TV Cantu

Catanduvas - Delegada fala com exclusividade sobre caso de ônibus incendiado


Publicado por: - 05/06/2016

Na madrugada do dia 03 de junho, um incêndio criminoso foi registrado em frente ao prédio da prefeitura de Catanduvas.

 

A população acordou assustada com vários estouros vindos do centro da cidade e posteriormente se deparou com um micro ônibus novo em chamas.

 

O coletivo seria usado para levar pacientes até a cidade de Cascavel e h avia chegado ao município ha alguns dias e ainda não tinha sido usado em nenhuma viajem pois aguardava o emplacamento e vistoria para começar a trabalhar.

 

A Polícia Civil trabalhou rápido e capturou o suspeito ainda na tarde desta sexta.

 

Ricardo Dalellaste Borille confessou o crime e está detido a disposição da justiça.

 

Os repórteres Jr Cecato e Barbosa Neto conversaram com a Delegada, Dra. Cynthia de Barros, que relata como foi o trabalho da polícia no desfecho do caso.

 

34479
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Catanduvas - Delegada fala com exclusividade sobre caso de ônibus incendiado0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em TV Cantu

Veja também:

  • Catanduvas - Homem é preso por tráfico de drogas

    A prisão do indivíduo R.F.S aconteceu por volta das 20:00 desta terça dia 31, no Bairro Alto Alegre na rua 2. 

     

    Após várias denúncias a Polícia Militar a comando do 2° Sgt Zeni iniciaram patrulhamento no bairro em busca dos suspeitos.

  • Polícia prende falso médico que ganhava quase R$ 50 mil por mês

    Um homem de 32 anos foi preso por se passar por médico e atuar na área durante dois anos, com nome e registro profissional de outra pessoa, em Maringá, no Paraná. Segundo a Polícia Civil, o falso médico tinha salário mensal de quase R$ 50 mil.

     

    Conforme investigação da Seção de Furtos e Roubos, o caso veio à tona após uma denúncia da própria empresa que contratou o rapaz.  A direção da empresa descobriu que Denis Wilian Fraquetta usava registro de outro médico. Ele foi contratado em 2015 pela administradora que fica em Maringá e presta serviço aos municípios de Altônia, Bom Sucesso e São Jorge do Patrocínio.

  • Pinhão - Acusados de matar criança em assalto foram presos

    Após o latrocínio ocorrido em Pinhão, Pr. nesta segunda dia 30, equipes policiais deslocaram-se ao município com o intuito de levantar informações acerca dos autores da tentativa de roubo que vitimou fatalmente uma criança de 11 anos.

     

    Após diligencias foi recebido a informação de que um dos suspeitos teria se evadido para Guarapuava, este foi identificado, o qual foi reconhecido pela irmã da vítima, através de registro fotográfico, como o autor dos disparos.

Entre para postar comentários