Últimas notícias de Catanduvas

Catanduvas - Prefeitura emite nota sobre polêmica pesquisa para extração de xisto


Publicado por: - 02/12/2016

A Assessora de Imprensa do Município de Catanduvas- PR (Kelen Cristini de Oliveira) entrou em contato com o Portal Cantu.

 

Segundo a assessora, o contato era para "restabelecer a verdade quanto à matéria de que em nossa cidade estaria iniciando os trabalhos para extração do Gás de Xisto."

 

Acompanhe na íntegra as informações repassadas por Kellen Cristini.

 

Ocorre que, a empresa Global Geophysical Services que por aqui passa, ganhou por meio de leilão, da ANP (Agência Nacional do Petróleo) o trabalho de pesquisa do subsolo brasileiro. Este bloco abrange, sul de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, chegando ao Uruguai.

 

Este contrato entre Global Geophysical Services e ANP é a nível Federal, ou seja, todos os trâmites legais, licenças e autorizações pertinentes para a execução das pesquisas, já foram todas averiguadas quando da conquista do leilão, portanto, no momento, visam tão somente à execução da pesquisa e não da extração.

 

Esta pesquisa consiste no trabalho de Vibrações Sísmicas de Reflexão Bidimensional Terrestre, utilizando a tecnologia caminhões “Vibroseis”.

 

A equipe que está passando por Catanduvas, já esteve em outros municípios como Três Barras do PR, Salto do Lontra, Nova Prata, Santa Izabel do Oeste, Realeza, Ampére dentre outros. E a sede destes 90 funcionários que trabalham nesta execução, atualmente fica em Dois Vizinhos.

 

A representante da empresa Global Geophysical Services a geofísica Ariani Batisti e os representantes da ANP, os geólogos Carlos Mikael Batista e Gabriel Bastos gentilmente expuseram num primeiro momento para o Secretariado do Município, como o trabalho se daria, haja vista que, trabalham em todas as Rodovias Federais e Estaduais, independente se estas passam dentro das cidades. No entanto, respeitando a reserva de vibrações de 15 kms antes e depois da área urbana dos municípios.

 

Posteriormente, a pedido da Prefeitura, se dirigiram à Câmara Municipal explanar para a população a respeito, pois esta estaria assustada com a técnica utilizada (Vibroseis) e demais componentes.

 

Mesmo com toda a demonstração de desagrado dos munícipes em ver a execução da pesquisa em nossa região, continuam-se os trabalhos, tendo em vista que, ambas, Global Geophysical Services e ANP possuem autorização do Governo Federal para realizarem estudos.

 

O detentor do subsolo é a União, portanto, a pesquisa pode ocorrer onde houver interesse, pois há respaldo legal.

 

Segundo a Geofísica senhorita Ariani Batisti, esta equipe seguirá até Foz do Iguaçú. 

 

Ocorrendo maiores dúvidas, no site da ANP constará maiores e detalhadas informações. 

 

 

 

40208
com_k2.item
(5 estrelas, média 2.00 de 5)
Catanduvas - Prefeitura emite nota sobre polêmica pesquisa para extração de xisto2.00 out of 50 based on 5 voters.


Confira outras matérias publicadas em Catanduvas

Veja também:

  • Catanduvas - Sanepar realiza encontro no município

    Aconteceu na data de ontem dia 23, no Centro Cultural o encontro denominado “Comunidade Sanepar”, este encontro teve como finalidade falar dos serviços, tarifas e programas de investimento da Sanepar.

     

    Quem conduziu o encontro foi a Gerente Regional da Sanepar Rita Ivone Camana, depois de sua fala deixou aberto a comunidade presente para que realizassem perguntas e dúvidas.

  • Catanduvas - Prefeito entrega premiação para estudante vencedora do Concurso de Redação

    Na tarde de terça dia 23, O Prefeito Moisés de Souza recebeu em seu gabinete os alunos da turma do 5º ano da Escola Municipal Maria Mayer.

     

    Os alunos vieram acompanhando a colega Samara Aguiar da Silva, a qual não pode estar presente dia 18, dia da mobilização Municipal contra o abuso e exploração sexual infantil.

  • Catanduvas - Cidade tem tarde recreativa no Dia Nacional de Combate a Exploração de Crianças e Adolescentes

    Devido ao mal tempo a passeata que iria acontecer foi canelada.

     

    Mas dando continuidade à “mobilização Municipal Contra o Abuso e a exploração sexual infantil”, marcando o dia 18 de maio, dia Nacional contra a violência e exploração sexual infantil, aconteceu uma divertida tarde recreativa.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.