Paraná

Agentes penitenciários pedem que Depen faça força-tarefa para evitar que surto de sarna se espalhe em presídio

Agentes penitenciários pedem que Depen faça força-tarefa para evitar que surto de sarna se espalhe em presídio

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen) pediu ao Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen) que seja realizada uma força-tarefa na Casa de Custódia de Piraquara (CCP), na Região Metropolitana de Curitiba, para evitar que um surto de sarna se espalhe pelos funcionários e detentos do presídio.

 

Na segunda-feira (11), 52 pessoas que estavam presas na Delegacia de São José dos Pinhais foram transferidas para o CPP após o registro de vários casos de sarna na carceragem.

 

De acordo com o sindicato, agora 68 presos estão isolados em sete contêineres na Casa de Custódia de Piraquara com problemas na pele.

 

“Quando os presos chegaram, foi dada medicação aos agentes, mas esse remédio não tem ação imediata. O risco de contaminação dos trabalhadores é real e eles, além de contaminarem outros presos, podem contaminar suas famílias em casa”, afirmou o diretor do Sindarspen, Rodrigo Fontoura.

 

Os agentes reclamam que o presídio todo é atendido por uma enfermeira, e que um médico presta atendimento no local uma vez por semana. Além do deslocamento de mais profissionais de saúde para o CPP, eles também reivindicam um tratamento contínuo contra a sarna.

 

Segundo os agentes, local onde os presos estão isolados também não é adequado para o tratamento da doença. Segundo o sindicato, 100 agentes trabalham e 1,5 mil pessoas estão presas no presídio. A Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), responsável pelo Depen, afirmou que "as providências necessárias já foram adotadas". A Sesp informou que os presos que estão isolados receberam atendimento médico e são acompanhados diariamente pela equipe de saúde da unidade prisional. De acordo com a secretaria, todos os agentes e presos receberam medicação preventiva.

 

Segundo a Sesp, a Secretaria de Saúde foi informada do surto e acompanha o caso.

 

Hashtag: |