Últimas notícias de Quedas do Iguaçu

Quedas - Homem com mandato é flagrado pela PM


Publicado por: - 03/04/2017

A equipe da PM de Quedas do Iguaçu realizava patrulhamento por volta das 02h30min da madrugada de hoje dia 03.

 

Momento em que avistou um individuo em atitude suspeita, deste modo sendo realizado a abordagem e identificado suspeito em consulta via sistema intranet foi averiguado que o mesmo possuía um mandado de prisão em seu desfavor, este expedido pelo juízo de direito da primeira vara criminal da comarca de Chapecó­-SC.

 

Doravante o mesmo foi encaminhado a Delegacia de Policia Civil para que fossem tomadas as providencias cabíveis. (Com Iguaçu Notícias)

 

 

 

43335
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Quedas - Homem com mandato é flagrado pela PM0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Quedas do Iguaçu

Veja também:

  • Polícia prende suspeito de estuprar ex-mulher e filhas de 10 e 2 anos

    Um homem de 51 anos foi preso em Maringá, sob suspeita de estuprar a ex-mulher e as duas filhas do casal, de 10 e 2 anos. A família tinha medida protetiva da Justiça contra o homem, o que não foi suficiente para impedir a violência sexual.

     

    Conforme relato da mulher, o homem estaria drogado quando invadiu a residência da família, mas outros abusos teriam ocorrido antes da separação do casal sem que ele estivesse sob efeito de drogas.

  • Pinhão - Duas motos são furtadas na Vila Caldas

    No sábado dia 12,o senhor D.A.S entrou em contato via celular da viatura Policial da equipe de plantão do 4º Pelotão de Polícia Milita.

     

    Relatando que chegou a sua residência no bairro Vila Caldas e encontrou o portão da residência aberto.

  • Homem retira mais de R$ 1 milhão de vítimas em golpe, diz Polícia

    O homem foi preso na terça dia 15, pela Polícia Civil, suspeito de praticar golpe de mais de R$ 1 milhão em Cascavel.

     

    Ele foi abordado por policiais civis em uma barbearia no Bairro Claudete. Ele é suspeito de comprar veículos com cheques em nomes falsos, fazer contatos em cartórios, também em nome falso, e consumir os bens. As vítimas então percebiam que o cheque não era em nome do comprador e aí sim, suspeitavam do golpe. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.