Com adesão ao Susaf, Pinhão pode ampliar mercado para suas agroindústrias

O município de Pinhão, na região Central do Paraná, fez nesta terça-feira (17) sua adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Artesanal e de Pequeno Porte do Paraná (Susaf-PR).

Isso significa que poderá credenciar agroindústrias que respeitam as normas do Sistema de Inspeção Municipal (SIM) a comercializarem seus produtos em todo território estadual. 

Até agora, 45 municípios paranaenses já aderiram ao Susaf de forma individual, outros 31 por meio do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Rural e Urbano Sustentável da Região Central do Estado do Paraná (Cid Centro) e 10 pelo Consórcio Público Intermunicipal do Centro Noroeste do Paraná (Cicenop). Há pelo menos dez municípios em processo de adesão. O objetivo do governo estadual é ter, no mínimo, 200 adesões até 2026.

"Este evento acontece primeiramente porque há espírito empreendedor neste município", disse o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, no encontro em que foi confirmada a adesão de Pinhão ao Susaf-PR. "O encontro também atesta que o trabalho de inspeção municipal é bom e equivalente ao do Estado. A partir de agora o município pode certificar que uma agroindústria tem boas práticas de produção e atende os requisitos de qualidade para poder vender sem limites no Paraná", disse Ortigara.

"Queremos que as agroindústrias cresçam, criem asas, e com uma estratégia correta abordem o consumidor onde ele estiver", reforçou o secretário. Agora as agroindústrias precisam abrir o processo no município para serem credenciadas e receberem o selo Susaf.

Segundo a coordenadora do Serviço de Inspeção Municipal de Pinhão, Telma Capeletti, a cidade tem 12 agroindústrias formalizadas. Com o selo, elas poderão ampliar o número de potenciais compradores de 30 mil pessoas, que é a população de Pinhão, para 11,4 milhões que moram no Paraná. 

Para a gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Mariza Koloda Henning, o Susaf garante produto legalizado e com qualidade sanitária. "Isso traz benefícios para o consumidor e para a agroindústria que pode alcançar as fronteiras do Estado", afirmou. 

CLUBE DO BILHÃO - Pinhão entrou, em 2022, no clube do bilhão, que contempla 34 municípios paranaenses com Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) superior a R$ 1 bilhão. Ele ocupa a 23ª colocação, com R$ 1.182.984.609,64. O destaque é para a produção de soja, com valor superior a R$ 399 milhões, representando 33,73% de toda a atividade agropecuária municipal. É seguida pelo milho e pela batata de segunda safra, cada um com pouco mais de R$ 103 milhões.

Para o prefeito Valdecir Biasebetti, as portas começam a se abrir agora também para as agroindústrias. "Olhamos em frente e vemos o agro crescer, e agora ainda mais", disse ele. "Esta é uma marca para segurar o nosso povo no interior, com o direito assegurado de permanecer no campo".

SUSAF - O Susaf foi criado por lei em 2013 e é destinado especialmente à agroindústria familiar e às de pequeno porte. A exigência é de que ela esteja registrada no Sistema de Inspeção Municipal (SIM). Ele pode ser concedido aos municípios ou consórcios intermunicipais que apresentem serviço de inspeção estruturado, que garanta que o produto é de qualidade. 

Os estabelecimentos interessados em obter o selo do Susaf-PR devem seguir os programas de autocontrole, como limpeza, desinfecção e higiene, hábitos higiênicos e saúde dos manipuladores. Além disso, são exigidos a manutenção das instalações e equipamentos, controle de potabilidade de água, seleção de matérias-primas, ingredientes e embalagens, controle de pragas e vetores e controle de temperatura. Também devem contratar profissional habilitado para a industrialização e conservação dos produtos.

PRESENÇAS - Estiveram no evento, realizado no Centro de Tradições Gaúchas Pala Gaudério, em Pinhão, o deputado estadual Artagão Júnior, o diretor administrativo-financeiro da Adapar, Adalberto Luis Valatti; o chefe do Núcleo Regional da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, Arthur Bittencourt Filho; o gerente regional do IDR-Paraná, Celso Doliveira; a gerente regional da Adapar, Márcia Maria Zago; o secretário da Agricultura de Pinhão, Osmário Ramos, autoridades do município e produtores rurais.

 

 

 

 

 

 

 

Por - AEN

Pinhão - Confira os candidatos eleitos para o Conselho Tutelar

CONFIRA OS 05 CANDIDATOS ELEITOS PARA O CONSELHO TUTELAR DE PINHÃO-PR 

1° Colocado Osmara 432 votos

2° Colocado Chico Preto 362 votos

3° Colocado Xirú 300 votos

4° Colocado Sandra Tussolini 257 votos

5° Colocado Francis 233 votos

6⁰ Colocado Tatiane 156 votos

7⁰ Colocado Ery Macedo 140 votos

8⁰ Colocado Leobina 130 Votos

9⁰ Colocado Celso 129 votos

10⁰ Colocado Celinha 127 votos

11⁰ Colocado André 125 votos

12⁰ Colocado Jussara 101 votos

13⁰ Colocado Jeferson 33 votos

14⁰ Colocado Mara Suelen 23 votos

 

 

 

 

 

Por - Pinhão Online

feed-image
SICREDI 02