Laranjeiras do Sul

Laranjeiras - Alunos do Colégio Laranjeiras doam carrinhos a catadores recicláveis

Laranjeiras - Alunos do Colégio Laranjeiras doam carrinhos a catadores recicláveis

Na busca por valorizar o trabalho das mulheres que realizam coleta de recicláveis pela rua, e tentando passar valores considerados importantes na sociedade atual, o Colégio Estadual Laranjeiras do Sul, em parceria com a Acils, fez 11 carrinhos próprios para coleta de recicláveis.

 

Segundo a diretora do colégio, Sirlei de Oliveira Moro, o projeto surgiu em um momento onde os alunos estudavam o livro ‘Quarto do Despejo’, de Carolina Maria de Jesus, e destaca que atualmente o livro vem sendo cobrado em diversos vestibulares pelo Brasil. O livro conta alguns relatos da história da autora, procurando sobreviver como catadora de lixo na metrópole de São Paulo, tentando se encontrar no caos urbano.

 

Os relatos foram escritos entre 15 de julho de 1955 e 1º de janeiro de 1960. As entradas no diário são marcadas com dia, mês e ano e narram aspectos da rotina de Carolina. “Quando a escola propôs esse projeto, ela tinha a intenção de trazer uma questão mais social, visando ajudar o próximo, e trazer pros alunos "uma visão mais sensível sobre a condição das nossas catadoras” explica.

 

O projeto

 

"Nós percebemos a vontade dos alunos, e como eles entenderam a mensagem no livro. Após a "discussão, alguns deles quando saiam as ruas, encontravam essas mulheres com seus carrinhos em uma condição ruim de trabalho, e percebendo a vontade dos alunos nós realizamos uma gincana, que tinha também outro objetivo por trás, e "e uma das provas era conseguir o maior número de patrocinadores para fazer os carrinhos”, afirma.

 

Ainda segundo ela, na busca pelos patrocinadores, eles se encontraram com a Acils, que estava realizando um curso para treinar e capacitar soldadores, e aproveitaram o momento para os profissionais pudessem montar os carrinhos.

 

Parcerias


A escola conseguiu o dinheiro com outros colaboradores para a compra de materiais usados na confecção dos carrinhos, e então ficou a cargo da Acils a parte da montagem. “A principal intenção da escola ao realizar esse projeto é a sensibilização. As questões abordadas no projeto foram, sustentabilidade, meio ambiente, condição social, e principalmente a geração de renda aos catadores. Isso fez o nosso aluno, que as vezes tem uma condição um pouco melhor, enxergar o outro de uma maneira diferente”, finaliza.

 

O empresário e presidente da Acils, Fabiano Franciosi, relatou o engajamento dos alunos. Segundo ele, a Acils foi procurada pelos alunos para participar desse projeto, e devido ao Senai que promoveu o curso de solda, eles tiveram a oportunidade de montar. "Os carrinhos proporcionarão grande melhoria a quem for utilizar, pois além de novos, eles vieram com rodas de pneu, que proporcionam um conforto maior, e facilitam o trabalho diário de andar pelas ruas por ser mais leve”, completa. (Com Jornal Correio do Povo)