Últimas notícias de Rio Bonito do Iguaçu

Rio Bonito - Assistência Social está cadastrando famílias acampadas para inclusão em programas do Governo Federal


Publicado por: - 09/05/2017

Lideranças dos acampamentos localizados em Rio Bonito do Iguaçu solicitaram junto ao Governo Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, o cadastro das famílias para obtenção do Número de Identificação Social (NIS), qual sejam inclusos na base de dados do município.

 

O principal objetivo do cadastramento é pleitear junto ao Incra a propriedade das terras onde residem, além de outros benefícios sociais.

 

Desde a semana passada, a equipe do assistente social Cleverson Ultchak está visitando os acampamentos coletando os dados dos moradores.

 

“Muitas pessoas que residem nos acampamentos não tem condições de virem à cidade para realizarem o cadastramento, pois tem de ficar o dia todo aguardando e algumas de extrema baixa renda, ficam até sem se alimentar. Agora estamos indo próximo a elas para coletar esses dados”, explica Ultchak.

 

A finalidade do cadastramento é obter o NIS para que as famílias também sejam beneficiadas pelos programas sociais do Governo Federal – como o Bolsa Família.

 

De acordo com Ultchak, algumas famílias que vivem nos acampamentos já recebem o benefício.

 

São cerca de 500 famílias que estão fora da base de dados junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e agora passarão a serem cadastradas.

 

A maioria delas é residente no acampamento Herdeiros da Terra, qual é subdivido entre as comunidades de Lambari, Guajuvira e Alojamento.

 

O trabalho de cadastramento durará cerca de 3 meses.

 

“São pessoas que vieram de longe, muitas do norte e do nordeste do Brasil e que não possuem algum tipo de dado junto aos programas sociais.

 

Toda semana nas segundas, quartas e sextas nós procuramos ir até as comunidades para realizar esse trabalho em busca da dignidade dessas famílias”, salienta o assistente social Cleverson Ultchak.

 

 

 

 

Por Assessoria

 

 

 

43969
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Rio Bonito - Assistência Social está cadastrando famílias acampadas para inclusão em programas do Governo Federal0 out of 50 based on 0 voters.


Veja também:

  • Rio Bonito - “Salvando Vidas”. Saúde pela primeira vez promove coleta de sangue no próprio município

    Na terça dia 31, aconteceu pela primeira vez na história de  Rio Bonito do Iguaçu a campanha e coleta de sangue através do Hemocentro de Guarapuava. Na região, a coleta descentralizada só ocorria em Laranjeiras do Sul. 

     

    Com a presença da secretária municipal de Saúde, Keullin Oliboni e do diretor do Hemocentro de Guarapuava, Fernando José Guiné e do diretor da  5ª Regional de Saúde, Marcos Brunsfeld, a estimativa é que 60 bolsas de sangue sejam preenchidas com a doação em grande parte do tipo "O" universal, uma peculariedade da população local, de acordo com o diretor do hemocentro.

  • Rio Bonito - Alojamento é incendiado e PM é acionada

    O senhor G.L.S., acionou a Policia Militar reatando que foi ateado fogo em um barraco de sua propriedade no acampamento Alojamento de Rio Bonito do Iguaçu.

     

    No local, queimou os seguintes itens: 1 colchão solteiro, 03 cobertores, 01 lençol, 01 cama, 01 ventilador, 01 térmica, 01 cuia, 01 bomba, 01 suporte, 02 toalhas de banho, 03 calças, 01 par de botinas, 01 par de chinelo, 02 travesseiros, 01 sofá, 01 aparelho televisor, 01 geladeira, 01 fogão, 01 cama com colchão, 01 botijão e 01 pia.

  • Rio Bonito - Cadeirante agride a neta e a amasia com pedaço de madeira

    Na tarde desta terça dia 31, compareceu no destacamento policial de Rio Bonito do Iguaçu, a senhora A.L.S., a qual relatou que na segunda dia 30, por volta das 11h00, o seu amásio, P.V.S., o qual agrediu sua neta com um pedaço de madeira, que ela tentou impedir a agressão contra sua neta, quando seu amásio ainda de posse do pedaço de madeira, desferiu golpes em sua mão e um soco em seu peito.

     

    Relatou ainda que seu amásio é cadeirante e já lhe agrediu outras vezes.

Entre para postar comentários