Paraná

Após ameaças online de atentado, aulas são canceladas pela UFPR

Após ameaças online de atentado, aulas são canceladas pela UFPR

Após ameaças anônimas feitas na deep web em tom discriminatório contra minorias raciais, alguns professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) decidiram por cancelar as aulas da noite desta quarta dia 10, nas sedes da instituição localizadas na Praça Santos Andrade e na Reitoria, ambas no centro de Curitiba.

 

No começo da noite, a UFPR informou que reforçou a segurança na instituição após as ameaças de atentado. De acordo com Leonardo Teixeira de Souza, estudante do 3° de Letras, o temor dos alunos sensibilizou o corpo docente. "Não foram todos os professores, mas alguns deixaram os alunos saírem pois eles não estavam se sentindo bem. Nos foi confirmada a veracidade dos posts, mas não sabe se haveria algum tipo de ataque e por isso nos deixaram sair", afirmou.

 

Outra estudante, que preferiu não se identificar, disse que os alunos receberam as ameaças via Whatsapp. "Da forma que chegou pra gente, nada foi explicado. Foi algo espantoso, e após a nota de repúdio da UFPR que confirmou a situação, ficamos ainda mais angustiados e com dúvidas", disse.

 

De acordo com a instituição, algumas outras universidades brasileiras também receberam a mensagem. "Diante disso, a universidade acionou preventivamente o setor de segurança da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), polícias Federal e Militar, bem como o Núcleo de Combate aos Cibercrimes, da Polícia Civil e, ainda, alertou os vigilantes com pedido de reforço na segurança interna. A UFPR também destacou uma equipe interna para ajudar na investigação e tenta apurar se esta ameaça veio de algum membro interno ou externo à instituição", informou a instituição em nota. (Com Banda B)