Paraná

Jovem paraguaia tenta vender filha após cesária

Jovem paraguaia tenta vender filha após cesária

A Polícia Civil de Capitão Leônidas Marques descobriu um caso inusitado no município no último fim de semana. Uma mulher tentou dar à luz a uma criança utilizando nome falso.

 

A mulher de origem paraguaia procurou a casa hospitalar para ganhar o bebê, mas apresentou um documento de uma mulher de origem brasileira. Desconfiados da tentativa de crime, a enfermeira-chefe acionou a Polícia Civil para tentar desvendar o caso.

 

A gestante deu à luz a uma menina e estava acompanhada de um casal de 36 anos. A mulher teria dado os documentos a paraguaia para praticar uma fraude no processo de adoção.

 

A criança, segundo a Polícia Civil, seria doada ao casal de forma irregular, infringido princípios básicos da lei de adoção.

 

O casal foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil e a mulher foi presa e deve responder por crime de dar parto alheio como próprio - fraude contra adoção- sendo arbitrada fiança de R$ 10 mil pela delegada Bárbara Strapasson - responsável pela Delegacia da Mulher.

 

A gestante paraguaia envolvida no caso continua internada e quando receber alta seguirá à delegacia e ficará à disposição da Justiça. (Com Catve)

 

 

 

Hashtag: |