Campo Bonito

Campo Bonito - Em 2 anos da administração do prefeito Toninho já foram empregados mais de cem pessoas, através da Sala do Trabalhador

Campo Bonito - Em dois anos e e quatro meses da administração do prefeito Toninho já foram empregados mais de cem pessoas, através da Sala do Trabalhador

A sala do trabalhador atende a população de segunda a sexta das 08h00 às 17h00, através dos servidores Jocieli de Souza e Valdir Almeida, visando encaminhar empregos no município e também em empresas da região.

 

Só no ano de 2019 de janeiro a abril, entre muitas entrevistas e classificações, foram aprovadas 59 pessoas que estão trabalhando nas empresas, Copacol, Lar, Coopavel e também fábrica de costura.


Resinagem

 

Empresa que se instalou recentemente no parque industrial já tem 15 funcionários com capacidade imediata de 100 empregos. Os interessados em trabalhar na empresa serão regularizados e encaminhados pela sala do trabalhador conforme busca.


Em dois anos e e quatro meses da administração do prefeito Toninho já foram empregados mais de cem pessoas.


A servidora Jocieli disse que a maior demanda de vagas, são os frigoríficos que todos os meses fazem conferências classificatórias, mas de acordo com possibilidades em outras empresas também são feitos os procedimentos e encaminhamentos, ”Estamos sempre informando e divulgando as vagas e entrevistas por meio das rádios e nas redes sociais." comentou Jocieli.

 


Valdir Almeida que tem extensa experiência no ramo, trabalhou na administração do Toninho de 2009 a 2012 e está novamente frente a sala para auxiliar e somar na busca de soluções, reiteirou que quando foi convidado para retornar teve a convicção da preocupação do prefeito em diminuir o desemprego e buscar o máximo possível de vagas para suprir as necessidades da população.

 

Segundo o prefeito Antonio Carlos Dominiak, "A sala do trabalhador que foi instalada na sua administração anterior, tem dado resultados satisfatórios, por meio dela as pessoas que tem procurado por trabalho, não tem a preocupação da parte burocrática, pois todos os procedimentos são feito pelos servidores, desde a documentação, encaminhamento e o emprego. O número de pessoas que já estão trabalhando nos da a resposta que esperamos, queríamos resolver 100% das reivindicações, mas tudo o que é possível está sendo feito". Finalizou Toninho.

 

 

Por Assessoria