Laranjeiras - Prefeitura inicia obra para atender 31 famílias com água tratada na Linha Pechinski

A Prefeitura de Laranjeiras do Sul iniciou na sexta dia 28, a terraplanagem do terreno para a construção da Estação de Tratamento de água, na comunidade da Linha Pechinski. Esta iniciativa, através de parceria com a Companhia de Saneamento do Paraná, Sanepar, visa atender 31 famílias, que lá residem. A obra terá 7.950,00 metros de rede de distribuição de água em tubo PVC DN 32 CL 12 e ainda 732,00 metros de adutora em tubo PVC DN 50 CL 20, totalizando mais de 8km de rede de água.

 

O sistema contará com a operacionalização do poço artesiano já perfurado, um reservatório em base elevada de concreto com capacidade para 20m³, além de toda a automatização no sistema de tratamento de água. O valor do convênio é de R$ 302.082,06, sendo: R$ 138.665,13, que serão aplicados na aquisição de materiais hidráulicos, para rede de distribuição de água, ligações prediais, travessias e outros itens necessários para a montagem hidráulica no local do poço, casa de tratamento e reservatório. Ainda, a Sanepar ficará responsável pela contratação de empresa especializada para a execução das instalações eletromecânicas no local do poço e RAP. Também, haverá o apoio técnico para organização comunitária, treinamento de operadores e acompanhamento na execução da obra, de responsabilidade da Sanepar.

 

Já R$ 163.416,93, é referente à aquisição e aplicação de materiais de insumos (materiais de construção civil) para execução da rede de distribuição, ligações e travessias, além do fornecimento de 1 (um) reservatório em PRFV – Poliéster reforçado com fibra de vidro - ou em polietileno para capacidade de 20m³, como também a execução de base em concreto. A prefeitura também se responsabilizará pela urbanização das unidades localizadas, mão de obra e outros serviços que se façam necessários para conclusão do sistema.

 

A execução da obra será de responsabilidade das Secretarias municipais de Agricultura e Obras e Urbanismo.

 

 

 

 

Laranjeiras - Secretaria de Saúde apresenta relatórios em audiência pública

Os avanços alcançados e investimentos realizados pelo município de Laranjeiras do Sul, referente ao 3° quadrimestre de 2019 foram apresentados pelo secretário da pasta, Valdemir Scarpari, na sexta dia 28, aos vereadores do município.

 

A explanação ao legislativo municipal segue a determinação prevista pelo Decreto Federal 1.651/1995, a qual determina que os gestores da pasta da saúde devem a cada quatro meses, prestar contas de atividades realizadas no período às respectivas Casas Legislativas.

 

O secretário apresentou o relatório de produtividade da Saúde em 2019, destacando a realização de mais de 360 cirurgias eletivas SUS nos hospitais da cidade, entrega de próteses dentárias e distribuição de óculos a pacientes de baixa renda. Também comentou os esforços da administração para a reabertura da UTI – que depende de verba de custeio administrativo destinado pelo Governo do Estado - e os números da aplicação semestral na área em 18,88%, ou seja, 3,88% acima do limite constitucional.

 

Outros dados exibidos referentes aos meses de setembro a dezembro trataram sobre as ações visando conscientizar sobre os perigos da gravidez na adolescência, prevenção ao câncer de mama e atividades contra a dengue. Conforme os relatórios a Secretaria de Saúde realizou ainda 19.498 consultas médicas na atenção primária, totalizando 61.390 consultas em 2019; encaminhamento de 6.638 pacientes para tratamento fora de domicílio; realização de 17.967 exames pelo laboratório municipal para 2.676 pacientes; 9.415 procedimentos odontológicos e dispensação de 2 milhões unidades de medicamentos.

 

 

 

 

Laranjeiras - Secretaria de Saúde orienta população a evitar contato com morcegos

A Secretaria Municipal da Saúde de Laranjeiras do Sul, orienta a população como proceder caso se depare com morcegos, mortos ou vivos, no quintal ou dentro de casa. A orientação é evitar qualquer contato direto com o animal. Ele pode estar contaminado com o vírus da raiva, não dá para avaliar simplesmente ao olhar. Dois casos já foram registrados em Laranjeiras do Sul, onde as pessoas foram orientadas e encaminhadas para atendimento médico.

 

O vírus da raiva está presente na saliva de mamíferos infectados. Ela pode ser transmitida por animais domésticos, como cães e gatos; animais de produção (bovinos, equinos, suínos, etc) e animais silvestres (morcegos, quatis, macacos, raposas e outros). A pessoa que sofrer agressão ou acidente por manuseio e/ou contato de qualquer tipo destes mamíferos deve procurar atendimento em uma unidade de saúde.

 

Qualquer espécie de morcego, inclusive os que se alimentam de frutas e ou de insetos podem transmitir a raiva. Por isso é importante:


- Evitar tocar em qualquer morcego vivo ou morto
- Os morcegos são animais de hábitos noturnos. Quando encontrados caídos ou voando de dia, podem estar doentes, com o vírus da raiva.
- Ao encontrar um morcego nessas condições, ou mesmo morto, avise o serviço de saúde de seu município (Vigilância em Saúde) para que faça a coleta segura deste animal e encaminhe para análise laboratorial.
- O contato direto com morcegos por arranhões, mordida ou toque é grave. Caso isso aconteça, procure a Unidade de Saúde mais próxima.
- Mantenha seus animais de estimação, cães e gatos, com a vacina contra a raiva em dia.

 

Quando detectada a presença de morcegos utilizando alguma área da residência como abrigo é orientado efetuar o desalojamento dos animais, sem a necessidade de exterminar a colônia. Para tanto, se faz necessário providenciar a vedação do acesso ao abrigo por frestas ou quaisquer espaços existentes, seguindo os seguintes passos:


1. Localizar onde os morcegos estão através dos ruídos, chiados e odores causados pelo acúmulo de fezes e urina;
2. Procurar os locais utilizados como entrada e saída do abrigo observando, no horário de saída dos morcegos (ao entardecer);
3. Vedar definitivamente os espaços e frestas ao redor do local utilizado como saída pelos morcegos. Após este procedimento, aguardar a saída dos animais do referido abrigo;
4. Após a evasão dos morcegos, vedar provisoriamente a saída, utilizando jornais, espumas ou panos;
5. No dia seguinte, antes de escurecer, retirar esta vedação para permitir a saída dos indivíduos que não saíram na noite anterior;
6. Fechar novamente e no dia seguinte, proceder a vedação definitiva do local com material adequado (cimento, areia, tela, massa plástica) e
7. Evitar a vedação dos abrigos no período de reprodução dos morcegos (primavera/verão), pois há o risco de permanência e morte dos filhotes nestes locais.

 

Importante ressaltar que em casos de contato com morcego vivo ou morto procurar imediatamente atendimento na unidade mais próxima de sua residência ou uma unidade hospitalar.

 

 

 

 

UFFS divulga terceira chamada do SISU 2020

Está divulgada a lista dos candidatos selecionados, em terceira chamada, para os cursos oferecidos pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 1ª edição de 2020.

 

O candidato selecionado em terceira chamada deverá comparecer no local de oferta do curso, apresentando a relação de documentos necessários, inclusive aqueles que se referem a comprovação dos critérios de reserva de vaga e ações afirmativas, de acordo com a categoria de concorrência de inscrição.

 

As matrículas no Campus Laranjeiras do Sul acontecerão nos dias 2 ou 3 de março, de acordo com o curso selecionado pelo candidato.

 

A relação dos candidatos, locais, dia, horário de matrícula e demais informações estão no Edital Nº 116/GR/UFFS/2020 (também disponível abaixo). Os documentos necessários para a matrícula estão no ANEXO I do Edital Nº 1176/GR/UFFS/2019 (ou item 4 do Termo de Adesão ao SiSU). A documentação para comprovação das ações afirmativas está explicitada nos anexos do Edital Nº 1176/GR/UFFS/2019 e também no link: https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/edital/gr/2019-1176. Todas as informações devem ser lidas atentamente pelos candidatos.



Laranjeiras - Secretaria de Saúde realiza ação de conscientização a prevenção da dengue

 Uma ação preventiva contra a dengue foi realizada na sexta dia 21, pela Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária. Entidades, Clubes de Serviços, Empresas, Grupo Desbravadores Luminares do Sul, Agentes de Saúde e Endemias, além de servidores da prefeitura percorreram o Bairro São Francisco, com visitas de conscientização sobre a importância da adoção de cuidados caseiros de prevenção ao mosquito transmissor da doença, bem como realiza a busca de possíveis criadouros. Mais de 100 pessoas participaram da ação, visitando em torno de 900 imóveis.

 

Laranjeiras do Sul, não registrou nenhum caso de dengue em 2020. No entanto, a Secretaria Municipal da Saúde tem realizado um trabalho contínuo de combate aos focos, que inclui visitas domiciliares, monitoramento de pontos considerados estratégicos – como empresas de materiais recicláveis, ferros velhos, depósitos e borracharias. O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas. No entanto, a recomendação é não descuidar nenhum dia do ano e manter todas as posturas possíveis em ação para prevenir focos em qualquer época do ano.

 

A grande maioria dos imóveis visitados estavam todos organizados e limpos. No entanto, alguns foram encontrados abandonados e tomado pelo mato. Todos foram mapeados e serão enviados para a Secretaria de Obras e Urbanismo, que vai notificar o proprietário.

 

O secretário municipal de Saúde, Valdemir Scarpari, destacou que, além do número de focos encontrados, há o problema das epidemias registradas nos municípios da região, como é o caso de Chopinzinho e Ivaiporã. “O objetivo da ação foi instruir e conscientizar a comunidade sobre a importância dos cuidados diários como não deixar acumular água nos vasos de plantas, pneus, lajes, manter as caixas d’água tampadas, entre outros”, que adiantou: “Não realizamos a limpeza do local, mas sim fornecemos informações e orientações aos moradores para que eles possam efetuar de forma correta a limpeza de suas residências”, finalizou Scarpari.

 

A Unidade do Celeste (Centro de Saúde Leste) ficou aberto até as 19h, realizando a vacinação de sarampo e conferindo a carteira de vacinação.

 

Prevenção

 

- Nas lajes e calhas, tire folhas e tudo o que impeça o escoamento da água;
- Pneus velhos ou que não estão sendo utilizados devem ser guardados em locais secos e cobertos;
- Pratos de vasos de flores e de plantas devem ser preenchidos com areia;
- Garrafas e embalagens PET podem ser encaminhadas para a coleta seletiva ou guardadas de boca para baixo;
- Caixas d’água devem estar sempre bem tampadas;
- Coloque água sanitária em ralos e locais que possam ter água parada;
- O lixo deve ser colocado em sacos plásticos fechados e depositados em lixeiras, que também devem estar tampadas;
- Potes de água de animais domésticos devem ser lavados com água e sabão;
- Materiais de construção devem ser armazenados em ambientes cobertos e secos.

 

 

 

Laranjeiras - Servidores municipais terão 4,19% de aumento salarial

O prefeito Berto Silva anunciou um reajuste de salário na ordem de 4,19% para os servidores do quadro geral e da área da saúde da prefeitura de Laranjeiras do Sul. Somando todos os reajustes no período dos três últimos anos, são 22,5% de aumento, contra 12% da inflação. Ou seja, 10,5% de ganho real.

 

Do reajuste, 2,86% se referem às perdas inflacionárias e 2,14% são de aumento real. No ano passado, os servidores já receberam um aumento de 6,35%. Ou seja, se somados os valores de 2017 ao novo reajuste, a prefeitura concedeu nos últimos 12 meses, 11,35% de reajuste para os servidores públicos municipais.

 

Já para os profissionais do Magistério, o reajuste salarial neste ano vai ser ainda maior: 6,49%, porque, para eles, será concedido também 2% de avanço de carreira. Somando os reajustes de três anos (2017, 2018, 2019), os profissionais da educação obtiveram 23,54% de aumento, sendo que houve duas concessões de avanço de carreira.

 

Os profissionais de linha funcional A (que são aqueles professores que possuem basicamente o magistério) tiveram ainda mais 12,84% de aumento concedido em janeiro, referente à elevação do piso nacional do ensino básico promovida pelo Governo Federal. Aqueles que se enquadram nos critérios do avanço também terão mais os 2% de tal benefício.