Fique por Dentro

Seu filhote não quer se alimentar? Saiba qual é a solução

Seu filhote não quer se alimentar? Saiba qual é a solução

Quem é dono de pet sabe que todo animalzinho dá trabalho, mas os filhotes de cachorro precisam de atenção redobrada. São muitos os cuidados necessários, porque é como se eles fossem crianças.

 

O sistema imunológico deles, por exemplo, ainda não está totalmente preparado e, por isso, eles precisam de diversas doses de vacinas e mesmo de um desmame adequado.

 

O seu animalzinho está na fase do desmame ou ele já passou por isso, mas ainda não está conseguindo comer direito? Nós reunimos algumas dicas essenciais para você enfrentar essa fase.


Desmame adequado


O leite é essencial para os filhotes. Geralmente, eles adquirem 95% dos anticorpos necessários para a sobrevivência justamente deste alimento natural. Além dos anticorpos, nas primeiras semanas de vida, todos os nutrientes necessários devem ser adquiridos justamente do leite.

 

Ou seja, os filhotes devem ser alimentados exclusivamente pelo leite materno até, mais ou menos, a sexta e a sétima semana de vida. Em hipótese nenhuma dê leite industrializado ou de vaca.



A produção de leite nas cadelinhas tende a durar umas 6 semanas. A partir desse período, as mamães tendem a regurgitar o alimento que ingerem para que os filhotinhos comecem a se acostumar com o alimento sólido.


Transição do leite para o alimento sólido


É imprescindível que o desmame não seja feito de forma abrupta, já que isso pode, inclusive, traumatizar os cãezinhos. É sempre recomendado ir retirando o leite materno aos poucos. Esse processo deve ser bem natural. É muito importante respeitar o tempo do próprio filhotinho.

 

Avalie junto ao médico veterinário o período mais adequado para ir apresentando as comidas mais sólidas e quais os melhores alimentos.


Papinhas e rações


Os dentinhos dos cães começam a nascer por volta do 20º dia de vida, mas só entre a sexta e a oitava semana de vida é que eles começam a explorar mais as comidas mais durinhas. Para que eles consigam fazer a transição alimentar adequadamente, opte por rações ou algumas papinhas.

 

E, não, você não leu errado não! A indústria já tem produzido papinhas para cães e gatos. É também possível prepará-las em casa. Neste caso, é bom misturar a ração e o leite materno numa proporção de 30% para 70%, respectivamente.

 

Se preferir, pode tentar diluir um pouco da ração com água. Mas, lembre-se de comprar rações específicas para filhotes que estão nas primeiras semanas de vida. Neste caso, para fazer a melhor escolha, consulte o médico veterinário.


Dificuldade para comer


Na fase de crescimento, os cães costumam precisar de muita energia, isso porque eles gostam de explorar o ambiente e brincar. Se eles não estão comendo muito é bom ficar atento, pois pode ser um problema mais grave de saúde.

 

Se o filhotinho está apresentando dificuldades para comer, saiba que há várias causas possíveis e muitas estão ligadas ao cotidiano domiciliar.


Possíveis causas


Antes de se desesperar com a perda de apetite do seu pet, tente observar se há alguma mudança na rotina. Não parece, mas eles sentem muito qualquer alteração no dia a dia. Então, por exemplo, alguém do convívio dele foi viajar ou se mudou? Se sim, pode ser que ele não esteja comendo, simplesmente, por estar triste.

 

Além disso, há também a questão climática. Se os humanos ficam mais ou menos dispostos por causa do clima, o mesmo acontece com os cães. Em dias muito quentes, eles costumam sofrer mais, ficam mais preguiçosos e vagarosos.

 

A falta de apetite também pode estar ligada à própria ração. Então, por exemplo, se o seu cãozinho está há muito tempo com um mesmo tipo de comida, pode ser que esteja enjoado dela. Neste caso, pense em uma troca.

 

Mas evite mudar de uma hora para outra. Tente ir misturando os tipos de ração para que o animalzinho não sinta tanto a mudança.

 

Agora, se você observou a rotina do cãozinho, mas ele ainda não demonstra apetite, então é bom levá-lo para o médico. O veterinário poderá avaliar melhor as possíveis causas. Pode ser algum desconforto gastrointestinal ou, então, algum parasita no organismo.


Soluções


É muito importante ter paciência com os filhotes. Se eles não querem comer logo de cara, tente ajudá-los nesse processo. O primeiro passo é escolher as rações mais adequadas para essa fase da vida, para isso, consulte um veterinário.

 

As rações precisam ser macias e com os melhores nutrientes para eles. Se perceber que o pet tem dificuldade para mastigar, tente dissolver a ração com um pouco de água quente, por exemplo. Também é possível adicionar na ração caldo de carnes, como a de frango, por exemplo e estimulá-los com algumas brincadeiras ou petiscos.

 

Com essas dicas, você ajuda seu pet a crescer forte e saudável.

 

 

 

Hashtag: