Nova Ponte na Comunidade Rio Crim é Reconstruída através de parceria entre Porto Barreiro e Rio Bonito

Com os passar dos anos o desgaste foi inevitável, fato que aconteceu com a Ponte na comunidade Rio Crim em Porto Barreiro, a qual liga ao Município vizinho de Rio Bonito do Iguaçu.

 

Ao tomar conhecimento da real situação em que se encontrava a referida ponte, uma equipe da Secretaria de Viação e Obras de Porto Barreiro esteve no local realizando levantamento e sinalizando os riscos que ela estava oferecendo aos usuários, situação essa realizada desde o início com o apoio do município vizinho.

 

O Secretário Claudir Crotti, juntamente com toda a equipe de trabalho, providenciou as madeiras e os trabalhos deram início na manhã desta segunda feira (11), onde o Município de Rio Bonito do Iguaçu por meio da secretaria competente, enviou sua equipe com uma Pantaneira e dois caminhões para que o trabalho fosse feito com a máxima qualidade.

 

Toda a estrutura da Ponte foi feita com muito reforço, para que tenha maior durabilidade e garanta o tráfego com segurança para todos que por ali passarem.

 

A Prefeita Marinez Crotti aproveita para Agradecer todos os envolvidos nesse trabalho, entendendo que as demandas existentes são muitas.

 

"Estamos sempre atentos e com a equipe sempre preparada para que a população tenha o nosso retorno imediato frente as ações necessárias. Queremos agradecer ao Prefeito Ademir Fagundes (gaúcho), que não mediu esforços nessa parceria por meio de sua equipe de trabalho", completou a prefeita.

 

O Governo Municipal de Porto Barreiro continua suas ações sempre pensando no melhor para os seus munícipes, e a população está convidada a acompanhar os trabalhos realizados nas mais diversas áreas. Assim é possível criar um elo de ligação entre os munícipes e a prefeitura.

 

 

 

 

Relação dos conselheiros eleitos de Pinhão, Reserva do Iguaçu e Foz do Jordão

Em todos estes municípios a eleição realizada neste domingo dia 06, transcorreu normalmente sem nenhum incidente registrado.

 

Relação dos conselheiros eleitos de Pinhão, Reserva do Iguaçu e Foz do Jordão.

 

RESERVA DO IGUAÇU

Eleitos

1 – Valéria de Lima – 339 votos
2 – Cirene Antunes da Rosa – 275 votos
3 – Rudineia da Silva Maier – 245 votos
4 – Francielli Duarte – 203 votos
5 – Vanessa Soares Correa – 193 votos

 

FOZ DO JORDÃO

Eleitos
1 – Célia Poli – 324 votos
2 – Glauce – 192 votos
3 – Rosibel – 189 votos
4 – Dete – 168 votos
5 – João Araújo – 144 votos

 

PINHÃO

Eleitos
1 - Dionhata de Andrade Oliveira - 386
2 - Edilson José Da Rosa - 331
3 - Osmara de Fátima Tussolini - 282
4 - Maria Jocimara Santos Adonski - 278
5 - José Francisnei dos Santos - 213

 

 

As Informações são da e103.

 

 

 

Hashtag:
Produção de trigo tem queda na região

Em entrevista concedida para a reportagem do Portal Cantu, o Téc. do Deral Núcleo de Cascavel J.J Pertille, afirmou que devido as condições climáticas houve queda na produção das lavouras de trigo na região.

 

Nos 28 municípios abrangentes já foram colhidas 90% das lavouras dos 165 mil hectares plantados.

 

A previsão de colheita era de aproximadamente 528 mil toneladas, mas as condições climáticas afetaram as principais fases floração e frutificação da planta.

 

No mês de julho em alguns dias houve geadas intensas e na sequência outro fator que afetou a produção do grão foi a longa estiagem.

 

De acordo com os levantamentos do Deral e SEAB a quebra na produção chegou há 51%.

 

Na Cantu pertencem há regional de agricultura de Cascavel os municípios de Campo Bonito, Catanduvas, Ibema e Três Barras do Paraná. (Com Junior Cambi)

 

 

 

 

 

Hashtag:
Mais de 90% dos eleitores de Quedas e Espigão fizeram a biometria

A manhã desta sexta dia 27, último dia para o recadastramento eleitoral em Quedas e Espigão foi de filas no Cartório Eleitoral. Os números da renovação do cadastro eleitoral com biometria passaram de 90% dos eleitores nos municípios pertencentes 163 ª Zona Eleitoral Comarca de Quedas do Iguaçu.

 

O Juiz Eleitoral Vitor Toffoli em entrevista ao JE destacou a importância da biometria solicitando a todos os eleitores para refazer seu cadastro eleitoral. Sobre as consequências de quem não foi fazer o registro Toffoli ressaltou que “o título de eleitor será cancelado, e o eleitor não poderá votar nas próximas eleições, além disso, aqueles que recebem benefício social, ou pra quem tiver pretensão de tirar passaporte, ou assumir algum cargo em concurso público também poderão ter problemas, porque o cancelamento do título é informado pra Receita Federal isso gera uma pendência no cadastro do CPF ocasionando ainda restrições na vida bancária do cidadão”. O meritíssimo ressaltou que após o prazo estipulado “o eleitor poderá fazer a regularização, mas terá na verdade refazer o Título, por o mesmo estar cancelado”. “Na prática deixar pra depois pode geral um monte de transtornos, por isso intensificamos e chamamos todos pra vir” concluiu.

 

A chefe responsável pelo Cartório Jaqueline Andrade, se disse “satisfeita com o número de pessoas que compareceram para biometria”. A cartorária ressaltou o “bom trabalho dos atendentes que fizeram inclusive plantões nos dias de folga para conseguir fazer a biometria daqueles que trabalham e não podiam vir durante a semana”.

 

O Cartório Eleitoral teve a capacidade triplicada no período de recadastramento com servidores fazendo o atendimento para garantir atendimento rápido e eficaz. (Com Jornal Expoente)

 

 

 

Empreendedores da Cantu e região terão evento em Cascavel

Na próxima quinta dia 03 de Outubro, empreendedores de Cascavel e região poderão participar do Fomenta Paraná – Regional Oeste, um encontro de oportunidades para Micro e Pequenas Empresas nas Compras Governamentais. O evento ocorrerá no Centro de Convenções e Eventos de Cascavel (Rua Fortunato Bebber, nº 987), das 08h30 às 17 horas. Interessados em realizar a inscrições podem acessar http://bit.ly/fomentaOeste ou entrar em contato pelo telefone (45) 3321-7068.

 

A programação do evento começa às 08h30, com credenciamento e, logo depois, começam os painéis, palestras e rodadas de negócios. Dentre os objetivos do evento, estão a aproximação de compradores, fornecedores e agentes públicos e a disseminação de ideias e soluções que facilitem a venda de produtos e serviços das micro e pequenas empresas para órgãos públicos, sempre com base na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

 

“É um evento que pretende aproximar compradores, fornecedores e agentes públicos, capacitar, apresentar cases e promover rodadas de negócios”, projeta o consultor do Sebrae/PR, Adir Mattioni.

 

São apoiadores do evento a Fecomércio PR, a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), o Governo do Paraná, o Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná (Fopeme), o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) e empresas âncoras locais, como Unioeste, 10ª Regional de Saúde do Paraná e Prefeituras de toda a região.

 

Às 08h30, o local será aberto para recepção e credenciamento. A partir das 09 horas, começam as palestras, sendo que às 11 e 13 horas há previsão de realização de duas oficinas. A partir das 13 horas, está agendada uma rodada de negócios entre compradores e fornecedores. Paralelo ao Fomenta, também ocorrerá o Fórum de Secretários Municipais de Planejamento, promovido pelo Governo do Paraná, que pretende complementar a programação sobre Compras Públicas, discutindo questões como gestão pública, planejamento estratégico, otimização de resultados, eficiência energética, e apresentação de projetos locais, como Ferroeste e Modernização da Gestão Pública, com o Instituto de Planejamento de Cascavel.

 

Compras públicas


Segundo dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE), entre 2016 e 2017, os territórios Oeste Integrado e Cantuquiriguaçu compraram, juntos, R$3,5 bilhões de reais nos processos de compras públicas. Desse montante, pelo menos 52% das licitações foram homologadas com MPEs dos territórios.

 

Especificamente, em Cascavel, de acordo com dados da Prefeitura, das empresas que venceram processos licitatórios entre 2017 e 2018, 62% são micro ou pequenas, 3% são microempreendedores individuais e os outros 35% são de outros formatos. Desse montante, 55% foram vendidos por empresas de Cascavel e do oeste do Paraná.

 

Dentre os fatores que contribuem para o aumento na participação e homologação de contratos com micro e pequenas empresas, está o Escritório de Compras Públicas, uma iniciativa da Prefeitura, Acic, Sebrae/PR, Fecomércio PR, Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná (Fopeme), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Unioeste, Núcleo Regional de Educação, Compra Paraná e Comitê Gestor Municipal.

 

Desde julho de 2017 até setembro de 2018, segundo levantamento do Escritório, o espaço publicou 628 editais que chegaram a 18,4 mil empresas, conseguindo ampliar de 36% para 68% as aquisições locais.

 

 

Por Assessoria SEBRAE.

 

 

 

 

 

Hashtag: