Dicas de saúde, turismo, lazer e muito mais...

Saiba cinco atividades que podem comprometer a saúde do coração


Publicado por: - 28/10/2017

Consumir alimentos industrializados, roncar, ficar muito tempo sentado, escolher produtos light e seguir uma dieta sem o acompanhamento médico, não parecem ser hábitos tão ruins não é mesmo?

 

Porém, muitas vezes, algumas ações que não parecem ser tão maléficas, aos poucos, podem acabar com a saúde do seu coração.

 

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), mais de 94 milhões de pessoas morrem por ano devido às doenças cardiovasculares. Por isso, o cirurgião cardíaco de São Paulo, dr. Marcelo Sobral, listou e explicou como essas cinco atitudes, se não controladas e tratadas, podem ser fatais para a saúde cardiovascular: 

 

Roncar 

 

Esta condição não deve ser ignorada, pois roncar significa que algo de errado está acontecendo com a sua respiração. Pode ser sinal, por exemplo, de apneia obstrutiva do sono, quando a respiração é interrompida durante o sono e a pressão arterial é rapidamente elevada, o que é muito perigoso.

 

“Geralmente, pessoas obesas ou com sobrepeso têm mais tendência a desenvolver este problema, porém, todos devem ficar atentos”, complementa o especialista. 

 

Ficar horas na mesma posição

 

A falta de movimento é extremamente comprometedora, já que afeta a circulação sanguínea e pode aumentar os níveis de gorduras e açúcares no sangue, e consequentemente, elevar o risco de ataques cardíacos e AVCs (acidentes vasculares cerebrais). 

 

Consumir alimentos industrializados – Na lista dos maiores inimigos do coração, o sódio está presente em grandes quantidades nos alimentos industrializados, o que aumenta – e muito – o risco de desenvolver hipertensão. Além de outros problemas de saúde, como o colesterol ruim, já que esses alimentos também são ricos em gordura. 

 

Optar por bebidas light

 

De acordo com um estudo feito pela Associação Americana de Diabetes, o consumo de bebidas light apenas engana porque na verdade, além de possuírem um nível maior de sódio do que as bebidas não light, seus consumidores regulares tiveram um aumento de 70% na circunferência da cintura.

 

“A medida da circunferência abdominal não deve ultrapassar 80 cm nas mulheres e 94 cm nos homens. Aqueles que apresentam medidas superiores a estas podem ter mais riscos de desenvolverem doenças cardiovasculares”, explica. 

 

Ingerir remédios e fazer dieta sem acompanhamento médico

 

Alguns remédios têm em sua composição psico e termoativos, que podem provocar taquicardíaca e hipertensão. Além disso, restringir a alimentação ao fazer dietas “milagrosas” é um perigo para sua saúde, isso porque a falta de alguns nutrientes e vitaminas sobrecarrega o coração. 

 

“É necessário sempre estar atento as ações do dia a dia que podem comprometer a saúde, porque aos poucos, sem o tratamento ou controle dessas atitudes, o coração fica cada vez menos saudável e consequentemente, predispõe a pessoa a desenvolver doenças cardíacas mais graves. Prevenção e vida saudável são sempre as melhores opções”, finaliza Sobral.

 

 

47948
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Saiba cinco atividades que podem comprometer a saúde do coração0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Fique Por Dentro
Mais sobre

Veja também:

  • Pinhão - Atividades marcam as comemorações da Semana do Idoso

    Teve início na segunda dia 09, em Pinhão, as primeiras atividades que marcaram a abertura da semana dos idosos.

     

    A caminhada que aconteceria na manhã de terça dia 10, foi cancelada devido ao mau tempo, e Completando a programação, na tarde de quarta dia 11, foi realizado o Encontro Intermunicipal de Idosos e Tarde Festiva, também no SIFUMPI. 

  • Catanduvas - CRAS realiza atividades com alunos comemorando a semana da pessoa com deficiência intelectual e múltipla

    De 21 a 28 de agosto comemorou-se a semana Nacional da Pessoa com deficiência intelectual e múltipla.

     

    Durante o mês de agosto a Orientadora Social Maysa C. Madruga, trabalhou com as crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) sobre a pessoa com deficiência: conceito de deficiência, sua classificação e inclusão.

  • Mais de 70% dos alunos do ensino médio usam celular nas atividades escolares

    Uma pesquisa feita pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) revelou que 52% dos alunos de escolas com turmas de 5º e do 9º anos do ensino fundamental e do 2º ano do ensino médio, localizadas em áreas urbanas, usaram telefones celulares em atividades escolares no ano passado.

     

    Entre os estudantes do ensino médio, o percentual atingiu 74%. Segundo a pesquisa TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) Educação 20016, 95% das escolas públicas têm ao menos um tipo de computador conectado à Internet. Entretanto, 45% dessas unidades ainda não ultrapassaram 4Mbps de velocidade de conexão à Internet e 33% têm velocidade de até 2Mbps.

Entre para postar comentários