Últimas notícias de Reserva do Iguaçu

Reserva do Iguaçu - Alunos fazem manisfesto em colégio


Publicado por: - 16/06/2017
Foto - Diário Reservense Foto - Diário Reservense

O Manifesto aconteceu no último dia 12.

 

As reivindicações você acompanha no texto a seguir.

 

O Grêmio Estudantil do Colégio Estadual Profª Izabel F. Siqueira do Município de Reserva do Iguaçu, preocupado com a segurança dos estudantes, professores e funcionários, realizou na manhã de segunda-feira, dia 12 de junho de 2017, uma manifestação, reivindicando para a unidade escolar a agilidade na construção do muro do referido colégio, uma vez que a direção do estabelecimento fez a requisição (protocolo nº 11.615232-0) em 09/08/2012.

 

Todos estão preocupados, pois qualquer pessoa tem livre acesso ao ambiente escolar, sendo que, vândalos e delinquentes, depredam o estabelecimento, arrombam, furtam, causando diversos prejuízos; como ocorreu no dia 11/06/2017, quando um bêbado entrou no pátio da escola e quebrou vidros das janelas e da porta da entrada do saguão, totalizando dezenove vidros. Outra preocupação é com relação às pessoas com más intenções que possam adentrar nas dependências e disponibilizar arma branca ou de fogo, a qualquer aluno de qualquer turno, gerando um problema inaceitável e grave; pois no momento, estamos totalmente livres de barreiras contra os malfeitores. Enfim, não temos segurança.

 

Pais, alunos, professores, funcionários, direção, comunidade e instâncias colegiadas cobram dos governantes uma solução para a agilidade na construção do muro, que vai impedir que vândalos, animais, pessoas de má índole causem desordem e destruição ao patrimônio público, além de evitar que traficantes vendam drogas no interior do estabelecimento. Afinal, impossibilitará que qualquer pessoa alheia à escola entre e possa prejudicar o bom andamento das aulas, além de garantir a integridade física, psíquica e moral de toda comunidade escolar.

 

Ademais, temos outro problema: em dias de chuva a instituição de ensino fica alagada e a sujeira (lixo) que a comunidade deposita, ao lado do estabelecimento, acumula-se pelo interior do colégio. Outrossim, recebemos reclamações de vizinhos que relataram que muitos discentes surrupiam objetos que estão para fora das casas, sobem nas árvores e quebram os galhos, colhem frutas para jogá-las como se fossem bola e arremessam pedras nos telhados, causando prejuízos.

 

A preocupação é com o bem estar social e físico de todos os que frequentam este ambiente, sendo assim, a melhoria na infraestrutura será uma proteção. Não estamos solicitando nada além do que temos direito: “educação tem que ser prioridade máxima e segurança pública também”.

 

Veja: Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. (Redação dada Pela Emenda Constitucional nº 65, de 2010) Como a escola conseguirá salvaguardar a integridade física e psíquica de todos os membros da comunidade escolar, se ela não tem controle de quem entra e de quem sai, visto que a escola tornou-se via pública, zoológico, lixão, bar, pista de ciclismo, estábulo, “boca de fumo.” O espaço físico da escola não pode ser colocado de lado, pois tem efeito direto na motivação e desempenho dos funcionários e principalmente, na formação dos alunos.

 

Pois é … o Estado prepara, treina, orienta os Brigadistas no contexto de situações de emergência, minimizando os impactos negativos em todo ambiente escolar nos casos de possíveis incêndios ou situações de risco, procurando resguardar a integridade de todos. Agora analisem: Estamos preparados para emergências??????? Ninguém proporcionou treinamento para que possamos nos defender do assaltante, estuprador, bêbado violento, traficante, pedófilo, aliciador, vendedor de armas. É uma situação preocupante e de muita insegurança.

 

Segundo a APMF, equipe diretiva e Conselho Escolar a construção desse muro é um sonho de toda comunidade reservense e não podemos esperar que aconteçam tragédias, portanto, preveni-las, em caráter de urgência é a solução.

 

 

Grêmio Estudantil do Col. Est. Profª Izabel

 

 

44813
com_k2.item
(1 estrela, média 5.00 de 5)
Reserva do Iguaçu - Alunos fazem manisfesto em colégio5.00 out of 50 based on 1 voters.


Confira outras matérias publicadas em Reserva do Iguaçu

Veja também:

  • Reserva do Iguaçu - Dia 10 de dezembro todo mundo convidado para o 1º Cicloturismo

    A Agência de Turismo e Aventura Reserva Radical, em parceria com a prefeitura municipal de Reserva do Iguaçu promove o 1° Cicloturismo Reserva Radical.

     

    A organização convida a população em geral para o 1° evento ciclístico com passeio em pontos turísticos de nosso município.

  • Porto Barreiro - Município participa do Encontro Interestadual sobre Educação

    Nesta terça dia 24 e quarta dia 25, foi realizado, no auditório Mario de Mari, em Curitiba, o Encontro Interestadual dos Programas Cooperjovem e A União Faz a Vida.

     

    Foram mais de 800 participantes, reunindo diversos agentes da área da educação, como assessores, professores, coordenadores pedagógicos, presidentes de cooperativas e representantes de Secretarias de Educação.

  • Ibema - Município realiza a Conferência da Educação

    Professores, membros de equipes pedagógicas, comunidade escolar e moradores são convidados a participar da Conferência Municipal da Educação de Ibema. O evento vai ser realizado hoje dia 27 a partir das 13h30, na Câmara de Vereadores.

     

    O convite é reforçado pela presidente do Conselho Municipal de Educação, Cristiani de Fátima Pimentel. O tema em discussão será, Plano Municipal de Educação.

Entre para postar comentários