Guaraniaçu - Pelo terceiro ano consecutivo, prefeitura municipal, através da Secretaria de Agricultura distribui o ‘‘Pacote Agrícola”

A exemplo do que acontece desde o início da atual administração, mais uma vez os produtores rurais previamente cadastrados, estão recebendo de forma gratuita os insumos adquiridos através do “Pacote Agrícola”, programa instituído pelo governo municipal de apoio a agricultura familiar.

 

Este ano estão sendo distribuídos 13.000 kg de aveia, beneficiando 181 produtores.

 

240 toneladas de adubo orgânico, beneficiando 28 produtores de bicho da seda. Foram adquiridos ainda 480 sacos de adubo químico e 120 sacolas com 17 kg de semente de milho, beneficiando 120 produtores. O investimento total é de R$115.000,00.

 

O Secretário de Agricultura Pitti Gnoato, disse que esse trabalho é fundamental para tornar a pequena propriedade muito mais produtiva. “Nosso município é um dos únicos do interior que faz esse trabalho de distribuição de insumos gratuitamente através de cadastro prévio. “É custo zero para o produtor, é só pegar os insumos e utilizar, sem precisar devolver nada, essa é uma grande conquista para a agricultura familiar. Agradeço ao prefeito Osmário Portela, ao ex. secretário e atual diretor da nossa secretaria, Leandro Rigo e toda a nossa equipe de trabalho.

 

O Prefeito Osmário Portela se mostrou bastante satisfeito por mais uma vez o governo municipal poder atender o setor de produção rural através do “Pacote Agrícola”. “Novamente, graças às economias feitas até aqui, com foco no combate ao coronavírus, mas sem esquecermos aqueles que mais precisam para continuar produzindo, estamos mais uma vez distribuindo a custo zero, adubo químico, adubo orgânico, sementes de aveia e sementes de milho, beneficiando aqueles que mais precisam. Pedimos a Deus que continue abençoando todos os produtores, que possam produzir casa vez mais e melhor colaborando ainda mais para o aumento da produção rural do nosso município”.

 

 

 

Hashtag:
Guaraniaçu - Prefeito Osmário consegue mais R$ 160 mil para implantação de sinalização viária no município

Em videoconferência com o prefeito Osmário Portela e o deputado estadual Hussein Bakri, o Governador Ratinho Junior autorizou hoje a liberação de R$ 160 mil para implantação de sinalização viária no munícipio

 

Agora comandado pelo delegado federal Wagner Mesquita, o Detran disponibilizou os recursos dentro do programa Paraná Mais Cidades, com indicação orçamentária do deputado estadual e líder do governo na Assembléia Legislativa, Hussein Bakri.

 

A verba será aplicada na aquisição de placas, pintura de faixas de pedestres e dispositivos de sinalização viária horizontal (marcações, setas e linhas de controle de fluxo).

 

O objetivo é garantir mais segurança no trânsito à população de Guaraniaçu, disse o prefeito Osmário Portela, que na última segunda feira esteve no DETRAN cobrando maior agilidade na liberação do dinheiro, o que aconteceu hoje.

 

 

 

Hashtag:
Guaraniaçu - Prefeito tem reunião de trabalho com diretoria do Hospital Santo Antônio

Assuntos importantes foram tratados sobre a entidade filantrópica de saúde que atende os pacientes de Guaraniaçu no sistema de plantões pagos pelo município e que tem recebido grande apoio da administração e de toda a comunidade.

 

Neste encontro ficou definido a renovação do contrato de prestação de serviços para os plantões médicos por mais 90 dias no valor de R$213.900,00, e a assinatura de convênio para a compra de equipamentos e kit mobiliário necessários para atendimento emergencial à população com valor do convênio de R$274.100,00, recurso proveniente de emenda parlamentar do deputado estadual Luiz Fernando Guerra, segundo informou o prefeito.

 

Estiveram presentes à reunião, a presidente Odete Secchi, a vice presidente, Mary Pietrobom e Raquel Gallo, secretária da entidade, que fizeram questão de agradecer a administração pela atenção dada ao Hospital Santo Antônio em todos os momentos que buscou a colaboração da prefeitura para manter seus atendimentos.

 

 

 

Guaraniaçu - Prefeito Osmário Portela reuniu-se nesta tarde com o promotor de justiça da comarca

Acompanhado do procurador do município, Dr. Jardel Bento e do Assessor de Comunicação da Prefeitura Municipal, Marcelo Corona, o prefeito Osmário Portela foi recebido na tarde desta terça dia 07, pelo promotor de justiça Dr. Leone Nivaldo Gonçalves. O encontro foi para tratar sobre o decreto do governo do estado que determina o fechamento do comércio não essencial por 14 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 7 dias e que Guaraniaçu não acatou até o presente momento, tendo como principal motivo, o trabalho de todos os envolvidos no combate a pandemia do coronavírus, que tem trazido resultados satisfatórios.

 

O prefeito garantiu ao promotor de justiça Dr. Leone Nivaldo Gonçalves, que o município tem feito esforços no sentido de fiscalizar e orientar toda a população, especialmente os comerciantes, quanto a importância da prevenção através do uso de máscaras, disponibilizando álcool em gel, evitando aglomerações dentro e fora dos estabelecimentos, além de colocar os serviços de callcenter 24 horas por dia para denúncias de qualquer cidadão de forma anônima informando sobre possível descumprimento às regras impostas pelo decreto municipal.

 

Dr. Leone fez questão de frisar que o ministério público está atento ao cumprimento das determinações para promover o combate ao coronavírus. "Não é porque o município não contabiliza nenhum óbito ou grande número de positivos para a Covid-19 neste momento, que vamos afrouxar a fiscalização ou fechar os olhos para possíveis descumprimentos às normas de prevenção". Ele reafirmou que o ministério público pode tomar medidas duras, caso entenda que as pessoas de um modo geral, principalmente comerciantes, não estão fazendo sua parte para mantermos números razoáveis de positivados.

 

O prefeito Osmário Portela disse ao promotor Dr. Leone que a fiscalização para o cumprimento do decreto municipal está sendo intensificado para garantir o controle da pandemia aqui no munícipio. "Hoje temos 52 casos confirmados, desses, 46 estão curados, então por esses números, não vislumbro razão pra fechamento do comércio não essencial por 14 dias como quer o governo do estado, além do que, ao nosso ver, comércio essencial é todo aquele que através dele, é possível prover o sustento das famílias e é por isso que estou buscando o entendimento do promotor Dr. Leone nesse sentido, de mantermos as atividades econômicas funcionando normalmente, dentro das restrições impostas pelo decreto municipal.