Paraná

Promotor do MP descarta suposta tentativa de estupro no caso do jogador Daniel

Promotor do MP descarta suposta tentativa de estupro no caso do jogador Daniel

O caso já está aqui no Ministério Público do Paraná. Exatamente um mês após o crime, a denúncia contra os indiciados na morte do jogador Daniel Correa Freitas foi protocolada à Justiça nesta terça dia 27. Ao todo, sete pessoas serão denunciadas.

 

A novidade no processo é que entre os denunciados está Evelyn Brisola, uma das jovens que estava na casa naquela noite. Evelyn deve responder por denunciação caluniosa, por meio de falso testemunho, e por corrupção a adolescente.

 

Eduardo Purkote não será indiciado. Segundo o promotor, ele não teve participação em nenhum dos processos do crime. Já Cristiana Brittes também deve responder por homicídio qualificado, coação a testemunha e fraude processual.

 

Salles descarta uma suposta tentativa de estupro.

 

Agora ação penal, o caso segue nas mãos da Justiça, onde deve passar por uma apuração detalhada em segredo de Justiça. (Com Catve)