Ibema

Ibema - Município realiza leilão de bens inservíveis no dia 20

Ibema - Município realiza leilão de bens inservíveis no dia 20

A Prefeitura de Ibema realizará no dia 20 de agosto leilão de bens considerados inservíveis à administração pública municipal. O certame terá início às 9h, no Centro Cultural Indalício Margotti, ao lado da prefeitura. Os lotes serão arrematados pelo maior valor oferecido pelos participantes. Pessoas físicas e jurídicas poderão participar – exceção de menores de 18 anos não emancipados e servidores municipais.

 

Os bens levados a leilão vão ser comercializados no estado de conservação em que se encontram. De acordo com o prefeito Adelar Arrosi (PSDB), o certame fará com que o município se desfaça de itens que não lhe são úteis. Com os recursos conseguidos, a administração pública municipal fará, segundo a sua necessidade, novas aquisições de bens ao patrimônio público. Com itens novos, além de mais eficiência na realização das mais diferentes tarefas, haverá redução de custos de manutenção, ressalta o gestor.

 

Para que os participantes tenham mais segurança em dar seus lances, os bens colocados à venda poderão ser vistos em locais próximos à prefeitura. Ali, eles poderão ter acesso a informações mais detalhadas principalmente no que se refere às condições gerais do bem. Adelar Arrosi informa que não caberá, depois do arremate do item, qualquer reclamação quanto à qualidade do que foi comprado.

 

O leiloeiro do leilão de número 01/2020 será Rafael Gomes Rocha. Os documentos que o arrematante terá de credenciar junto ao leiloeiro, no ato da compra, são os seguintes: - pessoa física: CPF, documento de identidade, comprovante de emancipação (se for o caso), comprovante de pagamento da DAM ou depósito identificado da caução no valor de 2% do valor mínimo aceito para lance no lote (lotes de 1 a 6).

 

Pessoa jurídica: registro comercial, estatuto ou contrato social devidamente registrado, CNPJ, documento de identidade e credenciamento, comprovante de pagamento do DAM ou depósito da caução no valor de 2% do valor aceito para lance no lote (lotes de 1 a 6). Os documentos apresentados poderão ser os originais ou fotocópias integrais autenticadas em cartório ou por servidor da administração especialmente designado para esse fim.

 

Os bens serão vendidos à vista – pagamento no prazo máximo de dois dias subsequentes ao leilão, mediante DOC ou TED. Não haverá comissão para o leiloeiro. O processo de administração de número 51 informa que o arrematante que não pagar os bens no prazo indicado perderá o valor depositado a título de caução. O comprador terá também que transferir o veículo comprado junto ao Detran em no máximo 30 dias a contar da data de retirada. A transferência da propriedade, bem como todas as despesas de transmissão do bem, correrão por conta do arrematante.

 

Lotes

 

O leilão agendado para o dia 20 de agosto colocará à venda 14 lotes. Entre eles há veículos de passeio, caminhões, aparelhos eletroeletrônicos e móveis. O lote número 1 tem o lance mínimo mais elevado do certame. Trata-se de um caminhão Scania ano 2003 (cavalo mecânico) com valor inicial de R$ 90 mil. Os outros lotes são os seguintes: 2 – Celta 1.0 ano 2012 com valor inicial de lance de R$ 6 mil; 3 – Citroen Picasso 1.6 ano 2011 R$ 8 mil; Voyage 2013/2014 1.6 R$ 24 mil; Saveiro 1.6 2007 R$ 15 mil, e Clio 1.0 2016 R$ 21 mil.

 

O lote 7 é uma carreta tanque com valor inicial de lance de R$ 500; o de número 8 é formado por 27 carteiras escolares adulto, 23 carteiras escolares infantis, 17 cadeiras escolares adulto e 14 cadeiras escolares infantis com lance inicial de R$ 250; o lote 9 é formado por: 14 cadeiras de madeira, 12 cadeiras fixas, 19 cadeiras giratórias, 7 longarinas 3 lugares, 4 longarinas 4 lugares, 1 poltrona reclinável, 1 armário para cozinha em madeira com balcão e pia, 3 armários de aço, 1 arquivo de aço, 1 balcão em MDF 2 portas, 1 escrivaninha, 1 mesa em fórmica, 1 mesa para exames clínicos e 1 mocho odontológico. O valor inicial do lote 9 é de R$ 250.

 

O lote de número 10 é assim formado: 2 aparelhos de parabólica, 9 aparelhos de telefone, 2 batedeiras, 1 bebedouro de pressão coluna simples, 1 circulador de ar, 1 detector fetal, 1 forno elétrico, 1 forno micro-ondas, 2 liquidificadores, 1 purificador de água, 2 TVs 20 polegadas, 2 TVs 14 polegadas e 4 ventiladores. O valor inicial de lance é de R$ 250. O lote 11 tem 5 monitores, 10 CPUs, 4 notebrakes e 2 impressoras, com lance inicial de R$ 200. O lote 12 é formado por ferro velho, rodas, peças, piso tátil e sucata sem condições de identificação, com valor inicial de lance de R$ 200.

 

Já o lote de número 13 é constituído de 700 metros quadrados de lajotas sextavadas de concreto, com valor inicial de lance de R$ 3 mil. O lote 14 é integrado pelos seguintes itens: 2 pneus R14 185/60 novos, 1 pneu R14 185/70 novo, 1 pneu R14 185/65 novo. 1 pneu R14 175/70 novo, 6 pneus R15 195/60 novos, 7 pneus R15 195/55 novos, 1 pneu R15 205/65 novo, 1 pneu R16 205/55 novo, 1 pneu R16 205/55 com roda, 2 pneus R17 205/45 novos, 1 pneu R18 100/90 usado e 1 pneu R18 125/70 com roda. O valor inicial de lance do lote de número 14 é de R$ 1,5 mil.

 

 

 

Hashtag:

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade.