Reserva do Iguaçu

Reserva do Iguaçu - Secretário de Saúde faz balanço dos dois primeiros meses de trabalho e fala de projetos para 2020

Reserva do Iguaçu - Secretário de Saúde faz balanço dos dois primeiros meses de trabalho e fala de projetos para 2020

À frente da Secretaria de Saúde de Reserva do Iguaçu desde o início de dezembro de 2019, Carlos Alessandro Machado faz um balanço do trabalho desenvolvido na coordenação da pasta. Alessandro ocupou por 03 (três anos) o cargo de Secretário de Administração, antes de assumir a Secretaria de Saúde junto ao CMS (Centro Municipal de Saúde).

 

Segundo levantamos, atualmente a Secretaria Municipal de Saúde conta com um quadro de aproximadamente 90 (noventa) profissionais, divididos em suas respectivas áreas e funções, dentre eles: Motoristas, Médicos, Enfermeiros, Farmacêutico, Administrativo, Dentista, Recepção, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem e Raio-X, Serviços Gerais, Zeladoria, Vigilantes, Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias, Fisioterapeuta e Microfisioterapeuta, Psicólogo, Fonoaudiólogo, Técnicos e Fiscais e Vigilância Sanitária, Diretores e Chefes de Serviço e Gestão.


Em uma entrevista concedida ao Repórter Lorival Lima (Bidu), o Secretário de Saúde fez uma avaliação dos quase 60 (sessenta) dias de trabalho, bem como fez uma projeção de suas principais ações já iniciados e dos projetos e desafios para o ano de 2020.

 

Desafios

 

Alessandro Machado, como é mais conhecido, aceitou o convite para assumir a pasta da saúde no início de dezembro de 2019, completando atualmente quase dois meses à frente da Secretaria Municipal de Saúde, uma das pastas com a maior demanda de serviços públicos e com a tarefa mais árdua e nobre da função pública – cuidar da saúde dos munícipes.


“Quando assumi esse desafio vim disposto a colocar em prática um Projeto Inovador de Saúde, concebido no intuito de melhorar e otimizar o atendimento de saúde pública municipal, trabalhando a ideia de acolhimento ao invés de atendimento de saúde, e tendo como preceito fundamental a humanização nos serviços de saúde. Minha missão, juntamente com essa equipe que muito faz pela população, é fazer com que os usuários do Centro Municipal de Saúde se sintam acolhidos e bem cuidados, tendo a atenção diferenciada que o paciente merece, pois na Saúde trabalhamos com vidas, que merecem toda atenção e os cuidados necessários”. E reforçou “acolher e cuidar é a nossa missão”.

 

Conquistas para a SMS

 

Ainda no mês de dezembro do ano passado importantes convênios foram assinados pelo Secretário Municipal e pelo Executivo junto ao Governo do Estado, cujos recursos estão sendo viabilizados para a Secretaria de Saúde de Reserva do Iguaçu, para aquisição de veículos, reformas e manutenções da unidade de saúde.

 

“Logo na segunda semana de trabalho assinamos junto a SESA (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) importantes convênios, alguns pleitos que havíamos levados até o Deputado que tem sido o principal suporte do governo municipal, especialmente na área da saúde:


Dentre as conquistas destacamos:

 

R$ 200 Mil - Reforma do Centro Municipal de Saúde

R$ 170 Mil – Ampliação da Clínica de Fisioterapia Municipal

R$ 170 Mil– Transporte Sanitário – para aquisição de veículos

R$ 236 Mil – Aquisição de Ambulância de Suporte Avançado (U.T.I Móvel)”.

 

Além disso, já está sendo objeto de reparos e manutenção vários pontos estruturais do prédio da unidade, como portas, janelas, paredes, pinturas, vidraças, fachadas, parte elétrica e hidráulica que se encontravam em situação bastante delicada, e segundo a Secretaria várias melhorias na recepção, na sala de espera e na entrada de emergência da unidade será executadas em breve. Está em andamento também a obra de ampliação da Farmácia Básica do Centro Municipal.

 

Contratação de novos profissionais

 

Segundo a Secretaria de Saúde, tão logo iniciados os trabalhos da nova gestão foram requisitados ao Executivo a contratação de novos profissionais para atuar na Unidade de Saúde, dentre eles 01 Médico para o PSF – Programa Saúde da Família, 01 Enfermeiro e 01 Microfisioterapeuta. Segundo apuramos outros profissionais estarão sendo chamados em concurso para suprir a demanda de atendimentos, como 01 Dentista, entre outros.

 

Atendimentos no Interior do Município

 

A partir da segunda semana do mês de fevereiro o médico PSF (Programa de Saúde da Família) volta a atender nas comunidades do interior de Reserva do Iguaçu, através de um cronograma que estará sendo divulgado a partir de amanhã. Serão 03 (três) dias de atendimentos por semana, sendo um turno por comunidade, abrangendo toda malha de comunidades e assentamentos do interior do Município.

 

“Um cronograma foi desenvolvido para atender o fluxo da demanda de atendimentos do interior de forma que nenhuma comunidade fique descoberta. Assim, a partir do dia 10 de fevereiro o médico do PSF e equipe estarão se deslocando para as comunidades do interior para o atendimento aos pacientes. Vale destacar também que segue a campanha de vacinação que tem início dia 10 e se estende até o dia 13 de março. Inclusive, será realizado o dia “D” para vacinação, no dia 15 de fevereiro, no Centro Municipal de Saúde”, destacou o Secretário Alessandro.

 

Brinquedoteca

 

Foi inaugurada oficialmente a brinquedoteca do Centro Municipal de Saúde. O espaço tem estrutura de menos de 10 m² (dez metros quadrados), e mesmo pequena impressiona pelas formas e cores. Segundo o Secretário, idealizador do projeto, “a brinquedoteca foi concebida para que o público infantil possa brincar enquanto aguarda atendimento médico ou tratamento odontológico ou acompanhando os pais em consulta na unidade. Com o espaço, o conforto não é somente direcionado às crianças, mas também aos pais, que vão poder esperar o seu atendimento ou de seu filho, contando com um profissional apto monitorando as crianças”.

 

O ambiente possui uma temática lúdica com desenhos bastante coloridos, contendo bichinhos de pelúcia, livros de historinhas, lápis e papel para colorir, além de brinquedos para o entretenimento dos pequenos.

 

“A Brinquedoteca é um espaço que visa estimular as crianças a brincarem livremente, pondo em prática sua própria criatividade e aprendendo a desenvolver as atividades lúdicas, a criatividade e a imaginação. Também é um momento em que se pode avaliar o desenvolvimento, a linguagem e a interação da criança. O ambiente estará aberto para os pais gratuitamente que poderão deixar seus filhos no momento que se consultam ou para quando as crianças esperam por uma avaliação médica, onde estarão brincando com jogos educativos, carrinhos e bonecas, fazendo pinturas e desenhos, num ambiente agradável, monitorado e seguro, o que sem dúvida contribui para o aprendizado das crianças e para um melhora de saúde, se estiverem em atendimento na unidade”, acrescentou Alessandro.

 

Segundo relatado, a brinquedoteca foi construída pelos próprios funcionários e pela gestão da Secretaria de Saúde, com o apoio de parceiros e colaboradores, que se uniram na concretização da ideia. A brinquedoteca foi erguida com baixíssimo custo, aproveitando-se materiais usados, peças simples, trabalho voluntário, bem como doações de brinquedos, materiais, livros e revistas.

 

Acompanhamos a abertura do espaço nesta segunda-feira e tão logo este foi aberto, a alegria no rosto das crianças foi contagiante, muita brincadeira, contação de histórias com os monitores, pinturas e desenhos. Sem dúvida um espaço a altura do que as crianças do município merecem.

 

 

Médico Plantonista

 

O secretário Alessandro esteve no último dia 13/01 em reunião com a equipe da 5ª Regional de Saúde de Guarapuava para discutir diversos temas de interesse da população, tais como o incremento do custeio do PSF – Programa Saúde da Família, o que pode fazer com que o Município passe a receber de R$ 14 mil reais, para R$ 102 mil reais, e algumas parcerias e convênios com hospitais e unidades para otimizar e ampliar os serviços de saúde municipal.

 

“Acompanhado do prefeito Sebastião Campos, juntamente com nossa Enfermeira Coordenadora, Kellen Viviane, discutimos diversos temas, dentre eles a possibilidade de termos mais profissionais na unidade, tais como um médico plantonista atendendo em nosso Centro de Saúde até as 22 horas em regime de plantão (emergência). Esse projeto envolve vários aspectos e está em análise pela Unidade com o suporte da Regional de Saúde. Na mesma reunião foi colocado em discussão a proposta de algumas especialidades passarem a ser atendidas pela Associação Saúde de Mangueirinha (Antigo Hospital São Judas Tadeu), o que está sendo objeto de análise criteriosa pela Regional, aonde o Município é vinculado, e pela unidade de Saúde Municipal”, esclareceu o Secretário.

 

Finalizando, Alessandro, disse que já conta com 17 (dezessete) anos de experiência jurídica e administrativa na Administração Pública Municipal e Estadual, disse que busca juntamente com a equipe realizar um trabalho de cooperação e unidade nos trabalhos da Saúde Municipal, formando um elo que vai propiciar um atendimento mais dignos aos pacientes em todas as idades, primando pelo acolhimento mais humanizado da população reservense. Essa é a nossa missão, pontuou o Secretário, que se disse satisfeito com o trabalho da equipe e empolgado com o retorno que tem tido da população em relação as mudanças já ocorridas na unidade, e declarou-se entusiasmado para os novos desafios desse 2020. (Com Diário Reservense)