Caso suspeito de coronavírus é identificado em Foz do Iguaçu

A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), através da Vigilância Epidemiológica, informa que foi identificado um caso suspeito de Covid-19 (Coronavirus) em Foz do Iguaçu.

 

Trata-se de uma paciente de 23 anos, vinda de Roma, na Itália. Ela chegou a Foz no dia 16 de fevereiro, e no dia 21 iniciou um quadro de tosse. No dia de hoje (29) a paciente procurou a Upa Dr Walter Cavalcante, no Morumbi, apresentando febre e tosse, sem outros sintomas. Devido ao quadro clínico, o caso foi encaminhado ao CIEVS (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde), que classificou como caso suspeito.

 

Todos os materiais coletados serão encaminhados ao Lacen e as orientações quanto ao isolamento da paciente foram repassadas aos familiares pela equipe médica.

 

Como o caso é classificado como baixa gravidade, ela permanecerá em quarentena, na própria residência, enquanto aguarda os resultados dos exames.

 

Enquanto esteve na Upa, a paciente permaneceu isolada com uso de máscara e todos os demais procedimentos foram adotados pela equipe médica.

Hashtag:
Operação notifica pescadores e apreende materiais nos lagos da região

O Instituto Água e Terra do Paraná, escritório Regional de União da Vitória, notificou diversos pescadores e apreendeu diversos materiais ilegais de pesca durante a Operação Carnaval nos lagos das barragens de Foz do Areia e Salto Segredo.

 

Conforme o Chefe do escritório,  José Everling, além da fiscalização as equipes buscaram promover o trabalho de orientação aos pescadores.A fiscalização iniciou em São Mateus do Sul  seguindo pela extensão do Rio Iguaçu chegando até as barragens.

 

NÚMEROS DA OPERAÇÃO

  • 9 pescadores notificados em flagrante pescando com redes
  • 4 botes foram destruídos
  • 3 mil metros de redes foram apreendidos
  • 5 feiticeiras foram apreendidas
  • 19 covas de pesca foram destruídas
  • 74 anzóis de galho
  • 3 espinheis
  • 4 motores de poupa foram apreendidos. (Fonte: site Vvale.).
Hashtag:

Uma carreta bitrem ficou parcialmente destruída após incêndio na tarde desta sexta dia 28, na BR 467, em Cascavel.

 

O condutor do veículo saiu da cidade de Rondonópolis e seguia sentido São Miguel do Oeste, quando em uma curva, no quilômetro 94, acabou tombando e incendiando.

 

Um motociclista que seguia atrás do veículo de carga, relatou que o incêndio começou quando o tanque de combustível tocou o solo e houve o atrito, causando fagulhas.

 

O motorista, com ajuda de pessoas que passavam pela rodovia, conseguiu sair ileso do acidente. Josevandro Faustino dos Santos de 46 anos, mora na cidade de Icaraíma.

 

A rodovia, sentido Cascavel ficou totalmente interditada para passagem de veículos.

 

Dois caminhões ABTR (Auto Bomba Tanque Resgate) foram acionados para controlar as chamas.

 

O graneleiro estava carregado de farelo, parte da carga foi danificada e ficou espalhada às margens da rodovia.

 

Policiais rodoviários federais foram até o local e controlaram o fluxo de veículos durante atendimento ao acidente.

 

Grandes filas se formaram após o acidente.

 

O veículo deve ser removido por um guincho e o resto da carga remanejada para outro caminhão. (Com Catve).

Hashtag:
Ministério Público do Paraná abre inscrições para vagas de estágio

Estudantes de diferentes níveis de ensino interessados em atuar no Ministério Público do Paraná (MP-PR) podem se inscrever em editais abertos por promotorias de Justiça em várias comarcas do estado.

 

De acordo com o MP, as oportunidades são para matriculados em cursos de ensino médio, graduação e pós-graduação, especialmente na área do Direito.

 

 

Pós-Graduação em Direito

 

Promotoria de Justiça de Paranacity: Inscrições até 2 de março
Promotoria de Justiça de Auditoria Militar de Curitiba: Inscrições até 2 de março
19ª Promotoria de Justiça de Londrina: Inscrições até 3 de março
Gaeco de Curitiba: Inscrições até 3 de março
25ª Promotoria de Justiça da Comarca de Londrina: Inscrições até 6 de março
4º Grupo Cível de Curitiba: Inscrições até 6 de março
3ª Promotoria de Justiça de Marechal Cândido Rondon: Inscrições até 6 de março
Promotoria de Justiça de Cambará: Inscrições até 6 de março
2ª Promotoria de Justiça de Ibiporã: Inscrições até 10 de março
4ª Promotoria de Justiça de São José dos Pinhais: Inscrições até 10 de março
1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Cambé: Inscrições de 2 a 11 de março
8ª Promotoria de Justiça de Foz do Iguaçu: Inscrições até 12 de março
1ª Promotoria de Justiça de Campo Mourão: Inscrições até 13 de março
3ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio: Inscrições de 2 a 13 de março

 

Pós-Graduação em Serviço Social

 

11ª URATE – Unidade de Apoio Técnico Especializado de Londrina: Inscrições de 2 a 6 de março



Graduação em Direito

 

7ª Promotoria de Justiça Cível de Curitiba: Inscrições até 5 de março
Promotoria de Justiça de Grandes Rios: Inscrições até 6 de março
Promotoria de Justiça da Comarca de Iporã: Inscrições até 6 de março
1ª Promotoria de Justiça de São José dos Pinhais: Inscrições até 6 de março
1º Promotoria de Justiça de Arapongas: Inscrições de 2 de março a 10 de abril
1ª Promotoria de Justiça de Pato Branco: Inscrições até 11 de março
12ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa: Inscrições até 13 de março



Graduação em Serviço Social

 

11ª URATE – Unidade de Apoio Técnico Especializado de Londrina: Inscrições de 2 a 6 de março



Ensino Médio

 

Promotoria de Justiça de Santa Fé: Inscrições até 6 de março.

 

 

STF começa a julgar nesta sexta se estádios do PR podem vender bebida alcoólica

A decisão valerá, inicialmente, para os três estados em questão, mas poderá ser usada como base para outras ações que questionem leis semelhantes de outras localidades.

 

Os ministros terão até as 23h59 de 5 de março para a inclusão dos votos no processo, que será em plenário virtual, sem a necessidade da presença física deles. Os relatores são os ministros Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia.

 

O questionamento da Procuradoria Geral da República (PGR), que acionou o STF, é que as leis estaduais permitem a venda de bebida, mas o Estatuto do Torcedor proíbe, o que afronta a legislação federal. (Com Banda B)

 

 

 

Hashtag:
PRF flagra um motorista bêbado por hora durante o Carnaval no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 11 mortes em acidentes de trânsito durante os seis dias de Operação Carnaval no Paraná. Outras 164 pessoas saíram feridas.

 

Entre a última sexta-feira (21) e ontem (26), Quarta-feira de Cinzas, as equipes da PRF atenderam 137 acidentes no estado.

 

Após dois anos de quedas consecutivas, o número de mortes voltou a crescer. No Carnaval de 2017, haviam sido registradas 20 mortes. Em 2018, nove. E no ano passado, oito.

 

Na operação deste ano, os policiais rodoviários federais flagraram 144 motoristas sob efeito de bebidas alcoólicas, o que equivale a um caso de embriaguez ao volante a cada 60 minutos de operação. Doze desses motoristas foram presos por crime de trânsito.

 

Outros 608 motoristas foram multados por ultrapassagens proibidas. A PRF registrou ainda 108 crianças transportadas sem cadeirinha, bebê-conforto ou assento de elevação. Em 452 ocasiões, motoristas ou passageiros não utilizavam o cinto de segurança.

 

No total, as equipes da PRF recolheram 527 veículos aos pátios da instituição, por diferentes irregularidades. Quinze carros furtados ou roubados foram recuperados.

 

A PRF apreendeu 206 quilos de maconha em um carro acidentado que era conduzido por um menor de idade em Palmeira (PR), na BR-277, na Quarta-feira de Cinzas.

Sobre os acidentes fatais:

Excesso de velocidade, desatenção, ingestão de bebidas alcoólicas e desobediência à sinalização foram as causas dos acidentes com mortes atendidos pela PRF durante o Carnaval deste ano no Paraná.

 

As 11 pessoas morreram em nove acidentes diferentes, quatro deles provocados por velocidade incompatível com a via.

 

Sete das onze mortes ocorreram em pista molhada. Cinco em pista simples e em trechos de reta e curva. Dessas mortes em curvas, três ocorreram em um único acidente, na quarta-feira (26), na BR-476, município da Lapa (PR). Pai, mãe e um filho de 12 anos morreram em uma colisão frontal. O carro em que a família estava se chocou contra um caminhão.

 

Entre os 11 mortos, oito eram de ocupantes de carros, dois eram motociclistas e um, pedestre. (Com PRF). 

Hashtag:
Governo do Paraná vai investir R$ 14 milhões em reforma de prisões

O governador Carlos Massa Ratinho Junior autorizou a execução de um grande pacote de reformas e reparos em penitenciárias, cadeias públicas, delegacias, casas de custódia e institutos médicos legais (IML) do Estado. De acordo com o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR) serão investidos neste ano R$ 14 milhões na modernização de 33 unidades, em 13 municípios paranaenses. Os recursos são do Tesouro do Estado.

 

As obras serão gerenciadas pela Paraná Edificações (Predi), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, e atendem a necessidade de cada complexo. Vão desde a instalação e substituição de grades em diversos pontos, reformas de refeitórios até a renovação completa de instalações elétricas.

 

Maringá, Cruzeiro do Oeste, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Cascavel, Londrina, Ponta Grossa, Guarapuava, Curitiba, Piraquara, São José dos Pinhais, Pinhais e Umuarama são as cidades que terão unidades reformadas. O prazo previsto de execução das obras é, em média, de 210 dias.

 

"O Paraná avança no combate à criminalidade. Com isso, o grande desafio passa a ser a questão carcerária, encontrar mecanismos para modernizar o sistema", disse Ratinho Junior. "Ao longo do tempo o Paraná acabou deixando essa questão de lado. Assumimos o mandato com um déficit muito grande na área. Agora estamos fazendo projetos e encaminhando as licitações para resolver o problema", acrescentou o governador.

 

Diretor-geral do Depen, Francisco Caricati, explicou que boa parte do sistema prisional do Estado é bastante antigo, necessitando de manutenção periódica. "O que estamos fazendo também é a modernização das unidades, garantindo mais segurança e confiabilidade ao sistema", destacou.

 

REGIÃO METROPOLITANA - Parte considerável do investimento se dará na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), especialmente em Piraquara, cidade que concentra as maiores penitenciárias do Estado.

 

Do investimento total, R$ 426 mil serão destinados à Colônia Penal Agroindustrial do Paraná (CPAI), localizada em Piraquara. Para a unidade, está prevista a instalação e substituição de grades em diversos pontos e, também, uma reforma no refeitório e em alguns alojamentos. As obras no CPAI devem iniciar em março.

 

Outra unidade beneficiada é o Complexo Médico Penal (CMP), que fica em Pinhais. Com investimento de quase R$ 370 mil, a reforma, que deve começar também no próximo mês, prevê a substituição das coberturas de parte do complexo, além de reparos e impermeabilização em alguns setores.

 

Já a Penitenciária Central do Estado (PCE), com capacidade para 1.320 presos, receberá R$ 1,7 milhão nesta fase de modernização. Outros R$ 404 mil estão empenhados para a intervenção da Penitenciária Estadual de Piraquara I, que atende até 723 condenados.

 

CURITIBA - A Casa de Custódia de Curitiba (CCC), localizada no bairro Cidade Industrial de Curitiba também passará por reforma. Prevista para iniciar em abril, a obra, que terá custo de quase R$ 408 mil, inclui novas instalações elétricas, hidráulicas, contra incêndios e de caixa d água. Além disso, há previsão de investimentos em grades e alambrados.

 

IML - Além das unidades prisionais, o Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama, na Região Noroeste, ganhará melhorias. O investimento é de R$ 190 mil, com a finalização da obra prevista para o mês de outubro.

 

CADEIAS NOVAS - O Governo do Paraná confirmou no fim do ano passado a abertura 3 mil novas vagas no sistema prisional no Estado com a construção de quatro novas cadeias públicas, além da implantação de três novas delegacias. O investimento soma R$ 81 milhões.

 

As cadeias públicas serão construídas em Foz do Iguaçu, Londrina, Ponta Grossa e Guaíra. Já as três delegacias serão entregues em cidades da Região Metropolitana de Curitiba: Araucária, Almirante Tamandaré e Colombo.

 

As obras das cadeias públicas estão em andamento desde o começo de setembro e têm previsão de entrega para o segundo semestre de 2020. O investimento é de R$ 69 milhões - a maior parte dos recursos de um convênio com o Governo Federal, com contrapartida do Tesouro Estadual.

 

"Estamos trabalhando na reforma e construção de presídios, mas também na ressocialização dos detentos, para que eles possam sair das cadeias do Estado de forma qualificada", ressaltou Caricati. (Com AEN)

 

 

 

Quinze cidades entram para a lista de municípios em epidemia de dengue no Paraná

Quinze cidades entraram para a lista de municípios em situação de epidemia de dengue no Paraná, segundo boletim divulgado nesta quarta dia 26, pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

 

Londrina e Maringá, na região norte, Foz do Iguaçu, no oeste, Umuarama, no noroeste, e outros 11 municípios se juntaram aos 78 que já estavam na lista. Com a atualização, 93 cidades se encontram em epidemia no estado.
De acordo com o boletim, divulgado pela Sesa, de 28 de julho de 2019 até esta quarta-feira (26), 35.853 paranaenses foram diagnosticados com a doença, sendo 9.161 a mais do que há uma semana.

 

Dos 399 municípios paranaenses, 329 tem notificações para a dengue e 271 têm casos confirmados.

 

Nesta semana, os seguintes municípios entraram para a lista de epidemia: Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Umuarama, Iracema do Oeste, Brasilândia do Sul, Ivaté, Jussara, Tapejara, Ivatuba, Nova Esperança, Sarandi, São Pedro do Ivaí, Guaraci e Leópolis.

 

O Paraná entrou em estado de alerta para epidemia de dengue no dia 4 de fevereiro. Para se configurar uma epidemia de dengue, segundo a secretaria, é necessário ter mais de 300 casos da doença por 100 mil habitantes.

 

Além de mais de 35 mil casos confirmados, 23 pessoas morreram vítimas da doença neste período epidemiológico.

 

O boletim aponta que Londrina tem 2.288 casos confirmados, Maringá tem 1.628, e Foz do Iguaçu tem 1.545.

 

Paranavaí, no noroeste do estado, que também enfrenta situação de epidemia, tem 3.878 confirmações, com o maior número de casos confirmados no Paraná.

 

Cidades em epidemia

 

Alto Paraíso
Alto Paraná
Alto Piquiri
Altônia
Amaporã,
Ângulo
Atalaia
Bandeirantes
Barbosa Ferraz
Braganey
Cafezal do Sul
Cianorte
Colorado
Cruzeiro do Oeste
Cruzeiro do Sul
Diamante do Norte
Douradina
Doutor Camargo
Engenheiro Beltrão
Florestópolis
Flórida
Godoy Moreira
Guaíra
Guairaçá
Ibiporã
Inajá
Indianópolis
Iretama
Itaguajé
Itaúna do Sul
Ivaiporã
Jacarezinho
Jardim Alegre
Jardim Olinda
Jesuítas
Juranda
Loanda
Lupionópolis
Mirador
Munhoz de Mello
Nossa Senhora das Graças
Nova Aliança do Ivaí
Nova Aurora
Nova Cantu
Nova Londrina
Nova Olímpia
Ourizona
Ouro Verde do Oeste
Paraíso do Norte
Paranacity
Paranapoema
Paranavaí
Peabiru
Perobal
Planaltina do Paraná
Porecatu
Porto Rico
Presidente Castelo Branco
Quatro Pontes
Querência do Norte
Quinta do Sol
Floraí
Santa Fé
Santa Inês
Santa Isabel do Ivaí
Santo Antônio do Caiuá
Santo Inácio
São Carlos do Ivaí
São João do Caiuá
São Jorge do Ivaí
São Pedro do Paraná
Sertaneja
Tamboara
Terra Rica
Tupãssi
Uniflor
Uraí
Xambrê
Londrina
Foz do Iguaçu
Maringá
Umuarama
Iracema do Oeste
Brasilândia do Sul
Ivaté
Jussara
Tapejara
Ivatuba
Nova Esperança
Sarandi
São Pedro do Ivaí
Guaraci
Leópolis

(Com G1)

 

 

 

Hashtag:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante na manhã desta quarta dia 26, em Mercedes, na região oeste do Paraná, um homem que dirigia um caminhão-guincho roubado minutos antes em Toledo (PR). Abordado na BR-163, o homem preso, de 33 anos, portava uma faca.

 

Morador de Cascavel, ele participou do roubo e sequestro do motorista do guincho, que havia recebido uma falsa chamada para um serviço de reboque, nas proximidades de um posto de combustíveis.

 

Após chegar ao local combinado e receber voz de assalto, a vítima, de 49 anos de idade, foi levada por três homens armados até uma plantação de milho.

 

Lá, os bandidos amarraram a vítima, que, de joelhos, sofreu uma série de ameaças, com o cano de uma arma encostado na sua cabeça. O gatilho chegou a ser acionado, mas não houve disparo.

 

Os policiais rodoviários federais encontraram a vítima do crime com escoriações pelo corpo e abalada emocionalmente. Descalço e com as mãos amarradas com cadarços, ele ficou com uma camiseta em torno de sua cabeça enquanto esteve em poder do grupo criminoso.

 

O preso disse que levaria o guincho inicialmente para Mundo Novo (MS).

 

A PRF registrou a ocorrência na delegacia da Polícia Civil em Marechal Cândido Rondon. (Com PRF). 

Balanço da PRE aponta redução no número de acidentes e mortes durante o Carnaval no Paraná

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) divulgou o resultado das ocorrências atendidas durante os quatro dias de carnaval.

 

Foram comparados os dados deste ano em relação ao período de Carnaval de 2019.

 

Ano passado duas pessoas morreram durante o período e este ano apenas um óbito foi registrado em Espigão Alto do Iguaçu onde foi vítima fatal na PR 473 a motociclista Mônica Ansiliero Faria.

 

Em relação aos acidentes de trânsito, foram 11 em 2019, e 7 em 2020.

 

Duas pessoas foram detidas por embriaguez ao volante este ano. Em 2019 não houve nenhum registro. (Fonte PRE). 

Concursos da Polícia Militar, Civil e Bombeiros irão oferecer 3 mil vagas no Paraná

Serão divulgados na próxima terça dia 03, os editais para o concurso das Polícias Civil, Militar e também do Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná. Ao todo serão mais de três mil oportunidades. A Fundação da Universidade Federal do Paraná – Funpar será a banca organizadora de toda a seleção.

 

O lançamento do edital será feito no Quartel General da Polícia Militar do Paraná, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior.

 

Polícia Militar


O concurso da PM PR irá disponibilizar 2.400 vagas para soldado e a exigência é ter o ensino médio completo. O salário de cargo de soldado de 2ª classe da PM PR possui vencimento básico de R$ 1.895,72 (mil oitocentos e noventa e cinco reais e setenta e dois centavos), e a de soldado de 1ª classe é de R$ 4.180,07.

 

Polícia Civil

 

O concurso PC PR irá contemplar 400 vagas, distribuídas para os cargos de Delegado, Papiloscopista e Investigador de Polícia. Investigador exige formação em qualquer curso de graduação de nível superior e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria B ou superior. O salário é de R$ 5.478,49. O cargo de papiloscopista também exige nível superior. A remuneração inicial do cargo é de R$5.752,41, após aprovação no concurso público.

 

Já a função de delegado exige formação em Direito. A remuneração inicial passa dos R$ 13 mil mensais. Os policiais ainda têm direito a diversos benefícios e gratificações.

 

Bombeiros

 

Para o concurso dos Bombeiros, oportunidade para ingressar como soldado com remuneração inicial em R$ 4.180,07, após o curso de formação.

 

O último concurso para soldados da PM e BM-PR foi realizado entre 2012 e 2013. Na época, foram oferecidas 4.445 vagas para a Polícia Militar e ainda 819 oportunidades para os Bombeiros.

 

Provas

 

Os concursos para soldados são compostos por cinco etapas, sendo elas: prova objetiva; exame de capacidade física; exame de sanidade física, avaliação psicológica; e pesquisa social e documental.

 

Na prova objetiva, normalmente os candidatos precisam responder a 40 questões de múltipla escolha mais uma redação. As perguntas abrangem disciplinas como:

 

Língua Portuguesa (dez questões);
Matemática (sete);
História (seis);
Geograa (seis);
Informática (cinco);
Estatuto da Criança e do Adolescente (três);
Atualidades (três).  (Com Banda B)

 

 

 

Hashtag: