Luz na Infância 6: operação contra exploração sexual é deflagrada no Paraná

A Polícia Civil do Paraná participa, nesta terça dia 18, da Operação Luz na Infância 6, que cumpre seis mandados de busca e apreensão em alvos no Estado. A força-tarefa coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública envolve polícias civis de 12 estados. Além do mais, agentes de aplicação da lei da Colômbia, Estados Unidos, Paraguai e Panamá estão cumprindo, simultaneamente, mandados de busca e apreensão.

 

No Paraná, cerca de 40 policiais civis estão nas ruas desde as primeiras horas da manhã. Os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Colombo, Londrina, Francisco Beltrão, Santa Terezinha de Itaipu, Toledo e Centenário do Sul.

 

Os alvos são suspeitos de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. Eles foram identificados pela PCPR com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais com indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

 

Nesta 6ª fase estão sendo cumpridos, no Brasil e em quatro países, ao todo 112 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes. (Com Catve)

 

 

 

Hashtag:
Fuga de presos é registrada durante a madrugada na Penitenciária Estadual de Cascavel

Uma fuga de presos foi registrada na Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC) na madrugada desta segunda dia 17.
 
 
Segundo informações, cinco presos tentaram fugir, sendo que três foram recapturados e dois conseguiram fugiram da unidade prisional.
 
 
Eles foram identificados como: Anderson Quadros dos Santos e Matheus Gabriel Vázquez de Lima.
 
 
Denúncias dos indivíduos podem ser repassadas à polícia de forma anônima pelos telefones 181, 190 e 197. (Com CGN). 
 
 
O Departamento Penitenciário do Paraná emitiu nota a respeito do caso, confira:
 
O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) esclarece que logo que soube da fuga, de dois presos, na madrugada desta segunda-feira (17), na Penitenciária Estadual de Cascavel, já tomou as medidas necessárias e pertinentes ao caso.
 
 
Os policiais penais de plantão perceberam o caso pelas câmeras de segurança e monitoramento. Eles acionaram reforços.
 
 
Cinco presos abriram um buraco na parede e acessaram o lado externo ao cubículo, três acabaram capturados, no entanto os outros dois conseguiram correr e fugir da penitenciária.
 
 
O caso foi registrado e será apurado. O dano causado na estrutura será reparado pela equipe de manutenção da unidade.
 
 
O Depen pede o apoio da comunidade para que denuncie à polícia, caso perceba qualquer movimentação estranha, principalmente nas áreas próximas à penitenciária.
 
 
Denúncias devem ser feitas pelos telefones 181, 190 ou 197.
Hashtag:
Governo abre concurso para contratar 279 novos servidores

O Governo do Paraná publicou editais de três concursos públicos com 279 vagas, para os níveis médio e superior. Os salários variam entre R$ 2.671,97 e R$ 6.679,93.

 

As oportunidades oferecidas são para a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho e Instituto Água e Terra (IAT).

 

De acordo com o governo, o objetivo é recompor o quadro de servidores com o aumento do número de aposentadorias.

 

Sejuf

 

Serão ofertadas 69 vagas para servidores que atuarão no atendimento das unidades socioeducativas da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho.

 

Para agente de execução – técnico de enfermagem serão 19 vagas. A função é de nível médio e terá remuneração de R$ 1.554,33 e Gratificação de Atividade em Unidade Penal ou Correcional Intramuros (Gadi) de R$ 1.608,04.

 

Conforme o governo, há seis vagas para enfermeiros, 14 para médicos, três para odontólogos, 20 para psicólogos e sete terapeutas ocupacionais.

 

O vencimento base é de R$ 3.730,42 e Gadi de R$ 1.455,34 para médicos e R$ 1.994,78 para as demais funções.

 

As inscrições poderão ser feitas entre 26 de fevereiro e 26 de março. Veja o edital.

 

Adapar

 


Para a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná serão 80 vagas de nível médio e superior.

 


As vagas são para fiscal de defesa agropecuária, com a função de médico veterinário; e assistente de fiscalização da defesa agropecuária, com a função de técnico de manejo e meio ambiente.

 

De acordo com o governo, a remuneração varia entre R$ 2.671,97 para nível médio e R$ 6.679,93 para nível superior.

 

As inscrições poderão ser feitas entre 2 de março e 2 de abril. Veja o edital.

 

Instituto Água e Terra

 

Para o Instituto Água e Terra serão 130 vagas para contratação de servidores para o quadro do Poder Executivo, em diferentes municípios do estado.

 

Conforme o governo, serão contratados 26 técnicos de manejo e meio ambiente para o nível médio, com remuneração de R$ 1.554,33 e Gratificação pelo Exercício de Encargos Especiais, no valor de R$ 1.234,43.

 

Para nível superior, serão contratados dois arquitetos, oito biólogos, 20 engenheiros agrônomos, quatro engenheiros cartográficos, 17 engenheiros civis, 16 engenheiros florestais, 19 engenheiros químicos, três geógrafos, oito geólogos, cinco químicos, um sociólogo e um médico veterinário.

 

A remuneração é de R$ 3.730,42 e Gratificação pelo Exercício de Encargos Especiais, no valor de R$ 2.312,91, segundo o governo.

 

As inscrições poderão ser feitas entre 26 de fevereiro e 26 de março. Veja o edital.

 

 

(Com G1 PR)

 

 

 

Governo do Paraná decreta estado de alerta contra dengue

O governo do Paraná assinou um decreto que institui o estado de alerta para o combate e controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado na última semana pela Secretaria de Estado da Saúde, são 20.563 casos confirmados de dengue. De julho do ano passado até agora, são 13 mortes registradas.

 

O documento foi assinado pelo Governador Ratinho Junior, pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, e pelo secretário estadual de Saúde, Beto Preto, na última quinta-feira (13), e fica em vigor até que se desfaça essa situação.

 

O Estado de Alerta é decretado quando há incidência de, no mínimo, 100 casos confirmados de determinada doença a cada 100 mil habitantes da população. O Paraná tem hoje 149,53 casos confirmados de dengue por 100 mil habitantes. Segundo Beto Preto, há uma força tarefa para combater a doença.

 


Ao todo, 62 municípios estão em situação de epidemia e cerca de 65 mil notificações para a doença foram feitas. Entre as medidas destacadas no documento estão o pleno funcionamento do Comitê Intersetorial de Controle da Dengue, que é composto por representantes de todas as áreas do Governo e sociedade civil organizada. A função é promover a mobilização de combate à doença em todo o Estado, intensificar visitas domiciliares para a identificação de focos do mosquito e eliminação por meio mecânico, químico ou biológico, em todos os imóveis da área identificada como potencialmente transmissores.

 

O decreto ressalta ainda que a autoridade do SUS nos municípios deve solicitar a atuação complementar do Estado e da União, visando ampliar a eficácia das medidas a serem tomadas, garantindo a saúde pública e evitando o alastramento ainda maior da dengue.

 

O documento recomenda, de acordo com Nota Técnica emitida em dezembro pela Secretaria da Saúde, que os municípios não adquiram inseticidas e larvicidas diferentes daqueles indicados pelo Ministério da Saúde para o uso do controle do Aedes aegypti.  (Com AEN)

 

 

 

Hashtag:
Em apenas uma noite, PRF autua 56 motoristas bêbados no Paraná

Em ações simultâneas de fiscalização, as equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram 56 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas no Paraná, entre a noite de sábado dia 15, e a madrugada deste domingo dia 16.

 

O número é resultado de uma ação temática nacional da PRF, voltada especificamente às infrações de embriaguez ao volante.

 

Mais de 800 motoristas foram submetidos ao exame de bafômetro, em todas as regiões do estado. Cada ação de fiscalização durou entre três e quatro horas, em média.

 

No total, 59 veículos foram recolhidos aos pátios da PRF, por diferentes irregularidades ou por ausência de condutor habilitado em condições de dirigir. E 316 autos de infração foram emitidos.

 

A operação da PRF ocorreu a menos de uma semana do feriado de Carnaval, historicamente marcado por um alto consumo de bebidas alcoólicas no país. Oito pessoas morreram durante o Carnaval do ano passado no Paraná. Na ocasião, 132 flagrantes de embriaguez foram registrados, em seis dias de operação.

 

Ao longo de 2019, a conduta de dirigir sob influência de álcool foi uma das seis principais causas de mortes nas rodovias federais do Paraná.

 

Suspensão e multa de quase R$ 3 mil

 

A multa por embriaguez ao volante custa R$ 2.934,70 ao motorista, que tem a carteira de habilitação suspensa por um ano. Conforme o nível de álcool, além da infração administrativa, o motorista ainda é preso em flagrante por crime de trânsito.

 

Quem se recusa a fazer o teste do bafômetro também é autuado no mesmo valor e está sujeito ao mesmo período de suspensão.

 

Se apresentar sintomas visíveis de embriaguez, o motorista que não se submete ao exame também é preso, a partir do preenchimento de um termo de constatação, conforme modelo definido pelo Conselho Nacional de Trânsito.

 

Resumo da operação de combate à embriaguez no Paraná:

 

– 56 autos de infração por embriaguez ao volante;
– Desse total, cinco motoristas, além de multados, também foram presos por crime de trânsito;
– 809 testes de bafômetro realizados;
– 59 veículos recolhidos aos pátios da PRF, por diferentes irregularidades ou por ausência de condutor habilitado em condições de dirigir;
– Total de 316 autos de infração emitidos.

 

 

Hashtag:
Chão rompe e trabalhador morre prensado em trator; resgate do corpo durou pelo menos 7 horas

Um trabalhador morreu na noite desta sexta dia 14, após ser prensado por um trator na região metropolitana de Curitiba.

 

O acidente aconteceu em uma fazenda de reflorestamento de pinus, que fica localizada entre as cidades de Cerro Azul, Tunas do Paraná e Rio Branco do Sul.

 

De acordo com testemunhas, o trabalhador fazia uma manobra quando o chão acabou cedendo, provocando a queda.

 

O socorrista Eduardo Bonfim relatou que o incidente aconteceu por volta das 17 horas, mas por conta da distância e da dificuldade de acesso ao trator, o resgate do corpo se estendeu ao longo da madrugada. “Com a constatação do óbito, conseguimos iniciar o trabalho de resgate do corpo apenas por volta das 22h30, com apoio de vários órgãos.

 

O corpo, porém, só foi retirado das ferragens por volta das 5h”, descreveu.

 

A vítima fazia um trabalho de abertura de estrada, provavelmente para o futuro corte das árvores. Com a queda, o trator despencou de uma ribanceira por aproximadamente 120 metros.

 

Além dos bombeiros comunitários de Rio Branco do Sul, participaram do resgate socorristas do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), do Corpo de Bombeiros, e a Polícia Militar.

 

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. (Com Banda B).

Hashtag:
Familiares se despedem de mulher morta a facadas na Vila Cajati

Familiares e amigos dão o último adeus à Andressa Brito de Souza de Lima, morta a facadas na Vija Cajati, às margens da BR 277, área rural de Cascavel, na manhã de sexta dia 14. 

 

O corpo está sendo velado desde a madrugada deste sábado (15) na capela mortuária do distrito de São João do Oeste. O sepultamento será realizado nesta tarde, às 16h, no cemitério da comunidade.

A mulher de 26 anos foi encontrada caída na casa, estava seminua e levou várias facadas. O suspeito do crime ainda feriu o bebê de 10 meses da mulher e foi colocado no quarto, embaixo de várias cobertas na tentativa de sufocá-lo.

A Polícia Militar e a Polícia Civil estão à procura do suspeito, com cães farejadores e também com drones. Denúncias sobre o criminoso podem ser repassadas pelo 190 e 197 de forma anônima e gratuitas.

A arma do crime também não foi encontrada

O crime é investigado pela equipe da Delegacia de Homicídios que não descarta a possibilidade de latrocínio - roubo seguido de morte, já que um aparelho celular foi levado da casa. O inquérito policial tem até 30 dias para ser concluído.(Com Catve). 

Hashtag:
Casos de dengue dobram no Paraná em janeiro e já se aproximam de 11 mil

O Paraná atingiu nesta semana a incidência acumulada de 102,08 casos de dengue por 100 mil habitantes.

 

O Ministério da Saúde considera o alerta de epidemia a partir de 100 casos para 100 mil habitantes.

 

Em boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (4) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foram confirmados mais 3.815 casos de dengue no Paraná em relação a última semana, um crescimento de 35%.

 

Agora são ao todo 14.697 casos da doença desde agosto do ano passado – não houve novas mortes, são sete até aqui.

 

São 208 municípios com casos confirmados para a doença e 50 cidades estão em epidemia, 16 a mais que na semana passada (todas nas regiões Norte, Noroeste e Oeste). Somente na regional de saúde de Paranavaí são 4.660 casos, 31,7% de todo o estado. (Com Gazeta do Povo). 

Hashtag:
Ferroeste e Rumo formalizam acordo para ampliar escoamento da safra

A Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste S.A.) e a Rumo Logística formalizaram nesta quarta-feira (5), em Cascavel, o Contrato de Operação Específico que vai ampliar a capacidade de escoamento da safra da região Oeste pelo ramal ferroviário. Com o acordo, o volume de produtos transportados na malha que liga Cascavel ao Porto de Paranaguá passará dos atuais de 1,1 milhão de toneladas por ano para cerca de 2 milhões/ano.

 

O documento foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior; o diretor-presidente da Ferroeste, André Gonçalves; o presidente da Rumo Logística, João Alberto Abreu; o vice-presidente da empresa, Daniel Rockenbach; e pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex..

O acordo comercial permite que as duas empresas compartilhem cargas que saem da Região Oeste em direção a Paranaguá. A negociação possibilita à empresa Rumo entrar no trecho da Ferroeste, inclusive com reforço de maquinário. O contrato atende a uma regulação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A operação conjunta deve iniciar no final de fevereiro, para escoar uma safra que promete bater recordes de produtividade. "Com apenas uma decisão administrativa, sem custos para o Estado, estamos dobrando a capacidade de carga da Ferroeste até o Porto de Paranaguá", destacou Ratinho Junior. "A Rumo pagará à Ferroeste para fazer essa operação, que além de tudo vai atender as nossas cooperativas, que estão em um momento maravilhoso de crescimento", disse.

 

Atualmente, a multinacional é responsável pela operação entre Guarapuava e o Porto de Paranaguá. Já a Ferroeste administra o trecho ferroviário entre Cascavel e Guarapuava. "Este acordo estabelece uma nova forma de trabalhar a importação e a exportação dos produtos pelo ramal ferroviário", afirmou André Gonçalves, da Ferroeste.

 

"Até o ano passado, os vagões da Ferroeste eram levados até Guarapuava. Ali se trocavam as locomotivas e vagões, e a Rumo levava até Paranaguá", explicou. "A partir de agora, a Rumo vai fazer esse trajeto pelos trilhos da Ferroeste, não vai mais haver essa troca. É uma forma mais rápida e ágil de transportar os produtos".

O presidente da Rumo, João Alberto Abreu, destacou que o acordo representa um ganho de eficiência na logística, beneficiando o setor produtivo. "Temos que olhar essa ferrovia como uma única malha e operar de forma completamente integrada, fazendo o escoamento a um custo bem mais competitivo para a região", disse .

SAFRA RECORDE - O aumento de capacidade de escoamento pelo ramal vai atender a uma safra com possibilidade de ser recorde na agricultura paranaense. A projeção do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, é que sejam colhidas até 23,4 milhões de toneladas de grãos em 2020. Se concretizado, o volume será 19% acima da safra do ano passado, quando foram colhidos 19,7 milhões de toneladas.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, afirmou que os investimentos do Estado na área de infraestrutura buscam atender à demanda do setor produtivo. "Devido à supersafra deste ano, tínhamos que dar condições à região Oeste de poder contar com uma capacidade maior de carga neste modal", afirmou. "Tínhamos que correr contra o tempo para atender a colheita, que começa em meados de fevereiro, e dar o suporte necessário para o setor produtivo levar seu produto para o porto".

O plantio de soja ocupa 92% da área plantada em todo Estado, com 5,4 milhões de hectares. A previsão para a safra de soja 2019/20 está mantida em 19,8 milhões de toneladas, volume 23% maior que na safra passada, quando foram colhidas 16,1 milhões de toneladas.

A primeira safra de milho está totalmente plantada, ocupa uma área de 335 mil hectares - 7% a menos que na safra anterior. A estimativa de produção é de 3,1 milhões de toneladas, repetindo o volume da safra passada.

Ferroeste fecha o ano com lucro pela primeira vez

Pela primeira vez desde a sua criação, em 1996, a Ferroeste fechou o ano no azul. O lucro operacional de 2019 foi de R$ 453 mil (expurgada as depreciações) e o faturamento bruto chegou aos R$ 30,5 milhões.

Planejamento estratégico, redução de custos e uma série de outras medidas explicam o desempenho. A Ferroeste registrou faturamentos mensais na casa de R$ 3 milhões em 2019 e alcançou R$ 30,5 milhões no acumulado dos doze meses. Esse montante é 49% superior a 2018, com R$ 20,5 milhões, e 75% maior em relação a 2017, ano de R$ 17,4 milhões de faturamento.

O volume total de cargas transportadas também foi recorde no ano passado, com 1,1 milhão de toneladas, contra 780 toneladas de 2018, crescimento de 46%. A melhor marca anterior havia sido registrada em 2016, com 826 toneladas. (Com Assessoria). 

Hashtag:
Dona de casa é assassinada em área rural Cascavel

Na casa muitas marcas de sangue e vestígios de uma possível luta corporal entre o assassino e a mulher vítima de homicídio na manhã desta sexta-feira (14) em uma residência às margens da BR 277, na Vila Cajati, área rural de Cascavel.

 

Há suspeita de que a mulher foi vítima de tentativa de estupro, segundo o que chegou até a equipe da Polícia Militar, no entanto essa não é a única linha de investigação da Delegacia de Homicídios.

 

O suspeito do crime, segundo testemunhas que viram a movimentação estranha na casa, fugiu sentido a rodovia BR 277, atravessou a pista e correu sentido a área de mata nativa. A arma do crime, possivelmente uma faca, não foi encontrada na casa.

A Polícia Militar informou que a casa tinha muitas manchas de sangue em vários pontos, mas não foi possível afirmar se o suspeito do homicídio também saiu ferido. Buscas são realizadas pela região, mas até o momento o criminoso não foi encontrado. Denúncias podem ser repassadas pelo 190 ou 197 de forma anônima e gratuita.

O corpo da mulher foi encaminhado ao IML (Instituto Médico-Legal) e passará por exames que devem atestar ou não se ela chegou a ser estuprada pelo homem.

O bebê de 10 meses filho da vítima recebeu atendimento médico no local e foi encaminhada à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do Jardim Veneza.(Com Catve). 

Hashtag:
Homem morre em acidente no Trevo Cataratas em Cascavel

Em Cascavel, na BR 277 no km 584, por volta das das 16h50, próximo à passarela do trevo Cataratas, ocorreu um acidente do tipo colisão frontal envolvendo um Renault Clio, placa de Cascavel, um Ônibus de linha e um caminhão.

 

Segundo informações colhidas de testemunhas e envolvidos no acidente, o condutor do Clio, que transitava em velocidade incompatível com a condição de trânsito no momento naquele local, teria invadido a pista contrária para não colidir na traseira do caminhão que mudou repentinamente de faixa à sua frente e por isso colidiu frontalmente com o ônibus.

 

Com o impacto o condutor do automóvel veio a óbito no local do acidente.

 

O condutor do caminhão, que teria feito a manobra brusca de mudança de faixa à frente do Clio, se apresentou espontaneamente na unidade da PRF logo na saída para Curitiba e será ouvido pela autoridade policial para afirmar as razões porque não parou no local do acidente.

 

Os condutores do caminhão e do ônibus envolvidos, foram submetidos ao teste de etilômetro que deu resultado negativo.

 

O condutor do Clio foi encaminhado ao IML de Cascavel. (Com PRF). 

 

A vítima fatal foi identificada como sendo o cascavelense Antônio César Silva Pereira de 47 anos.

Hashtag:
Segunda parcela do IPVA começa a vencer segunda-feira

Começa a vencer nesta segunda dia 17, o prazo para o pagamento da segunda parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Os proprietários de veículos com placas final 1 e 2 devem recolher o imposto na segunda-feira; as placas que terminam em 3 e 4 pagam na terça-feira, e assim sucessivamente, até o 21 (sexta-feira), quando as placas finalizadas em 9 e 0 devem fazer o recolhimento.

 

O vencimento da terceira parcela, para quem optou pelo parcelamento, tem início no dia 23 de março e prossegue até o final da semana, no dia 27.

 

Vale lembrar que neste ano os contribuintes não receberam o boleto em casa para efetuar o pagamento. A Receita Estadual, órgão da Secretaria de Estado da Fazenda responsável pela arrecadação do imposto, informa também que não envia guias para pagamento por e-mail.

 

O IPVA pode ser pago nos sete bancos credenciados (Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop), com a guia de pagamento (GR-PR) ou em qualquer banco e seus autorizados com a ficha de compensação. As duas podem ser emitidas na página da Secretaria www.fazenda.pr.gov.br, usando apenas o número do Renavan, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

 

O pagamento também pode ser feito diretamente nos caixas desses bancos – com exceção do Banco do Brasil, bastando apresentar o número do Renavan.

 

Caso o tributo não seja quitado, a multa é de 10% sobre o valor a ser pago, além de juros mensais, com base na Selic. Além disso, os contribuintes em atraso com o IPVA não receberão o documento de licenciamento de veículos, que é de porte obrigatório.

 

O valor do IPVA lançado é de aproximadamente R$ 3,7 bilhões, dos quais 50% do valor recolhido fica com o município de licenciamento do veículo. Os recursos do imposto são aplicados em áreas prioritárias do governo, como educação, saúde e segurança.
O IPVA é calculado com base no valor do veículo, e sua quitação é requisito obrigatório para emissão certificado de licenciamento de veículo pelo Detran/PR.

Hashtag: