guarapuava, Maringá, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais.  

 

FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 2.552 casos de residentes de fora, 52 pessoas faleceram. (Com AEN). 

Hashtag:
Padre sofre acidente grave com moto. Aeromédico é acionado

O Padre Neymar Troes ficou em estado grave na tarde deste sábado (21), ao se envolver em grave batida, no interior de Nova Aurora - comunidade São João, cidade a 70 quilômetros de Cascavel.

 

Moradores viram a batida e rapidamente acionaram o socorro, mas devido a gravidade do caso foi necessário o transporte aéreo.

 

O helicóptero do Estado fará o encaminhamento da vítima até hospital de referência em Cascavel.

 

A Polícia Militar foi chamada e registrou a ocorrência, a batida, a princípio envolveu duas motocicletas. (Com Catve). 

Hashtag:
Saúde promove ciclo de palestras sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis

A Secretaria de Estado da Saúde promove terça-feira da semana que vem, dia 24 de novembro, o evento online com o tema Protagonismo Juvenil: uma estratégia positiva. O encontro vai debater e sensibilizar o público sobre importância da prevenção das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). A programação conta com palestras de diversos especialistas e pessoas engajadas ao tema.

 

O debate tem como foco o Dia Mundial de Combate à AIDS, definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na década de 80 como dia 1º de dezembro. A transmissão do seminário será pelo youtube no dia 24 de novembro a partir das 9h. O link para: www.youtube.com/watch?v=u-v3EcJTI_k


 Para certificação é necessário realizar a inscrição. O formulário para inclusão dos dados por ser acessado  AQUI

 

COMPARTILHAR - O encontro permitirá compartilhar conhecimentos, promover a discussão aprofundada sobre o tema e conscientizar sobre a importância da prevenção ao HIV/Aids, propondo mudanças no cenário atual e nas práticas sociais.

 

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, reforça a necessidade de discussão e atuação para a prevenção em relação às ISTs. “As doenças sexualmente transmissíveis, como a Aids, são evitáveis com cuidados e proteção individual. É preciso que as pessoas se cuidem, fortaleçam a proteção, não espere que o outro leve o preservativo. E para quem é portador, cuide do seu próximo”.

 

O evento promoverá discussão de práticas e atividades relacionadas ao dia a dia tanto de quem cuida da saúde, como profissional da área, como de quem tem alguma dessas infecções e segue a vida normalmente com o tratamento e cuidados para evitar a transmissão.

 

A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti Lopes, destaca o trabalho de rotina da secretaria estadual. “Embora agora estejamos passando por um momento de pandemia pelo novo coronavírus, seguimos trabalhando e atendendo aos demais agravos, entre eles as ISTs. Foram realizados diversos encontros virtuais incentivando e consolidando estratégias de combate a estas infecções”.

 

AÇÕES – Desde 2019, a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP) foi incentivada e descentralizada tendo a abrangência ampliada para 198 municípios (49,6% do total do Paraná) que aderiram a esta estratégia de prevenção.

 

A chefe da Divisão de Doenças Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, Mara Carmen Ribeiro Franzoloso, explica que a PrEP é um método de prevenção ao HIV que foi ampliado para quase 50% dos municípios paranaenses. “Outra situação é a importância do diagnóstico precoce. Quando o teste for positivo para o vírus, é essencial o início e a adesão ao tratamento”, explica.

 

Mara destaca que as ações em conjunto oportunizam melhores resultados. “Nenhuma estratégia de prevenção isolada é suficiente. É necessário que seja uma prevenção combinada que envolva o uso regular de preservativos, o diagnóstico oportuno e tratamento adequado de infecções sexualmente transmissíveis, imunizações, testagem para HIV, Sífilis e Hepatites Virais”.

 

AUTOTESTES - A distribuição dos autotestes para diagnóstico do HIV permite o acesso a pessoas que, por algum motivo, não frequentam o serviço de saúde ou estão impossibilitadas de comparecer. O teste pode ser encontrado nos Centros de Testagem e Aconselhamento – CTA, Serviços de Atendimento Especializado (SAE), Unidades de Saúde e ONGs. O autoteste de HIV permite que a pessoa colete sua própria amostra.

 

Box 1


AIDS atinge grupos de pessoas com diferentes características

 

No período de 2010 até outubro de 2020, o Paraná registrou 15.864 pacientes com Aids, ou seja, que tratam a doença. Desde os primeiros casos, a Aids atinge grupos de pessoas com diferentes características. Inicialmente a infecção se concentrou em homens, depois teve o período em que a quantidade de casos predominante era em mulheres. Atualmente, o número de indivíduos que tem o vírus está na razão de uma mulher para cada dois homens.Em relação à faixa etária, os jovens e jovens adultos são os mais infectados, com 50% dos casos de indivíduos na faixa etária entre 20 e 39 anos. “Nosso alerta sobre isso é para todos, embora tenhamos os dados sobre a população que tem HIV, não há classe, cor, gênero que tenha propensão à doença, todo indivíduo pode se contaminar”, explica Maria Goretti da diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde, Maria Goretti Lopes.

 

Box 2


Cuidado à gestante evita transmissão vertical

 

O cuidado dedicado à gestante HIV é prioritário para eliminar a transmissão vertical do vírus. A transmissão vertical ocorre quando a mãe passa o HIV para o seu filho, durante a gestação, parto ou aleitamento.

 

Toda gestante HIV recebe atendimento especializado na rede pública, acesso ao pré-natal de qualidade, desde o início da gestação até o encaminhamento para o atendimento de alto risco. Todas essas ações resultam no sucesso em proporcionar o nascimento de uma criança saudável.

 

PARANÁ - O primeiro estado a receber a Certificação da Eliminação da Transmissão Vertical do HIV foi o Paraná em 2017, com o município de Curitiba. Em 2019 o município de Umuarama também recebeu esta certificação. (Com Agência Brasil)

 

 

 

 

 

 

Leilão de veículos do Estado arrecada 567% a mais que o previsto

O leilão de veículos do Estado, realizado pela Secretaria da Administração e da Previdência, na última semana, arrematou R$ 62.116,60, montante que volta aos cofres do Governo para uso em renovação da frota. A expectativa era uma arrecadação total de R$ 11.016,50.  O montante final dos lances, portanto, foi 567,48% maior que o valor mínimo previsto.

 

O secretário Marcel Micheletto homologou o processo nesta quarta-feira (18), após encerrado o prazo para recursos e finalizadas as formalidades legais exigidas.

 

O certame foi encerrado na segunda-feira (09) e contou com o cadastro de 85 interessados, sendo que 42 participaram com lances. Os 10 lotes colocados à venda pelo edital de Leilão Eletrônico 3/2020 eram compostos de bens usados inservíveis para a Administração Pública, antieconômicos ou irrecuperáveis.

 

Esse foi o primeiro leilão realizado com a estrutura do Estado, por meio do Departamento de Gestão do Transporte Oficial (Deto) da Secretaria da Administração e Previdência, sem a intermediação de leiloeiros oficiais. A mudança beneficia, principalmente, os arrematantes, que não precisam pagar a taxa de 5% no valor final de cada lote. O leilão ficou aberto por seis dias.

 

“Buscamos aplicar uma metodologia sedimentada e eficiente, já testada em outro Estado, que desse velocidade à alienação dos bens inservíveis, com ainda mais transparência e facilidade de auditagem”, explica o presidente da Comissão Permanente de Leilão, Capitão Diego Nogueira. “A monetização e a desnecessidade de despesas com a manutenção e guarda destes bens auxiliará na redução dos gastos públicos”, afirma ele.

 

MAIS LOTES - A sessão ocorreu pelo Sistema Eletrônico de Leilões, disponível no endereço eletrônico leilaopublico.paas.pr.gov.br/, desenvolvido pela Celepar. A partir de agora, todos os leilões do Governo serão realizados por esse sistema. Até final de ano será lançado mais lotes de bens móveis e imóveis. (Com AEN)

 

 

 

 

 

 

Startups apresentam projetos para Indústria 4.0 no Pitch Paraná

Na quarta série de apresentações do Pitch Paraná, nesta quarta  dia 18, cinco startups trouxeram soluções para a área de Transformação Digital/Indústria 4.0. As startups selecionadas para mostrar seus projetos foram Aula em Foco, Getter, Inpakta, Mapperidea e Urban Smart Lighting. 

 

“O objetivo é oferecer um espaço para novos empreendedores que tragam soluções que possam vir a ser utilizadas no Paraná”, explica o superintendente-geral de inovação, Henrique Domakoski.  

 

O Pitch Paraná já mostrou projetos nas áreas de Agronegócio, Saúde e Biotecnologia, Governo e Cidades Inteligentes. Na próxima quarta-feira (25) será a vez do Empreendedorismo Social. 

 

O evento é uma iniciativa da Superintendência Geral de Inovação, vinculada à Casa Civil, com execução da SGI e Celepar, em parceria da Fiep, Sebrae, Assespro e Icities e apoio da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fundação Araucária, Faciap, PTI, Iguassu Valley, Instituto Legado, Hotmilk e Distritobusca.  

 

NOVOS MERCADOS - De Curitiba, a Aula em Foco apresentou sua plataforma digital especializada em educação, que atua da estruturação de conteúdos até a entrega final de cursos online. A empresa aposta no mercado, intensificado com a pandemia do coronavírus e que deve permanecer depois dela. Em dois anos, a Aula em Foco registrou um crescimento de vendas de 855%. 

 

Também de Curitiba, a Getter é uma startup de inteligência artificial com foco na transformação digital das grandes empresas. Por meio de um sensor de visão computacional ou de câmeras convencionais, a empresa tem uma visão 360 da linha de produção, podendo mensurar a produtividade, eficiência e sugerir a melhoria dos processos. A solução também foca na saúde dos funcionários, com a análise do esforço ergonômico, uso de espaços, distanciamento e uso de máscaras – exigências novas por conta da pandemia. 

 

DADOS PROTEGIDOS - A InPakta, de Curitiba, atua na área de proteção de dados. Sua solução é uma plataforma com ferramentas de compliance e proteção de dados de baixo custo. O sistema permite mapear, gerenciar e monitorar dados em tempo real, além de fazer a gestão do consentimento de privacidade dos usuários/clientes.

 

De acordo com a InPakta, esse é um mercado de mais de 7 milhões de empresas que armazenam dados e 122 milhões de pessoas físicas. 

 

MAIS EFICIÊNCIA - Na área de software, a Mapperidea, de Cascavel, criou uma metodologia e uma máquina para codificar programas que torna o desenvolvimento de cinco a 16 vezes mais rápido. A empresa usou a experiência como fabricante de software para resolver problemas que afetam o mercado, como atrasos de projetos e falta de mão de obra.

 

O conceito Deep-Code criado pela Mapperidea consiste em observar os padrões de codificação do desenvolvedor permitindo que esses padrões sejam perpetuados e acessíveis a toda a equipe.  

 

A Urban Smart Lighting, de Curitiba, nasceu na UFPR e tem como foco soluções inteligentes em iluminação pública e em áreas externas.  A Urban trabalha com o conceito de Luz sob Demanda, que prevê iluminação quando e onde necessário. A proposta é usar dispositivos da internet das coisas acoplados a postes ou integrados a luminárias para melhorar a eficiência energética. A gestão da iluminação será feita por aplicativos para smartphones ou desktop. 

 

PITCHS NA FINAL - O melhor pitch desta rodada será anunciado na próxima quarta-feira (25), quando também serão encerradas as apresentações com os projetos da área de Empreendedorismo Social. 

 

Já estão selecionados para a grande final, no dia 2 de dezembro, as empresas IrrigaTech, de Paranavaí, vencedora do tema Agronegócio – AgroTech; Diagnosi Diagnóstico Inteligente, de São José dos Pinhais, da área de Saúde e Biotecnologia; e Profissão 4.0, de Prado Ferreira, escolhida como a melhor na categoria Governo e Cidades Inteligentes. 

 

Todos os projetos selecionados para as exposições públicas são apresentados por meio de live no youtube. As apresentações são abertas ao público, que também pode votar no seu projeto preferido. (Com AEN)

 

 

 

 

 

 

Secretarias da região Oeste debatem retorno às aulas municipais em 2021

Os secretários municipais de educação de vários município do Oeste do Paraná estão reunidos na manhã desta quinta dia (19), na AMOP, em Cascavel.

 

A pauta do dia é o retorno das aulas municipais no ano letivo de 2021, sobre como será feito esse procedimento, os cuidados básicos a serem tomados para evitar o contágio do novo coronavírus, a Covid-19. Bem como também é debatido o plano de ensino do próximo ano.

 

Desde março as aulas foram paralisadas de forma integral, assim que os dados começaram a avançar e a pandemia foi instaurada em todo mundo. Cascavel definiu por não retornar o ensino em 2020, mas manteve de forma remota, com atividades entregue aos pais semanalmente.

 

Ainda não há uma definição de data para que o sejam retomadas as atividades nas escolas, há o planejamento para que tudo esteja no controle das autoridades e não leve risco aos estudantes e também servidores. (Com Catve). 

Hashtag:
Pessoas que contribuíram com ações da Defesa Civil são homenageadas

A Coordenadoria Estadual da Defesa Civil homenageou nesta terça-feira (17) a primeira-dama do Estado, Luciana Saito Massa, pelo apoio que tem sido dado por ela e pela Superintendência de Ação Solidária à Defesa Civil nas ações de atendimento à população vulnerável no Estado durante o período de pandemia. Também foram homenageados o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e o diretor-presidente da Invest Paraná, José Eduardo Bekin.

 

Eles foram condecorados com a Medalha do Mérito da Defesa Civil Coronel QOBM Dario Natan Bezerra. A honraria é destinada a civis, militares e instituições públicas ou privadas por ações relevantes de proteção e defesa civil. Neste ano, 91 autoridades militares e 43 civis estão sendo condecorados, entre eles o governador Carlos Massa Ratinho Junior e o vice-governador Darci Piana. Por causa da pandemia, as entregas das medalhas estão sendo feitas gradualmente.

 

ATUAÇÃO CHAVE – A primeira-dama Luciana Saito Massa foi condecorada por sua atuação chave em diversas campanhas de arrecadação de doações, através de iniciativas como o Cesta Solidária (alimentos), Paraná Piá (brinquedos), Futebol Solidário (alimentos) e, agora, Natal Voluntário, que se inicia em apoio ao programa do Governo Federal Pátria Voluntária.

 

Luciana destacou a importância da atuação de sua equipe e de cada uma das pessoas que fizeram que contribuíram com estas ações, e de como cada uma delas é merecedora também desse reconhecimento.

 

TOMADA DE DECISÕES – A homenagem a Norberto Ortigada, secretário da Agricultura e do Abastecimento, foi um reconhecimento à sua participação ativa tomada de decisões e ações estratégicas do Estado, para que a população continuasse a ser atendida durante os momentos críticos da pandemia.

 

Foram ações como a identificação de serviços e atividades que não podiam ter paralisação. A atuação dos agricultores, especialmente com o programa de agricultura familiar, foi essencial nesse período de pandemia. Também houve um esforço em dialogar com produtores e lideranças para atender suas demandas e colaborar com o setor.

 

Entre as iniciativas, o Cartão Comida Boa, uma ajuda emergencial para garantir alimento à mesa das famílias atingidas pela pandemia. Aproximadamente 800 mil pessoas foram beneficiadas. O programa, concluído em agosto, garantiu uma movimentação de R$ 113 milhões na economia paranaense.

 

Já o programa Compra Direta Paraná garante segurança alimentar da população mais vulnerável e renda aos produtores rurais. Também é destaque o programa Leite das Crianças, que atende famílias de baixa renda. As entregas foram mantidas durante a pandemia.

 

INVESTIMENTOS - José Eduardo Bekin, diretor-presidente da Invest Paraná, recebeu a medalha da Defesa Civil devido à sua atuação durante a pandemia. Ele esteve à frente de ações de atração de investimentos, essenciais para manter a economia do Estado estabilizada e permitir a recuperação da crise causada pela pandemia.

 

A Invest Paraná é um instrumento de apoio a empresas locais e novos investimentos, fazendo a articulação entre governo e iniciativa privada. A instituição é responsável também pela criação do Programa Municipal de Atração de Investimentos (PMAI), que trabalha em conjunto com as prefeituras para melhorar o ambiente de negócios em cada cidade do Paraná. (Com AEN)

 

 

 

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade.