Reserva do Iguaçu

Reserva do Iguaçu - Decreto autoriza a realização de celebrações religiosas desde que cumpram recomendações

Reserva do Iguaçu - Decreto autoriza a realização de celebrações religiosas desde que cumpram recomendações

O Prefeito de Reserva do Iguaçu, Sebastião Campos, liberou os cultos e as missas com presença de público que estavam proibidas desde março por causa da pandemia do novo corona vírus. O anúncio foi feito em através de decreto publicado nesta sexta-feira. Ainda não há previsão para a volta das aulas e nem do transporte escolar no município.


As atividades religiosas em igrejas, templos e afins estão autorizadas a partir desta segunda-feira (27). O decreto municipal define as regras, que incluem distância de 2 metros entre os fiéis, ocupação limitada a 40% da capacidade, e a disponibilização de locais providos com água corrente, sabonete líquido, toalhas descartáveis e lixeiras com pedal, ou, álcool em gel antisséptico a 70%, a fim de que os participantes possam fazer a assepsia das mãos. Os frequentadores também terão que usar máscaras, crianças e pessoas do grupo de risco, como idosos, não poderão frequentar esses espaços.

 

O decreto destaca ainda que as entidades religiosas somente poderão retomar suas atividades mediante a assinatura do Termo de Responsabilidade e Compromisso, com o plano específico de contingência, seguindo as regras estabelecidas pela Vigilância Sanitária.

 

A publicação enfatiza também que as igrejas realizem agendas com horários que não conflitem entre saída e entrada dos fiéis no decorrer do dia, para evitar aglomeração de pessoas.

 

O líder da congregação religiosa será o responsável, para os fins civis, penais e administrativos, em caso de descumprimento do plano de contingência assinado. (Com Diário Reservense)

 

 

 

 

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade.