Brasil e Mundo

Advogada de Marcelo Piloto foi executada por brasileiros no Paraguai

Advogada de Marcelo Piloto foi executada por brasileiros no Paraguai

O chefe de segurança pública da cidade de Pedro Juan Caballero, Teófilo Giménez, informou que a polícia do Paraguai possui a informação de que os assassinos responsáveis pela morte de Laura Casuso, advogada de narcotraficantes, são brasileiros.

 

A informação é do jornal paraguaio “ABC”. Ela atuava na defesa dos narcotraficantes Jarvis Chimenes Pavão e Marcelo Piloto.

 

Laura Casuso não tinha um colete à prova de balas e estava em uma reunião quando, ao sair do local para atendeu a um telefonema, foi abordada por um assassino que atirou diversas vezes. Oito balas atingiram o corpo da advogada. (Com Banda B)

 

 

 

 

Hashtag: |

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade.