Ibema - Entrega de títulos de cidadãos honorários na Câmara

Na última sexta, dia 21 aconteceu na Câmara Municipal de Ibema, a solenidade de entrega de títulos de cidadãos honorários de número 03/2024.

Foram entregues três títulos pelo Presidente da Câmara de Ibema Dilso Padilha autor das Leis nºs 613 e 614/2024 e pelo Vereador Fidelcino dos Santos autor da Lei nº 617/2024.

Os homenageados foram o Senhor Sabino Gemelli, empresário que chegou em Ibema na década de 1960, também Senhor Gentil Tobaldini que também empresário chegou em 1971, estes com autoria do Vereador Dilso Padilha, e o Senhor Elecidio Lima que foi Servidor Público e nasceu em Ibema, que teve homenagem com autoria do Vereador Fidelcino dos Santos.

O Senhor Sabino Gemelli conta diversos relatos sobre a história do município e sua participação em decisões importantes, como a de mudar a rota da linha do trem, que ia “cortar” a cidade e junto ao Senhor Nei Napoli conseguiram que ela desviasse um pouco, fato este que para a segurança e tranquilidade da população é de suma relevância.

Por sua vez, o Senhor Gentil Tobaldini desde 1971 gerou empregos no município e por muito tempo foi a oficina referência em nossa Cidade, hoje ainda tem oficina e o pesque pague, e também conta que atrás de sua oficina ficava o gerador de energia da cidade por muitos anos. Detalhes que nos fazem entender a importância de cada gesto em prol do bem da sociedade em comum.

Então o Senhor Elecídio Lima, popular “Japão”, ou “Japãozinho da patrola” nos conta muito sobre a infraestrutura da cidade, foi responsável por terraplanagem de inúmeros prédios públicos, aviárias mas principalmente, estradas e ruas. Conta que fazia manutenção das ruas no geral e apenas uma ou duas eram cascalhadas, maioria só terra na época. Ajudou na terraplanagem das ruas quando chegaram os calçamentos, um avanço na época para a pequena cidade de Ibema.

O Vereador Dilso Padilha falou sobre sua admiração e respeito pelos seus homenageados e também contou fatos que o levaram a fazer os projetos que tornaram as homenagens possíveis. Por sua vez, o Vereador Fidelcino dos Santos falou da sua admiração e amizade com o Senhor Elecidio e também da importância do trabalho que desempenhou com muita honra e seriedade para Ibema.

Os vereadores falaram da relevância de homenagear pessoas que realmente fizeram algo pela cidade e sua população, e fazer homenagem para pessoas em vida, para pessoa saber da sua verdadeira importância para o desenvolvimento e acontecimento desta cidade.

Os homenageados também falaram e agradeceram suas famílias e os autores, demais vereadores que aprovaram os projetos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por - Assessoria 

Reserva do Iguaçu - Nova usina solar da Copel entra em operação Reserva do Iguaçu

A usina solar Segredo, construída pela Copel em Reserva do Iguaçu, no Centro-Sul, começou a operar neste domingo (23).

Parte do programa Copel Solar, que proporciona economia de até 15% na conta de luz a partir de créditos da geração fotovoltaica, a instalação possui capacidade de geração de 6,7 MWp (megawatt-pico) e vai atender a 350 clientes. Ao longo do ano, a unidade deverá produzir 13,4 GWh (gigawatts-hora).

A Copel Solar é um novo modelo de negócios da empresa, pelo qual os clientes podem adquirir créditos de energia gerada pela usina solar. A Copel instala e opera as unidades geradoras, ao passo que os clientes assinam contratos para utilizar os créditos, resultando em economia nos custos de energia.

Para o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Copel, Cassio Santana da Silva, a iniciativa combina inovação por parte da companhia com benefícios aos clientes. “Com o programa, damos aos clientes a oportunidade de consumir energia limpa, renovável, e ainda economizar na conta de luz”, diz.

Localizada próximo à Usina Hidrelétrica Governador Ney Braga (Usina de Segredo), a nova usina solar é formada por 9.720 painéis fotovoltaicos de silício monocristalino e ocupa uma área de 11 hectares, equivalente a dez campos de futebol. Além disso, 90 rastreadores solares ajudam a otimizar a geração de energia, ajustando os painéis conforme o movimento do sol.

Funcionando no regime de geração distribuída compartilhada, a usina permite que unidades consumidoras de uma mesma pessoa física ou jurídica dentro da área de concessão da distribuidora sejam beneficiadas pela energia gerada.

ECONOMIA NA CONTA DE LUZ – A Copel Solar é uma alternativa para clientes comerciais do grupo B (que utilizam energia em baixa tensão) economizarem em suas contas de energia. A adesão ao programa pode ser feita através do site oficial. Na página os clientes podem fazer simulações de economia e seguir um processo totalmente digital para integrar o programa.

Carlos Diego do Valle Pedroso, superintendente de Negócios de Gás Natural, Biomassa, Serviços e Inovação da Copel, explica que, além da economia e praticidade, o consumidor não precisa fazer nenhum investimento e o serviço não tem fidelidade “Os clientes podem economizar até 15% nos gastos com energia sem precisar investir em painéis solares. E contam com a segurança e a confiança do serviço prestado pela Copel”.

Inicialmente, o programa está disponível para clientes comerciais do grupo B com contas mensais superiores a R$ 400,00 e que não utilizem sistemas de compensação de energia como módulos fotovoltaicos em telhados. As adesões estão sujeitas à disponibilidade, conforme novas usinas são implantadas pela Copel.

Além da usina em Reserva do Iguaçu, a Copel recentemente inaugurou uma unidade solar fotovoltaica em Sarandi, no Noroeste, marcando o início da geração de energia na Copel Solar.

 

 

 

 

 

Por - AEN

feed-image
SICREDI 02