Últimas notícias de Palmital

Palmital - Projeto dos professores de artes do Governo do Paraná vistam Aterro Sanitário


Publicado por: - 13/06/2017

A Secretária de Meio Ambiente acompanha professores públicos do Estado do Paraná em visita guiada ao aterro sanitário.

 

Os professores que visitaram o aterro são professores de artes de colégios estaduais das cidades de Palmital, Santa Maria do Oeste e Laranjal e estão participando do programa formação em ação que neste projeto estuda artes visuais e sustentabilidade.

 

O objetivo da visita é conhecer a destinação final dos resíduos sólidos e o impacto ambiental gerado por eles.

 

Segundo a professora Juçara Padilha técnica pedagógica de artes do NRE Pitanga “Iremos usar o conhecimento adquirido para sensibilizar os alunos e utilizaremos a arte como  ferramenta para sensibiliza-los para a busca da sustentabilidade ambiental”.

 

 

 

 

Por Assessoria

 

 

 

 

 

44734
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Palmital - Projeto dos professores de artes do Governo do Paraná vistam Aterro Sanitário0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Palmital

Veja também:

  • Cadeia do norte do Paraná tem ar condicionado nas celas

    As celas da cadeia de Marilândia do Sul, no norte do Paraná, têm um diferencial em relação a outras unidade carcerárias da região: ar condicionado.

     

    A instalação dos aparelhos teve apoio de várias entidades do município que desejam reduzir o risco de fugas e rebeliões.

  • Investimentos em aeroportos regionais chegam a R$ 38 milhões

    Os aeroportos regionais paranaenses receberam, desde 2011, R$ 38 milhões em recursos para a contratação de estudos e obras de infraestrutura e aumento de capacidade.

     

    Os valores consideram investimentos já consolidados ou em andamento, viabilizados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística.

  • Paraná gerou 25 mil empregos de janeiro a agosto

    O Paraná gerou 25.270 empregos com carteira assinada de janeiro a agosto desse ano, mostram dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta dia, pelo Ministério do Trabalho.

     

    Em agosto, a diferença entre admissões e demissões ficou positiva em 1.180 postos de trabalho. Foi o maior saldo desde agosto de 2014, quando o resultado havia sido de 5.532 empregos.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.