Brasil e Mundo

Neymar deixa treino mancando mas não preocupa, afirma CBF

Neymar deixa treino mancando mas não preocupa, afirma CBF

Dois dias depois da estreia do Brasil na Copa do Mundo da Rússia, um empate em 1 x 1 com a Suíça, Neymar voltou a treinar com a seleção brasileira, mas precisou deixar a atividade mais cedo devido a dores no tornozelo direito, nesta terça-feira, em Sochi.

 

O camisa 10 do Brasil, poupado da atividade de segunda dia 18, quando realizou sessão de fisioterapia no hotel, voltou a campo com os companheiros, participou da tradicional roda de bobinho, mas acabou saindo de campo mancando 25 minutos após o início da atividade, claramente sentindo dores no tornozelo.

 

O que seria um treino para acalmar a torcida brasileira em relação ao estado de saúde de Neymar, visto pela última vez mancando ao sair de campo em Rostov, após a decepcionante estreia do Brasil no Mundial russo, acabou virando motivo ainda maior de preocupação.

 

"É resultado da quantidades de faltas recebidas no jogo contra a Suíça. Ele ficou com dores no tornozelo, sentiu um desconforto e os médicos resolveram tirar ele para fazer mais sessões de fisioterapia", explicou Vinicius Rodrigues, assessor de imprensa da CBF, que fez questão de tranquilizar a ansiosa torcida brasileira: "Amanhã (quarta-feira) ele volta a treinar normalmente".

 

Contra os suíços, Neymar sofreu 10 faltas no duelo de estreia na Copa do Mundo, um número recorde para um jogador na primeira rodada da fase de grupos do Mundial russo.

 

Segundo a CBF, Neymar voltará normalmente a campo nesta quarta-feira para o último treino do Brasil, uma atividade fechada à imprensa. No mesmo dia, a Seleção viaja a São Petersburgo, onde enfrentará a Costa Rica pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo.