BR-277 é a primeira a ter um autoatendimento para pagar o pedágio

A partir desta semana, o motorista que viaja pela BR-277, no trecho entre Curitiba e o litoral paranaense, já pode oficialmente pagar a tarifa de pedágio de veículos leves no autoatendimento.

 

Após períodos de testes e ajustes tecnológicos, a concessionária Ecovia Caminho do Mar passou a ser a primeira concessionária de rodovias do Paraná a ter uma cabine de autoatendimento para o pagamento do pedágio, o que garante maior segurança e mobilidade para os usuários da rodovia.

 

O autoatendimento está em operação em uma das cabines da praça de pedágio em São José dos Pinhais, no sentido Paranaguá-PR. Na fase piloto, a concessionária teve resultados positivos em relação a aceitação e utilização efetiva da nova tecnologia pelos usuários, registrando dados importantes para evolução e aprimoramento do modelo. Nesse período, mais de 103 mil motoristas utilizaram o autoatendimento. (Com Bem Paraná)

 

 

 

Hashtag:
Boletim confirma 157 casos de sarampo no Paraná

Paraná tem 157 casos confirmados de sarampo em 2019, de acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado nesta quinta dia 17. São 54 casos confirmados a mais do que no boletim anterior da secretaria.

 

Das confirmações no estado, 89 são de pessoas com idade entre 20 e 29 anos. Conforme o boletim, há 284 casos suspeitos de sarampo em investigação no Paraná.

 

Curitiba concentra a maior parte das confirmações da doença no estado, com 123 casos neste ano. No boletim anterior, havia 80 casos.

 

Municípios com casos confirmados de sarampo:

 

Almirante Tamandaré: 2
Campina Grande do Sul: 2
Campo do Tenente: 1
Campo Largo: 3
Colombo: 8
Curitiba: 123
Fazenda Rio Grande: 1
Pinhais: 5
São José dos Pinhais: 6
Ponta Grossa: 1
Maringá: 2
Londrina: 1
Rolândia: 1
Jacarezinho: 1

 

Campanha de vacinação



A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo termina no dia 25 de outubro, em todas as cidades do Paraná. O foco desta fase é a vacinação de crianças de seis meses a menores de cinco anos.

 

A vacina contra a doença está disponível gratuitamente nos postos de saúde. Entre 18 e 30 de novembro ocorre a segunda fase da campanha, que pretende imunizar adultos entre 20 e 29 anos que não estejam com a caderneta de vacinação em dia.

 

 

 

Hashtag: |
Colégios estaduais estão com inscrições abertas para cursos técnicos gratuitos

Estão abertas as inscrições para 60 cursos técnicos oferecidos por colégios estaduais do Paraná. As capacitações são gratuitas, com certificação emitida pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. A escola Técnica de Laranjeiras do Sul está recebendo inscrições.

 

As inscrições devem ser feitas até o dia 25 de outubro nas escolas que oferecem os cursos.

 

Os cursos são oferecidos dentro das temáticas de Administração, Agropecuária, Enfermagem, Formação de Docentes, Informática, Química, Edificações, Eletromecânica e Design.

 

Há capacitações que são integradas ao Ensino Médio, subsequente, ao Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e especialização técnica.

 

Os cursos integrados ao Ensino Médio têm duração de quatro anos e são destinados aos estudantes que querem ter uma formação profissionalizante. Os subsequentes têm duração de um ou dois anos e são voltados para alunos que já concluíram o Ensino Médio.

 

Já os cursos do Proeja têm duração de três anos e são voltados para jovem com mais de 18 anos que querem concluir o Ensino Médio com habilitação técnica.

 


As aulas estão previstas para começar no dia 5 de fevereiro de 2020.

 

 

Hashtag:
Irmãs eram estupradas pelo avô desde os 5 anos, em Guarapuava

O terror vivido por três irmãs com idades de 13, 14 e 16 anos acontecia desde quando tinham cinco anos, quando o avô materno de 59 anos abusava sexualmente delas, porém nessa quarta dia 16, a mãe das meninas de 35 anos, compareceu ao SubDPM, junto com as vítimas para registrar os abusos.

 

De acordo com as vítimas, o suspeito passava a mão em seus corpos e fazia com que assistissem vídeos com conteúdo pornográfico. Umas delas informou que só passou entender que estava sendo abusada quando tinha aproximadamente 10 anos. Relatou também, que o abuso mais recente, foi a aproximadamente 10 meses.

 

Segundo a polícia, ambas relatam que o avô lhes oferecia doces e dinheiro para cometer os atos. A mãe das adolescentes foi orientada quanto aos procedimentos a serem tomados. (Com GMAIS)

 

 

 

 

Hashtag:
Ratinho sanciona lei de Hussein Bakri que cria Semana Estadual da Tecnologia e Inovação

O Governador Ratinho Junior (PSD) sancionou, nesta terça dia 15, a lei que cria a Semana Estadual da Tecnologia e Inovação. O texto, de autoria do deputado Hussein Bakri (PSD), estabelece que a celebração ocorrerá anualmente entre os dias 16 e 22 de outubro.

 

A proposta foi sancionada durante a cerimônia de abertura da primeira edição da Semana Paraná Inovador, que ocupa o segundo andar do Palácio Iguaçu e será aberta ao público em geral até o próximo sábado (19).
“O slogan de que o Paraná é o estado mais moderno e inovador do Brasil não fica apenas no discurso. O Governo vem tomando uma série de medidas para estimular o desenvolvimento científico e tecnológico no estado, sobretudo buscando uma sinergia com as universidades e a iniciativa privada. E esta Semana é mais um elemento a se somar a essa agenda importantíssima”, afirmou Hussein Bakri, que é Líder do Governo na Assembleia Legislativa.

 

De acordo com a nova lei, a Semana Estadual da Tecnologia e Inovação passará a integrar o calendário de eventos oficiais do Paraná e vai incentivar a inovação e o crescimento tecnológico, científico e intelectual em diversas áreas de atuação profissional. O objetivo principal é valorizar e difundir a cultura da inovação, de forma a disseminar conhecimento e novas tecnologias em todo o estado.

 

Nesta primeira Semana Paraná Inovador, haverá palestras, workshops, talkshows, exposições, painéis de debate e apresentações de startups paranaenses. Serão abordados temas que vão impactar o futuro, projetando cenários para áreas como o varejo, a agricultura e a administração pública. Além de soluções tecnológicas, também estarão em pauta a inovação social, a construção de redes de colaboração e o incentivo ao empreendedorismo feminino.

 

 

 

Hashtag:
No Paraná, ricos estão ficando mais ricos e pobres ficam mais pobres

Todos os dias, João Batista Nascimento, de 43 anos, acorda cedo. Às 6 horas da manhã já está na rua trabalhando, ‘caçanço’ papelões, como ele mesmo afirma. O retorno para casa, na região do Capanema, é só entre o final da tarde e começo da noite, por volta de 19 horas.

 

“Já são 20 anos trabalhando com papel. Não tive estudo, fiquei muito tempo na roça e, quando vim para cá, já comecei a trabalhar com papelão”, conta o carrinheiro, que há oito anos mora em Curitiba. “Se der muito, tiro R$ 400 no mês. Num dia consigo pegar uns 100 quilos (de papelão)”, relata.

 

Apesar das dificuldades e da falta de assistência (“não tem aposentadoria, não tem nada”), João realiza seu trabalho com dignidade, sempre de cabeça erguida. Mas há quem tente deixá-lo para baixo. “É muita discriminação. Até estava conversando com garis, é a mesma coisa com eles. Ser humano não pode ter um dinheiro a mais que trata a gente assim. Fazem cara de nojo, tampam o nariz quando a gente passa”, diz o carrinheiro. “Dá até tristeza do ser humano assim”, complementa.

 

Para agravar ainda mais a situação, nos últimos anos o rendimento médio de pessoas como João caiu significativamente. É o que revela o módulo Rendimento de Todas as Fontes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

De acordo com o estudo, desde 2014, quando a crise econômica e política começou a se agravar no Brasil, os mais pobres ficaram mais pobres e o mais ricos ficaram mais ricos, fazendo ecoar os versos eternizados por Chico Science e o grupo As Meninas: “O de cima sobe e o de baixo desce”.

 

Em 2018, o rendimento médio mensal real do 1% da população com maiores rendimentos era de R$ 25.583, o que corresponde a 25,23 vezes o rendimento dos 50% da população com os menores rendimentos (R$ 1.014).

 

E tem mais: a pesquisa também revela que a massa de rendimento médio mensal real domiciliar per capital, que era de 16,72 bilhões em 2017, cresceu para 17,65 bilhões em 2018. Os 10% da população com os menores rendimentos detinham 1,3% desse bolo, enquanto que os 10% com os maiores rendimentos concentravam 39,2%.

 

No ano anterior, os 10% da população com os maiores rendimentos ficavam com 38,2% do bolo, enquanto aqueles com menores renda ficavam com 1,4%.

 


A desigualdade econômica no Paraná

 

(dados de 2018)
Rendimento médio dos 5% com menor rendimento R$ 281
Rendimento médio do 1% com maior rendimento R$ 25.583
Rendimento médio dos 50% com menor rendimento R$ 1.014
Rendimento médio da população (total) R$ 2.436

 

Desemprego contribuiu para ampliar o ‘abismo social’ no Brasil

 

A gerente da Pnad, Maria Lúcia Vieira, diza que parte desses resultados é consequência da redução de empregos na indústria e na construção civil. A analista da Coordenadoria de Trabalho e Rendimento (Coren) do IBGE, Adriana Araújo Beringuy, afirmou que também houve impacto de pessoal empregado nas áreas de informação, telecomunicação, serviços financeiros e administrativos.

 

“É um grupamento grande e que historicamente sempre empregou com carteira de trabalho assinada. Essa atividade perdeu bastante população ocupada e na medida em que contratava, era mais sem carteira e por conta própria. Até os setores mais formalizados começaram a absorver trabalhadores com menores rendimentos”.

 

Adriana Beringuy destacou o grupamento de transportes, armazenagem e correios, onde está incluída a participação de motoristas de aplicativos e o setor de alimentação, mais voltado para a informalidade, com os vendedores de quentinhas. “Há uma recuperação da ocupação com mais pessoas trabalhando, de fato a população ocupada aumenta, só que a expansão vem por meio de atividades que apresentam rendimentos menores”, completou.

 

“Continuaram no mercado de trabalho os que estavam recebendo mais. Quem ficava no meio foi mandado embora e recontratado sem carteira e com trabalho informal e rendimentos menores”, concluiu Maria Lúcia.

 

A desigualdade fica evidente também no Índice de Gini de rendimento médio mensal de todos os trabalhos, que mede a concentração de uma distribuição e que varia de zero (perfeita igualdade) a 1 (desigualdade máxima). Em 2018, ficou em 0,509, enquanto no ano anterior tinha sido de 0,501. (Com Bem Paraná)

 

 

 

Hashtag:
Ecocataratas testa autoatendimento na cobrança de pedágio

O motorista que viajar pela BR-277 e passar pela praça de pedágio de São Miguel do Iguaçu, sentido Guarapuava, poderá pagar a tarifa usando a primeira cabine de autoatendimento da Ecocataratas, empresa do Grupo Ecorodovias que conta com cinco praças de pedágios sob sua administração no trecho entre Guarapuava e Foz do Iguaçu.

 

“A cabine de autoatendimento é uma experiência inovadora, que representa um avanço tecnológico para melhorar ainda mais a experiência dos usuários da rodovia. Essa evolução visa garantir mais uma comodidade para nossos usuários, sem qualquer impacto na nossa equipe de cobrança, que continuará oferecendo um atendimento humanizado aos nossos usuários”, explica Marcelo Belão, gerente de Atendimento ao Usuário da Ecocataratas.

 

Há dez meses, a EcoRodovias começou a testar o autoatendimento no Paraná em uma das cabines da praça de pedágio da Ecovia, em São José dos Pinhais. Na fase piloto, a concessionária otimizou ao máximo o tempo de cobrança automatizada para evitar qualquer tipo de retenção e formação de filas. Nesse período, mais de 103 mil motoristas utilizaram o autoatendimento.

 

“Os testes são realizados devido ser uma nova tecnologia, a fim de avaliar a recepção dos usuários e aprimorar o sistema, que hoje é uma tendência mundial em todos os setores de serviço”, revela Belão.

 

A cabine de autoatendimento que entrou em teste na praça de São Miguel do Iguaçu, atenderá somente veículos leves (carros) e tem como principal objetivo desenvolver o autoatendimento para outros tipos de categorias e otimizar ainda mais o tempo do autoatendimento. A forma de pagamento aceito na cabine de autoatendimento é o cartão, entretanto essa modalidade de pagamento não é exclusividade desta praça, pois esta opção está disponível em todas as praças de pedágio, por meio do cartão de débito.

 

Para saber mais sobre a Ecocataratas acesse o site www.ecocataratas.com.br ou por meio do perfil no Twitter: @ecocataratas, siga nosso perfil e fique bem informado. Para entrar em contato com a concessionária ligue para 0800 450 277.

 

 

 

Hashtag:
Jovem Chopinzinhense desaparecido há três meses foi morto, esquartejado e teve corpo jogado no alagado

O desaparecimento do jovem Edinaldo de Assis Trindade, de 22 anos, teve um desfecho trágico na noite desta terça dia 15. O corpo dele foi encontrado nas águas do Alagado do Iguaçu, na aldeia indígena Guarani, no limite entre os municípios de Chopinzinho e Mangueirinha, mais especificamente na Ponte do Lageado. O achado do corpo se deu partir da localização da moto de Edinaldo, uma Yamaha Fazer, na tarde de segunda dia 14.

 


Desde então, as policias Civil e Militar, com ajuda de familiares, passaram a realizar buscas nas margens do rio na tentativa de encontrar algum vestígio dele. No início da tarde de terça-feira, a Polícia Civil esteve no local acompanhada de Bombeiros para verificar a possibilidade de o corpo estar no mesmo ponto onde a moto foi localizada. Devido à estiagem, o nível da água diminuiu cerca de 20 metros, tornando mais fácil a visibilidade. Apesar da averiguação, nada foi encontrado e havia sido agendado mergulho para buscas na quinta-feira (17).

 


No entanto, no final da tarde desta terça, familiares do jovem acionaram a polícia informando terem avistado alguns sacos dentro da água. Também relataram que um deles havia sido puxado até a margem, sendo encontrado o tênis de propriedade de Edinaldo. Diante da suspeita, a Polícia Civil retornou ao local acompanhada das Polícias Militar e Cientifica (IML e Criminalística). Também foi acionada uma equipe do Corpo de Bombeiros, composta por mergulhadores, que fez buscas e localizou outros sacos. Ao todo, foram retirados da água seis sacos, amarrados em três pares. Desses, um estava cheio de pedras e areia e os demais com partes do corpo do rapaz, que foi esquartejado. Devido ao estado de decomposição, o corpo foi recolhido ao IML de Pato Branco para identificação oficial.

 


Dona Emília Eufrásio, mãe de Edinaldo, afirmou em entrevista à Extra FM que o tênis é realmente de seu filho, que havia desaparecido no dia 27 de julho. Mesmo abalada, disse que pediu todos os dias para Deus lhe mostra ronde estava o filho, vivo ou morto. ?Eu disse Deus, se nosso pai se meu filho estiver vivo, mostre ele pra mim, ou se aconteceu alguma coisa com meu filho mostre da mesma forma e me de coragem, e hoje cedo eu recebi essa notícia né da moto dele, daí a gente foi pra Coronel e depois viemos pra cá, onde estamos até agora, sem café, sem almoço e também sem jantar, contou.

 


A mãe relata que tem algumas desconfianças da autoria e confia na justiça dos homens e na justiça divina. ?Quem fez isso com meu filho, mais cedo ou mais tarde vai pagar. O que ele fez aqui vai pagar aqui mesmo. Esse que fez isso, não tem coração. Bicho que é bicho mata e come, eles podiam ter feito o mesmo se tinham raiva do meu filho, não precisa jogar ele desse jeito, ou matasse ele e não picasse?, desabafou.

 


Apesar das circunstâncias do crime, dona Emília disse que está tranquila, por que a agonia acabou e agora poderá sepultar o filho. A Polícia Civil de Chopinzinho segue com a investigação para apurar a autoria e a motivação do crime. O delegado Breno Machado de Paula pede auxílio da população para elucidar o caso. Se alguém tem alguma informação, pode denunciar através dos telefones 197, 3242 ? 1446 ou 190. Todas as ligações serão mantidas em sigilo. (Com Evandro Artuzi/Extra FM)

 

 

 

Hashtag: |
Semana tem chuva e alerta para temporais no Paraná

A instabilidade deve seguir ao longo desta semana no Paraná. Desde a segunda dia 14, chove em várias regiões do Estado. Em Curitiba, o tempo mudou a partir da tarde, com céu nublado e temperaturas mais baixas. Nos próximos dias, o tempo segue encoberto em boa parte do Paraná com chances de temporais localizados entre a quarta (16) e a quinta-feira (17).

 

Na noite de segunda, uma linha de instabilidade se formou na região central do Paraná, com deslocamento em direção ao leste. Esse sistema provocava chuva forte, muitas descargas elétricas e rajadas de vento moderadas a fortes.

 

Nesta terça-feira (15), a instabilidade atmosférica segue presente sobre o Paraná. O eixo da frente fria ainda oscila entre os estados do Paraná e São Paulo. Assim, ao longo do dia, são previstas pancadas de chuvas isoladas nas regiões paranaenses. O dia começa com temperaturas agradáveis, porém devido à nebulosidade, os valores máximos são atenuados.

 

Na Capital o tempo chuvoso deve continuar até a próxima segunda-feira (21), com temperaturas mais amenas. (Com Bem Paraná)

 

 

 

Hashtag:

Sob comando do Coronel Cesar Vinícios Kogut, o Detran do Paraná inova com tecnologia, dando agilidade aos processos, fazendo com que o usuário será melhor atendido.

 

Além da CNH digital vem aí o documento de veículos digital.

 

Assim como a CNH Digital, a versão eletrônica do CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV físico. Para ter o documento digital, o proprietário tem de ter pago o licenciamento do veículo de 2018. O acesso ao CRLV Digital é possível adicionando o documento após download do aplicativo CDT, disponível nas versões Android e iOS. O cadastramento do veículo pode ser realizado no próprio aplicativo.Assim como a CNH Digital, a versão eletrônica do CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV físico. Para ter o documento digital, o proprietário tem de ter pago o licenciamento do veículo de 2018. O acesso ao CRLV Digital é possível adicionando o documento após download do aplicativo CDT, disponível nas versões Android e iOS. O cadastramento do veículo pode ser realizado no próprio aplicativo.

 

Outra praticidade é que o usuário não precisa estar necessariamente logado à internet para ter acesso ao serviço. Tanto a CNH quanto o CRLV digital podem ser acessados pelo dispositivo móvel mesmo off-line. “Trabalhamos pela desburocratização, para atender de forma cada vez mais ágil a população paranaense”, afirmou Cesar Kogut, diretor-geral do Detran-PR.

 

COMPARTILHAMENTO 

 

Há, ainda, mais vantagens na utilização do CRLV Digital: o documento pode ser compartilhado para outra pessoa que utiliza o mesmo veículo, desde que ela já tenha instalado, em seu dispositivo móvel, o aplicativo CDT. A distribuição pode ser feita para até 5 pessoas ao mesmo tempo.

 

Quem recebe o CRLV digital não consegue exportar ou compartilhar o documento, mas pode apresentá-lo às autoridades de trânsito. Quando o proprietário do veículo não quiser mais compartilhar o documento, é só cancelar a opção no aplicativo.

 

“É muito mais flexibilidade para o cidadão. Se ele perde o documento original, por exemplo, pode imprimir o digital que ele terá a mesma validade. Isso sem custos, taxas, filas ou qualquer outra burocracia”, ressaltou o Stephan Garcia, coordenador de gestão da informação do Detran-PR.

 

SEGURANÇA

 

O documento digital do usuário está protegido por uma senha de acesso de quatro dígitos, exigida para o login na Carteira Digital de Trânsito. O acesso ao aplicativo pode ser feito também com a impressão digital do usuário nos dispositivos móveis que já possuam leitor por biometria.

 

A autenticidade do documento é garantida pelo QR Code, que pode ser lido para verificar se há alguma falsificação no documento durante uma fiscalização de trânsito. O procedimento de obtenção do CRLV e da CNH Digital é 100% online, não sendo necessário o comparecimento do proprietário ao Detran de seu estado.

 

 

 

 

 

Hashtag: