Últimas notícias de Candói

Candói - Três adolescentes de Foz do Jordão morrem afogados e mais dois ainda estão desaparecidos


Publicado por: - 26/12/2016

Cinco adolescentes, residentes em Foz do Jordão, podem ter morrido afogados enquanto nadavam na região do alagado, nas proximidades da BR 373, em Candói.

 

O Corpo de Bombeiros de Candói e de Guarapuava foi acionado por volta das 21 horas desta segunda dia 26, para atender a ocorrência.

 

Três corpos foram retirados da água já sem vida e outros dois continuam desaparecidos. As buscas devem ser reiniciadas pela manhã desta terça dia 27.

 

As vítimas são todas adolescentes, sendo dois rapazes e três moças.

 

O Instituto Médico Legal de Guarapuava (IML) foi acionado para recolher os três corpos já retirados da água.

 

Os nomes somente serão divulgados após confirmação oficial. (Com RSN)

 

 

 

40925
com_k2.item
(1 estrela, média 4.00 de 5)
Candói - Três adolescentes de Foz do Jordão morrem afogados e mais dois ainda estão desaparecidos4.00 out of 50 based on 1 voters.


Confira outras matérias publicadas em Candói

Veja também:

  • Candói - Município é contemplado com material esportivo

    O município de Candói foi contemplado com o material esportivo do Governo do Paraná, através do programa “Paraná mais Esporte”, que é coordenado pela secretaria de Esporte e Turismo.

     

    A entrega do material foi feita em Guarapuava com a presença do secretário estadual Douglas Fabrício e lideranças políticas que representam o Esporte de mais 30 cidades da região.

  • Grave acidente deixa quatro pessoas feridas na PR-483

    Um grave acidente na madrugada deste sábado dia 25, deixou quatro pessoas feridas.

     

    O acidente aconteceu por volta das 04h20 na rodovia PR-483, entre o trevo da Água Branca e o trevo do bairro Alvorada, em Francisco Beltrão.

  • Candói - Polícia apreende equipamento de som no Sol Nascente

    Na noite desta sexta dia 24, a Polícia Militar atuou apreendendo um aparelho de som no conjunto habitacional Sol Poente.

     

    Após várias denúncias pelo serviço 190, a PM foi até o local, onde constatou o fato.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.