Últimas notícias de Quedas do Iguaçu

Quedas - Prefeitura pretende congelar gastos e suspender pagamentos


Publicado por: - 03/01/2017

A Prefeita Marlene Revers vai suspender por 180 dias o pagamento de despesas realizadas no ano passado e pelo pronunciamento feito no dia da posse, vai também suspender a criação de novos gastos.

 

As medidas, segundo ela  são necessárias para que seja avaliada a situação financeira da prefeitura de Quedas do Iguaçu.

 

Em seu primeiro ato como prefeita de Quedas do Iguaçu, Marlene assinou o Decreto Nº 261/2017 declarando estado de emergência financeira e determinando moratória da dívida do município.

 

Marlene considera que a gestão anterior não cumpriu com a Lei de Responsabilidade Fiscal e o artigo 67 da Lei Orgânica do Município, além disso, na justificativa, a mesma atribui o elevado saldo devedor das contas públicas municipais (em 3 milhões de reais) aproximadamente segundo o levantamento prévio das notas de empenho e a necessidade de ajustes  para equilíbrio das receitas.

 

O decreto considera  inda a necessidade de uma análise financeira minuciosa da procedência e veracidade das dividas empenhadas e apresentadas ao departamento financeiro. O decreto declara estado de emergência financeira no âmbito do município de Quedas do Iguaçu.

 

O decreto irá vigorar por um período de 180 dias, devido as instabilidades financeiras vivenciadas pelo município nos últimos meses. No seu primeiro dia útil de governo a prefeita reuniu os assessores e futuros secretários que ainda serão nomeados, a exemplo da  Secretária de Saúde, Sandra Signori, da Educação Janice Barbieri que recebe das mãos do ex-secretário Idimir Kozak a pasta com todos os dados e informações das atividades da secretaria.

 

 

Secretários da gestão de Marlene:

 

Secretário de Administração e Planejamento: VITÓRIO REVERS;

Secretário de Saúde: SANDRA SIGNORI;

Secretario da Educação: JANICE BARBIERI;

Secretário de Agricultura: LADISLAU STACHELSKI;

Secretário de Assistência Social: JOIRA ZGODA;

Secretário dos Transportes: LEONILDO DALBOSCO. 

 

 

 

 

 

Por Carlos Lins

 

 

 

41158
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Quedas - Prefeitura pretende congelar gastos e suspender pagamentos0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Quedas do Iguaçu

Veja também:

  • Quedas - Aniversário da Chákra Belusso - 18.06.17

    No domingo dia 18, a Chákra Belusso, em Quedas do Iguaçu promoveu uma grande festa para comemorar mais um aniversário.

     

    E trouxe um super presente para todo mundo.

  • Laranjeiras - Prefeitura e Cohapar entregam casas a 21 famílias de pequenos agricultores

    Nesta sexta dia 23, a Prefeitura de Laranjeiras do Sul entrega 21 unidades habitacionais construídas em pequenas propriedades rurais do município por meio de uma parceria com a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar).

     

    O investimento é de R$ 672 mil. As casas têm de 47 m² e foram edificadas através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), cujo objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas que nasceram, vivem e trabalham no campo.

  • Quedas - Município deve receber 44 % do repasse de compensação

    A Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidrelétricas e Alagados (AMUSUH), e a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Municípios estiveram reunidos com prefeitos e autoridades na mobilização junto aos líderes de partidos, representantes de governo, presidente do Senado Federal, e o relator da matéria e da Casa Civil.

     

    O encontro iniciou ontem e encerrou na quinta dia 22.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.