Paraná

Vereador é preso suspeito de exigir parte de salários de servidores

Vereador é preso suspeito de exigir parte de salários de servidores

O Ministério Público Estadual (MP-PR) denunciou o vereador Adelar Neumann (DEM), de Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná, por crime de concussão.

 

Na denúncia apresentada à Justiça na segunda-feira (18), o promotor Carlos Dias Torres citou um segundo servidor comissionado da prefeitura que supostamente também foi indicado por Neumann e de quem o parlamentar exigia dinheiro para mantê-lo no cargo.

 

O vereador foi preso em flagrante no dia 4 em função de investigações envolvendo um servidor de quem é suspeito de ter exigido parte dos salários – o equivalente a pouco mais de R$ 2 mil – entre agosto de 2018 e janeiro de 2019.

 

Ainda de acordo com o MP, o outro funcionário entregou parte dos salários para Neumann entre outubro de 2017 e julho de 2018.

 

No total, os repasses, que incluíam parte do 13ª salário, somam cerca de R$ 37 mil, destacou o promotor.

 

Neumann, que estava preso na cadeia de Marechal Cândido Rondon, foi transferido nesta terça-feira (19) para a Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC).

 

Fonte: G1PR