Policiais Civis e Militares podem entrar em greve no Paraná

Os trabalhadores do setor de segurança pública do Paraná estão mobilizados contra o governo Ratinho Júnior (PSD), que deve enfrentar sua primeira greve a partir do dia 25 de junho. Os agentes penitenciários já sinalizaram a possibilidade de paralisarem as atividades, assim como policiais civis e militares.

 

Apesar da Constituição Federal proibir a greve de policiais militares, no Rio Grande do Norte e em outros estados, as corporações já realizaram essa mobilização, mesmo com parecer contrário do STF. Em alguns casos, a greve é disfarçara por associações, normalmente de mulheres de militares que, em tese, impedem a saída das viaturas.

 

Michel Franco, representante do Sindicato de Policiais Civis (Sindipol) ressaltou que a categoria está há quatro anos sem reposição da inflação. "Não é se escondendo que ele (Ratinho Junior) vai resolver os problemas do estado. Pedimos algo que é viável. Há condições de pagamento da data-base de 5%", criticou Franco, que acusa o governador de não negociar com os policiais.

 

“Estamos no limite. Realizamos oito reuniões com representantes do governo e em nenhuma delas o governador participou, o que demonstra descaso e falta de respeito com os militares”, disse o presidente da Associação da Vila Militar da PM, Coronel Washington Rosa. “O governador Ratinho Junior, quando deputado e mesmo em campanha, sabia da situação dos militares e mesmo assim hoje nos ignora”, observou o coronel.

 

Segundo o presidente da associação representativa da Polícia Militar, a “situação junto a alguns setores da Polícia Militar está crítica e estamos contornando grupos radicais que ameaçam até fechar quarteis. Não vamos permitir isso em respeito à sociedade e à própria imagem da Polícia Militar, mas o governador precisa nos respeitar e, pelo menos, nos ouvir pessoalmente”, disse.

 

Por meio de nota, o Governo afirmou que tem intenção de manter conversas com os servidores para encontrar as soluções necessárias e reiterou que, em uma reunião na semana passada, ficou acertado que as negociações seguiriam abertas.

 

 

 

 

 

Hashtag:
Educação lança editais para processo seletivo simplificado

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte publicou na segunda dia 17, dois editais para contratação de profissionais por meio de Processo Seletivo Simplificado (PSS). As vagas são para professores, professores pedagogos, tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais e auxiliares de serviços gerais.

 

De acordo com o secretário da Educação, Renato Feder, o objetivo é suprir demandas emergenciais de contratação para disciplinas e funções que não são mais atendidas por falta de candidatos nas listagens de processos seletivos anteriores.

 

"Esses profissionais serão contratados de acordo com a necessidade de cada local e após esgotadas as listagens dos editais anteriores. Conforme os Núcleos de Educação informarem suas necessidades, a secretaria contratará os candidatos classificados nessa nova seleção", explicou.

 

INSCRIÇÕES - As inscrições começam às 9 horas do dia 27 de junho e seguem até as 17 horas do dia 3 de julho, no endereço www.pss.pr.gov.br. O profissional já contratado via PSS ou que teve o contrato prorrogado não precisa fazer nova inscrição. A duração do contrato dos editais 25 e 26/2019 é até 31 de dezembro de 2019. (Com AEN)

 


Faça sua inscrição

 

 

Hashtag:
Carros elétricos terão isenção de IPVA até 2022 no Paraná

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa nesta segunda dia 17, o projeto de lei do Governo do Estado que zera o Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) na compra de veículos elétricos. Hoje, a alíquota cobrada é de 3,5%. A isenção irá vigorar até 31 de dezembro de 2022.

 

“A ideia é diminuir cada vez mais o preço dos veículos elétricos e torná-los mais acessíveis à população”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “A busca de soluções sustentáveis é uma realidade com o uso de carros que poluem menos”, acrescenta.

 

PROPOSTA - O projeto enviado à Assembleia Legislativa altera e acrescenta dispositivos na Lei 14.260, de 2003, que estabelece normas sobre o tratamento tributário do IPVA. No novo texto, os carros elétricos passam a integrar uma lista de isentos que inclui veículos de propriedade da União, Estados, Distrito Federal e municípios, autarquias e fundações mantidas pelo poder público, instituições de educação e de assistência social, partido político, entidade sindical de trabalhador e de templos de qualquer culto.

 

Outra alteração diz respeito aos veículos que utilizam Gás Natural Veicular (GNV). Para garantir isonomia, o benefício de alíquota 1%, que já era oferecido ao GNV, também irá vigorar até o final de 2022.

 

Na mensagem que acompanha o projeto de lei, o governador informa aos deputados que o objetivo das alterações é incentivar o uso de automóveis movidos à energia elétrica, “conferindo maior eficiência e menor consumo em comparação àqueles movidos à combustão”, e destaca a contribuição com o meio ambiente, já que os veículos elétricos não são poluentes.

 

PRONTO PARA CRESCER – Tendência global, o uso de veículos elétricos vem crescendo, ancorado por políticas de desenvolvimento sustentável. No Brasil, o Paraná é o Estado mais preparado para viabilizar esse mercado, com políticas de incentivo, a ampliação do programa Smart Energy (vinculado ao Tecpar), parcerias com o setor privado e o fortalecimento da eletrovia da Copel, a maior do país, que corta o Estado de Leste a Oeste via BR-277.

 

A Copel garante que a energia não será um gargalo para o desenvolvimento. A empresa se prepara para atender um incremento de até 700% no consumo. Hoje, a eletrovia possui 730 quilômetros de extensão, ligando o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu. As estações existentes são todas de recarga rápida, entre meia hora e uma hora, e a cada carga os veículos elétricos ganham autonomia para rodar de 150 a 300 quilômetros.

 

Da mesma forma, o Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná) estabeleceu diversas parcerias e acordos de cooperação, entre elas, com a Renault, que vai disponibilizar ao instituto a plataforma do Twizy, o veículo elétrico produzido pela montadora. O Tecpar também atua na certificação da cadeia de eletropostos e no dimensionamento e otimização da distribuição. (Com AEN)

 

 

 

 

Hashtag:
Morre na cadeia em Pinhais homem que pôs fogo em carro com mulher grávida e criança dentro, em Turvo

O homem que era réu por agredir a ex-companheira grávida e atear fogo em um carro com a filha dela dentro, em Turvo, morreu no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

 

A morte, que aconteceu no sábado (15 de junho), foi confirmada pelo advogado de defesa, Piero de Sousa Pinto. Danilo Geraldo Ferreira, de 28 anos, estava preso preventivamente (por tempo indeterminado) desde 11 de abril.

 

A causa da morte está sendo investigada, segundo o advogado. Conforme o Instituto Médico-Legal (IML), o corpo tinha sinais de enforcamento.

 

Ele não soube dizer se o cliente estava sozinho na cela. Um inquérito será instaurado pela Polícia Civil, e o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR) também vai investigar o caso.

 

Ferreira era réu pelos crimes de tentativa de feminicídio, cárcere privado, violência doméstica e ameaça.

 

O caso aconteceu em 9 de abril. O réu confessou os crimes em depoimento.

 

A mulher, que estava grávida, ficou ferida e teve que antecipar o parto sob o risco de perder o bebê. Já a criança, teve 20% do corpo queimado. Ela recebeu alta depois de dois meses e está com o pai em Guarapuava, na região central do estado.

 

 

 

 

 

Hashtag:
Adolescente de 14 anos é apreendido por estuprar idosa de 73 no Paraná

Um adolescente de 14 anos foi apreendido, neste domingo dia 16, suspeito de estuprar uma idosa de 73 em Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais. De acordo com a Polícia Civil, o adolescente foi detido pela Polícia Militar enquanto ainda estava na casa da vítima.

 

O delegado Derick Moura Jorge informou que o adolescente invadiu a casa e, por ameaça, manteve relações sexuais a força com a idosa. “A vítima conseguiu escapar do local e chamar a PM. Quando a viatura chegou, conseguiu pegar o adolescente dentro de um dos quartos da casa”, informou.

 

O adolescente está detido em cela separada na cadeia pública de Jaguariaíva. Ele foi ouvido pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) nesta segunda-feira (17). A promotoria da cidade já fez o pedido de internação do menor.

 

Segundo o delegado, se a Justiça decidir, o adolescente pode pegar até três anos de pena. “Ele cumpriria em um centro de medida socioeducativa”, concluiu.

 

A idosa passou por exames imediatamente após o crime.

 

 

 

 

Hashtag: |
Jovem comete suícidio em Cascavel

Um suicídio foi registrado na madrugada desta segunda dia 17.

 

A Polícia Militar de Cascavel atendeu a ocorrência, no Bairro Claudete.

 

O jovem foi identificado como Patrick Sodré de 25 anos.

 

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal.

 

 

 

 

Hashtag:
Frente fria avança da Argentina e provoca frio e geada no Paraná

A frente fria que avança Argentina e segue pelos estados do Sul do Brasil deve derrubar as temperaturas já na quarta dia 19, no Paraná.

 

O Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) prevê mínimas de 8ºC para Cascavel até o fim da semana e geada para cidades de Palmas, Guarapuava e General Carneiro ? sul do Estado. Nessas cidades, a temperatura prevista é de 5ºC, mas a sensação térmica pode se aproximar de zero.

 

O frio não deve provocar chuvas intensas, apenas pancadas em alguns pontos isolados. A nebulosidade aumenta, principalmente na região Oeste.

 

Para quem está acostumado com temperaturas mínimas entre 14 e 18ºC nas últimas semanas deve estranhar a queda e o clima.

 

O frio chega antes do inverno que começa dia 21 de junho, às 12h54 e segue até 23 de setembro. (Com Catve)

 

 

 

 

 

 

 

Hashtag: |
PCC controla presídio de Piraquara contra superlotação, diz chefe da fiscalização

Os presídios do Paraná passam por uma situação de superlotação. O Estado tem 18.635 vagas em seu sistema prisional e abriga 22.500 presos, de acordo com o Depen (Departamento Penitenciário). Ou seja, 20% a mais do que deveria.

 

Em um presídio específico, porém, a PEP 1 (Penitenciária Estadual de Piraquara), a superlotação é de apenas 1,2%. Lá, segundo dados da semana passada, estavam presos 752 detentos divididos em celas que juntas têm capacidade para abrigar até 743 pessoas.

 

A estatística aparentemente positiva dentro de um cenário ruim, contudo, não é motivo para celebração, alerta o Conselho da Comunidade de Curitiba, responsável pela fiscalização dos presídios da comarca da capital paranaense.

 

Isabel Kruger Mendes, presidente do órgão, afirmou que a superlotação na PEP 1 só não atinge nível semelhante ao de outras penitenciárias do Paraná devido ao poder que o PCC (Primeiro Comando da Capital) tem no estado.

 

"A PEP 1 é uma exceção porque líderes do PCC estão presos lá", disse ela. "Eles já avisaram que se colocarem mais presos, eles morrem."

 

Mendes monitora a situação do sistema carcerário do Paraná há mais de uma década. Disse que a supremacia do PCC no estado cresce na medida em que a superlotação dos presídios se torna mais grave.

 

Só na comarca de Curitiba, existem dez unidades prisionais, todas monitoradas por Mendes e o Conselho da Comunidade. Além da PEP 1, as únicas que têm lotação controlada são a Penitenciária Feminina do Paraná e Unidade de Progressão da Penitenciária Central do Estado. A última é considerada uma "prisão-modelo", em que só podem ficar presos com bom comportamento, que trabalham ou estudam.

 

"O que é prisão normal está superlotada, menos a PEP 1", complementou Mendes, em entrevista ao UOL.

 

Procurado pelo UOL, o Depen-PR informou que a distribuição dos detentos nas unidades prisionais é definida "de acordo com diversos critérios como estrutura do prédio, quantitativo de efetivo funcional, perfil de presos, entre outros. Portanto, trata-se de uma decisão administrativa baseada apenas em questões objetivas e técnicas", declarou.

 

O órgão ressaltou, contudo, que na PEP 2 (Penitenciária Estadual de Piraquara 2) há hoje mais presos ligados ao PCC do que na PEP 1, e que as lideranças da facção que estavam na PEP 1 foram transferidas para presídios federais.

 

Mendes disse que cerca de 95% dos presos no Paraná ou são membros do PCC ou se submetem ao poder da facção. "Até houve uma tentativa de criação de uma facção rival, a Máfia Paranaense, mas logo seus membros foram mortos", contou ela.

 

"Quando os líderes da PEP 1 souberam dos planos de transferir mais presos para lá, logo fizeram saber que não aceitariam", disse ela. "Nas outras prisões, já há detentos dormindo em colchões no chão. Na PEP 1, não."

 

Mendes disse que, em maio, lideranças da facção emitiram um comunicado em nome da "massa carcerária" reclamando de violência no tratamento com os prisioneiros e até mistura de presos em determinados presídios. Segundo eles, isso poderia gerar "mortes desnecessárias".

 

O comunicado foi incluído pelo Conselho da Comunidade num relatório sobre a situação dos presídios do Paraná levado a Brasília na semana passada.

 

A presidente do Conselho da Comunidade afirmou que jovens que chegam aos presídios têm que se submeter ao PCC por segurança e sobrevivência. Segundo ela, um novato num presídio está sujeito a agressões e até abusos sexuais. Em busca de proteção, se alinha à facção.

 

Preso, ele também precisa de objetos de higiene pessoal e limpeza. Isso pode custar até R$ 700 por mês ao preso, já que os itens não são fornecidos pelo Estado. Se a família do detento não tem como custear, ele acaba recorrendo ao PCC. "E isso será cobrado depois", disse Mendes.

 

Para ela, caso o Estado não reveja seu "ímpeto de punição" e invista em educação, não haverá solução para o aumento do poder das facções. (Com FolhaPress)

 

 

 

 

 

 

Semana com altas temperaturas e baixa umidade do ar no PR

A segunda dia 17, começou com tempo aberto e com os termômetros marcando 16ºC ? temperatura alta para o outono, que se despede com a chegada do inverno em 21 de junho.

 

A semana promete tempo estável em todo o Paraná. A frente fria que avança do Rio Grande do Sul não deve mudar a temperatura e o tempo continua seco no Paraná.

 

Para hoje, a máxima deve chegar aos 27ºC em Cascavel. A umidade relativa do ar está em 55% e as rajadas de vento podem chegar aos 35 km/h.

 

Na região Noroeste, em Paranavaí, a máxima pode chegar aos 30ºC.

 

No Sul do Estado as temperaturas estão altas, em Guarapuava a máxima é de 24ºC. (Com Catve)

 

 

 

Hashtag:
PRE apreende carro carregado com cigarros contrabandeados

A PRE (Polícia Rodoviária Estadual) apreendeu um carro carregado com cigarros contrabandeados, na manhã de segunda dia 17.

 

A Montana foi trazida ao pátio da PRE de Cascavel para retirada da carga. (Com Catve)

 

 

 

 

 

 

Hashtag: |