Últimas notícias de Guaraniaçu

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estratística (IBGE) acaba de anunciar a contratação temporária de 1.152 recenseadores para o Censo Agropecuário 2017.

 

No Paraná são 174 vagas, distribuídas pelas seguintes cidades:

O Censo Agropecuário é o principal e mais completo levantamento de dados sobre a produção agropecuária, florestal e aquícola brasileira. O Censo Agro está a campo desde o dia 1º de outubro.

 

A pesquisa pretende investigar informações em cerca de 5,3 milhões de estabelecimentos agropecuários em todos os municípios brasileiros, levantando informações sobre agricultura, silvicultura, criação de animais de grande, médio e pequeno porte, aqüicultura, criação de abelhas, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários.

Guaraniaçu - IBGE realiza Censo Agropecuário a partir de Outubro

Confira outras matérias publicadas em Guaraniaçu
- 25/09/2017

A partir de outubro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai a campo para conhecer as características e a produção de todos os estabelecimentos agropecuários do território brasileiro.

 

Em Guaraniaçu serão 2042 estabelecimentos (propriedades rurais) a serem visitados. O território foi dividido em cinco setores que serão visitados por cinco recenseadores e três supervisores, contratados mediante Teste Seletivo aplicado pelo próprio IBGE.

A safra brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar 2017 com um crescimento de 30,4% em relação ao ano passado.

 

Segundo a estimativa de agosto deste ano, do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado hoje dia 12,  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o ano deve ser encerrado com uma safra de grãos de 240,9 milhões de toneladas.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai realizar um novo censo agropecuário, visando levantar a realidade econômica do município na área rural.

 

O coordenador regional do censo na região de Laranjeiras do Sul, Adison Tulio, esteve reunido com o prefeito Berto Silva, secretários municipais, vereadores, entidades de classe e imprensa para expor o trabalho e pedir o apoio para a composição da Comissão Municipal de Geografia e Estatística, que terá a atribuição de acompanhar o levantamento de dados para dar mais transparência ao processo.

Pagina 1 de 11