Últimas notícias de Três Barras do Paraná

Três Barras - Médico acusado de negligência pede indenização a família


Publicado por: - 14/12/2016

Acusado por negligência, o médico Osmar Adão Filus de Três Barras do Paraná, participou ontem dia 13, da primeira audiência pública de conciliação.

 

Ele pediu indenização por danos morais no valor de R$ 35 mil reais à família de Daniel Pavan.

 

A audiência  aconteceu no Fórum da Comarca de Catanduvas e acabou sem acordos. O processo agora segue para a próxima etapa, marcada para o dia 3 de março de 2017.

 

Cada parte deverá apresentar testemunhas para convencer a justiça.

 

O caso aconteceu no início do ano, quando Daniel Pavan sofreu um acidente e alegou que o médico negligenciou os procedimentos durante o atendimento. 

 

No início da audiência a esposa do médico tentou barrar a nossa equipe de acompanhar o processo. O pedido de impedimento não foi acatado pelo juiz.

 

O advogado de defesa do médico não quis se pronunciar, enquanto a advogada da família disse acreditar na justiça e que em breve a negligência será comprovada, uma vez que Daniel, ganhou alta na época mesmo tento sangramentos internos comprovados em laudo médico. (Com Click3)

 

 

 

 

40552
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Três Barras - Médico acusado de negligência pede indenização a família0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Três Barras do Paraná

Veja também:

  • Acusado de estuprar filhas e sobrinha é preso em flagrante

    Um homem de 49 anos foi preso na noite de ontem dia 31, no Bairro Aero Rancho, região sul de Campo Grande (MS), suspeito de estuprar as filhas e a sobrinha de 12 anos.

     

    O autor foi denunciado por uma das filhas de 19 anos que o flagrou abusando da prima, em uma casa no Jardim Carioca.

  • Polícia prende falso médico que ganhava quase R$ 50 mil por mês

    Um homem de 32 anos foi preso por se passar por médico e atuar na área durante dois anos, com nome e registro profissional de outra pessoa, em Maringá, no Paraná. Segundo a Polícia Civil, o falso médico tinha salário mensal de quase R$ 50 mil.

     

    Conforme investigação da Seção de Furtos e Roubos, o caso veio à tona após uma denúncia da própria empresa que contratou o rapaz.  A direção da empresa descobriu que Denis Wilian Fraquetta usava registro de outro médico. Ele foi contratado em 2015 pela administradora que fica em Maringá e presta serviço aos municípios de Altônia, Bom Sucesso e São Jorge do Patrocínio.

  • Três Barras - 30 pessoas são detidas em rinha de galos

    Equipes da Polícia Militar Ambiental fecharam uma rinha de galo na tarde de sábado dia 28, na cidade de Três Barras do Paraná, durante a Operação Natura Criminibus. Ao todo, 30 pessoas foram presas.

     

    O local era investigado pelo Serviço Reservado da PMA. No local, os policiais constataram que eram realizadas brigas ilegais de galos. Pessoas que estavam no local foram presas em flagrante.

Entre para postar comentários