Brasil e Mundo

Grande explosão causa pânico na região portuária de Beirute, no Líbano

Grande explosão causa pânico na região portuária de Beirute, no Líbano

Uma grande explosão nesta terça dia 04, em Beirute, capital do Líbano, causou pânico e destruição na região portuária. Uma gigantesca coluna de fumaça pôde ser vista de toda a cidade, relataram testemunhas e a mídia local.

 

O incidente causou centenas de feridos e provocou pelo menos 10 mortes, segundo a agência Reuters, citando fontes dos sistemas de saúde e de segurança. Duas fontes de segurança disseram à Reuters que a explosão ocorreu na área portuária que contém armazéns.

 

A explosão abalou várias áreas da capital, quebrando janelas e portas e ferindo pessoas.

 

De acordo com a Cruz Vermelha do Líbano, centenas de pessoas ficaram feridas.

 

Os feridos estão sendo encaminhados para hospitais da cidade. Segundo a emissora local LBC, o ministro da Saúde, Hamad Hassan, disse que havia um "número muito alto" de feridos e uma grande quantidade de danos.

 

Militares brasileiros no litoral do Líbano:

A Marinha do Brasil possui uma embarcação no litoral do Líbano, mas que estava distante da capital Beirute. A cidade foi palco de uma grande explosão hoje.

 

Segundo informou a própria Marinha, a fragata independência está operando normalmente no mar, "distante do local da explosão". A Marinha do Brasil (MB) informa, com relação à explosão ocorrida em Beirute, hoje, que todos os militares componentes da Força Tarefa Marítima (UNIFIL) da MB estão bem e não há feridos", informa nota oficial da Marinha. "A Fragata Independência encontra-se operando no mar, normalmente. O navio estava distante do local onde ocorreu a explosão. (Com UOL Notícias). 

 

 

Hashtag:

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade.