Paraná

Polícia prende casal e esclarece morte de taxista em Dois Vizinhos

Polícia prende casal e esclarece morte de taxista em Dois Vizinhos

A Polícia Civil de Dois Vizinhos concluiu e entregou para a Justiça, na última sexta-feira, 18, o inquérito policial que investigava o latrocínio que vitimou o taxista Adelino Cavali. O crime aconteceu no dia 22 de abril de 2018.

 

Naquele dia, pela manhã, o corpo do taxista foi encontrado por pessoas que passavam em uma rua de Dois Vizinhos. Ele tinha lesões por golpes de arma branca.

 

Horas depois de localizar o corpo, o veículo da vítima foi encontrado abandonado em Curitiba. “Fizemos diversas diligências e conseguimos apurar quem era o autor do crime. Identificamos com facilidade, por ele já ser muito conhecido no meio policial por diversos delitos. Apresentamos o pedido de prisão preventiva e tivemos dificuldades para capturá-lo pois ele, juntamente com sua esposa, passou a morar nas ruas da capital do Estado”, disse Joselito Teixeira dos Santos, delegado da 60ª Delegacia Regional de Polícia de Dois Vizinhos.

 

Somente no mês de novembro de 2018 é que os policiais conseguiram capturar o jovem e finalizar a investigação. “Durante a apuração, constatamos que o acusado não agiu sozinho, tendo o auxílio da esposa, mas naquele momento ela não foi encontrada para ser presa”, destacou Joselito. Na semana passada, o homem foi trazido para a carceragem em Dois Vizinhos. “Na conclusão do inquérito, pedimos a conversão da sua prisão temporária em preventiva”, completa o delegado.

 

No último sábado, 19, a esposa se apresentou para a polícia e também deve ter a prisão decretada. “O êxito na conclusão do procedimento só foi possível ante a determinação de toda a equipe policial, que não mediu esforços para investigar e buscar todos os meios possíveis e materialidades que pudessem comprovar a autoria que se imputou ao casal”, disse

 

 

 

Hashtag: |