Reserva do Iguaçu

Reserva do Iguaçu - Secretaria de Saúde intensifica vacina da febre amarela

Reserva do Iguaçu - Secretaria de Saúde intensifica vacina da febre amarela

Devido aos recentes casos de bugios sendo encontrados mortos no interior do município de Reserva do Iguaçu, a secretaria de saúde juntamente com a vigilância sanitária está convocando a população que não se vacinou contra a febre amarela para que se dirijam até o Posto de Saúde Central para que regularizem tal situação.

 

A Febre Amarela é uma das doenças que podem ser transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, assim como a Dengue, a Chikungunya e a Zika. Os macacos são vítimas da doença assim como os humanos, e o aparecimento de macacos mortos serve de alerta, pois significa que podem ter sido picados por mosquitos infectados e contraído a doença.

 

A Secretaria de Saúde do Estado do Paraná lembra que os macacos não transmitem o vírus, e são como os humanos, vítimas, e que indicam a circulação do vírus. A febre amarela é transmitida pelo mosquito contaminado com o vírus, que pica humanos e macacos. Ao encontrar um macaco morto, é recomendado que se comunique a Secretaria de Saúde do município para que seja iniciada a investigação.

 

Um carro da secretaria de saúde juntamente com a equipe vai passar no interior do município atendendo a população. Pessoas com mais de 65 anos podem recebem a vacina somente se estiver com um atestado medico. (Com Diário Reservense)

 

 

 

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade.