Saúde & Beleza

Saiba quando é indicado o uso do suplemento alimentar

Saiba quando é indicado o uso do suplemento alimentar

Sabemos que a alimentação é fator primordial na rotina diária da humanidade, não apenas por ser necessidade básica, uma vez que o excesso ou falta podem causar doenças.

 

Contudo, auxiliado pelas novas tecnologias, o mercado de suplementos alimentares no Brasil ganha cada vez mais espaço por se adaptar ao novo perfil do consumidor e procurar atender as expectativas alimentares das pessoas.



Além de ajudar atletas e praticantes de atividades desportivas a suprir as necessidades nutricionais, energéticas e de performance, os suplementos alimentares, em suas diversas categorias, estão disponíveis para atender as necessidades individuais, de qualquer faixa etária, desde que recomendados por profissionais especializados.

 

 

Estudos demonstram que os suplementos facilitam a absorção de nutrientes essenciais para o organismo (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e sais minerais), como por exemplo, em situações específicas como o ácido fólico para a gestação e cálcio para a osteoporose.

 

"O fato dos suplementos estarem em evidência nas várias academias e centros de treinamento não significa que sua função é restrita a este público. O crescimento e desenvolvimento do mercado de suplementos alimentares no Brasil também se deve a esta nova parcela da população, que busca ter hábitos de vida saudáveis e desejam consumir produtos práticos para atingirem seus objetivos", declara Synésio Batista da Costa, presidente da Brasnutri. Veja abaixo algumas perguntas respondidas pelo nutricionista Geovanni Sampaio sobre as diversas indicações e aplicações dos suplementos alimentares: 1. Em que situação é indicada a suplementação para crianças?

 

GS: As experiências nutricionais no início da vida podem ter consequências duradouras. É comum observamos tanto na infância como na adolescência o consumo exagerado de alimentos açucarados, trazendo consigo diversos transtornos patológicos além da obesidade, como diabetes e hipercolesterolemia (aumento da concentração de colesterol no sangue). Infelizmente nos deparamos no consultório com crianças de 05 anos vítimas do diabetes. A melhor forma de combater este problema é estimular a criança a ter hábitos saudáveis para que não sofra com a obesidade, necessitando ser balanceada e adequada com todos os grupos alimentares. Para auxiliar no tratamento, uma das sugestões é substituir os alimentos consumidos pela criança, por uma versão mais saudável, como snacks disponíveis no mercado com 10g de proteína por porção e sem adição de açúcar, em sua composição. Outra opção disponível no mercado de suplementos alimentares são os achocolatados feitos à base de 70% cacau, que possuem 14% de proteína por porção. 2. No caso de adultos e idosos que não são atletas e desportistas como a suplementação pode ser de auxílio?

 

GS: Com o avançar da idade algumas patologias ficam cada vez mais comuns, como: diabetes tipo II, hipertensão arterial (HAS) e hipercolesterolemia. Outro tratamento importante é da sarcopenia, que é a perda de massa e força muscular, diversos fatores estão ligados a este evento, podendo ser citados os déficits hormonais do envelhecimento, o déficit proteico alimentar, a baixa atividade física além da co-morbidade desencadeada por doenças como o diabetes, o hipotireoidismo, erros do metabolismo, doenças de má absorção, doenças imunológicas etc. Alguns suplementos podem trazer diversos benefícios, dependendo da necessidade de cada paciente, como: whey protein (proteína do soro do leite) para o diabético, pré-treinos à base de vasodilatadores, tais como citrulina, arginina, beta alanina e citrato nos casos de hipertensão arterial e creatina no tratamento da sarcopenia, associado com atividade física. 3. Qual a indicação para adequar a quantidade necessária de proteínas para cada pessoa?

 

GS: A facilidade de conseguir carboidratos e gorduras muitas vezes não se aplica às proteínas de bom valor biológico. Desta maneira, o shake proteico se torna uma boa alternativa, uma vez que todas as refeições necessitam de uma boa quantidade de proteína, não apenas para o ganho de massa muscular, mas também para manutenção da massa no processo de emagrecimento e igualmente auxilia no próprio emagrecimento. 4. Como as pessoas podem encarar o uso da suplementação?

 

GS: Não podemos pensar nos suplementos alimentares como produtos que servem apenas para área esportiva. Devemos nos livrar desse pensamento engessado e abrir o leque de informações sabendo que podemos aplicar para todos, independentemente da idade e eventual enfermidade. Embasamento científico para isso nós temos, só precisamos saber como aplicar isso nos nossos pacientes, de preferência em sinergia com outros profissionais da área da saúde, tendo sempre o nutricionista como "carro-chefe" na hora da prescrição dos suplementos.