Últimas notícias no Brasil e no Mundo

Réu em 5 processos, Lula diz que será candidato outra vez 'se necessário'


Publicado por: - 11/01/2017

Apesar de não ter sido lançado oficialmente como pré-candidato do PT à Presidência da República nas eleições de 2018, lideranças do partido e do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) que participam do 29º Encontro Estadual do MST nesta quarta dia 11, em Salvador, afirmaram que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é "candidato permanente".

 

Em discurso, o próprio Lula disse que "se for necessário" vai ser candidato outra vez.

 

"Se preparem, porque, se for necessário, vou ser candidato outra vez [em 2018]. Não para disputar, mas para ganhar e recuperar a autoestima desse país, a economia, a credibilidade", afirmou em seu primeiro ato público de 2017.

 

Durante sua fala, Lula era interrompido pelo público com o grito "Brasil pra frente, Lula presidente".

 

Líder em todos os cenários de primeiro turno para 2018 em pesquisa Datafolha realizada em dezembro do ano passado, o ex-presidente é réu em cinco ações na Justiça, sendo três no âmbito da Operação Lava Jato. 

 

Lula também acusou o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância, de ter participação no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que ele classificou de golpe.

 

"A bancada do PT tem a obrigação de investigar a participação do governo americano no golpe, em parceria com Moro. O Brasil é independente há 500 anos e não vamos aceitar interferências estrangeiras", disse. "Eles não estão apenas tentando me criminalizar, mas criminalizar meu governo", declarou.

 

Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo no jornal "Folha de S. Paulo", o PT tem esperança de que o STF (Supremo Tribunal Federal) garanta a Lula o direito de disputar a eleição presidencial de 2018, ainda que ele vire ficha suja, caso seja condenado em segunda instância.

 

O ex-presidente afirmou ainda que vai percorrer o Brasil para recuperar a imagem do PT. "Eu não vou desonrar minha mãe, pois ela me ensinou a nunca pegar nada de ninguém. Eu ando de cabeça erguida", acrescentou.

 

Na quinta dia 12, Lula vai a Brasília para participar do Congresso Nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação. (Com UOL)

 

 

 

41458
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Réu em 5 processos, Lula diz que será candidato outra vez 'se necessário'0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Notícias no Brasil e no Mundo
Mais sobre

Veja também:

  • Moro bloqueia bens e contas bancárias de Lula após condenação

    o juiz Sérgio Moro ordenou o bloqueio de contas e propriedades do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, complicando ainda mais a sua situação, depois de tê-lo condenado a nove anos e meio de prisão por corrupção. 

     

    A notícia sobre o bloqueio de ativos foi publicada nesta quarta-feira, véspera de uma mobilização convocada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e grupos afins em apoio ao ex-presidente, que pode ter ameaçada a sua eventual candidatura às eleições de outubro de 2018.

  • Após condenação de Lula, Marina se apresenta como candidata

    No dia seguinte à condenação do ex-presidente Lula, Marina Silva chamou líderes da Rede no Congresso para uma conversa sobre 2018.

     

    Até então enigmática sobre sua disposição em concorrer ao Planalto, deu sinais de que decidiu entrar no páreo.

  • Lula é condenado por Moro em primeiro processo na Lava Jato

    O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou a nove anos e seis meses prisão nesta quarta dia 12, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

     

    O petista era acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, crimes nos quais estaria envolvido um apartamento tríplex no Guarujá (SP).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.