Últimas notícias de Ibema

Ibema - Adelar Arrosi lança Operação Faxina no município


Publicado por: - 05/01/2017

Os primeiros pontos da Operação Faxina, lançada no domingo durante a posse de Adelar Arrosi para a sua terceira gestão, já começam a ser colocados em prática em Ibema.

 

Um dos objetivos centrais é recuperar o município moral, ética e financeiramente.

 

As medidas, que contemplam enxugamento da máquina e ajustes em toda a estrutura pública, é o início de um trabalho para resgatar a imagem e fortalecer a economia e a qualidade de vida no município.

 

Conforme Arrosi, eleito pelo PSDB, Ibema enfrentou de 2005 a 2016 um modelo de gestão que não deu certo. “É hora de juntar os escombros e reconstruir a nossa cidade”, afirma ele. Para que o trabalho ocorra e as metas propostas sejam alcançadas, o gestor quer a colaboração dos moradores, da equipe e dos servidores. A tarefa não será fácil. Os desafios serão muitos”, admite o tucano. Um dos primeiros pontos nevrálgicos a ser enfrentado é o número excessivo de servidores. São 220, ou 3,7% da população.

 

A estrutura seria suficiente para um município com 16 mil e não com seis mil habitantes, como é o caso de Ibema. Com o excesso, a folha de pagamentos, até o fim de dezembro de 2016, exigia 54% da receita pública, acima do limite prudencial de 51,3%. O enxugamento é necessário para que a administração tenha recursos a áreas fundamentais. A meta de Arrosi é de contar com no máximo 110 servidores, ou 1,5% do total de habitantes, com teto da folha em 40% da arrecadação.

 

 

Ajustes

 

A reorganização da ocupação do solo urbano é outro compromisso do peessedebista. Há vários problemas devido a não observação da lei, como casas fora de padrões mínimos e sem projetos. Há moradias construídas em áreas de fundo de vale e de nascentes. “Serei implacável na defesa do interesse coletivo”, afirma o prefeito. Além de servidores em excesso, Ibema mantém estrutura pública para um município três vezes maior. São dois postos de saúde, duas escolas e dois centros infantis. Mudanças são necessárias, conforme Arrosi.

 

Há casos de salas com poucos alunos e estruturas com excesso de funcionários. Saúde, educação, qualidade de vida, esportes e fortalecimento econômico estão entre as prioridades do novo gestor público. O campo também será tratado com respeito e resolutividade. O prefeito quer a colaboração dos servidores e cultivará relação de respeito e harmonia com a Câmara. A Operação Faxina se estenderá pelos cem primeiros dias da gestão. Depois, será realizada audiência pública para ouvir e receber sugestões da comunidade. 

 

 

 

 

Por assessoria

 

 

 

41256
com_k2.item
(6 estrelas, média 2.17 de 5)
Ibema - Adelar Arrosi lança Operação Faxina no município2.17 out of 50 based on 6 voters.


Confira outras matérias publicadas em Ibema
Mais sobre

Veja também:

  • Ibema - Com mesa na recepção, Arrosi ouve moradores

    Prefeito Adelar Arrosi recebe moradores no saguão da prefeitura: diálogo franco.

     

    Desde o primeiro dia da nova gestão, o gabinete do prefeito Adelar Arrosi (PSDB) funciona na recepção da Prefeitura de Ibema.

  • Pinhão - Prefeito oficializa cobrança do transporte de universitários

    O prefeito Odir Gotardo (PT) definiu na noite dessa terça dia 17, em reunião com vereadores e estudantes universitários, que o município irá cobrar o transporte dos acadêmicos que se deslocam para outras cidades para estudar.

     

    Na avaliação do prefeito, o transporte gratuito está onerando os cofres municipais e os recursos destinados aos universitários devem ser direcionados a outros setores.

  • Rio Bonito - Prefeito recebe garantia de emenda parlamentar

    O prefeito de Rio Bonito do Iguaçu, Ademir Fagundes, o Gaúcho, esteve com o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, deputado Artagão Júnior, nesta terça dia 17, oportunidade em que recebeu o cardápio de sugestões para aplicação de recursos via emenda.

     

    O município poderá investir R$ 250 mil, através de emenda do deputado Artagão Júnior ao Orçamento do Estado.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.