Últimas notícias policiais na região da Cantu

Cantagalo - Fazendeiro fica ausente e ao retornar sente a falta de 39 cabeças de gado


Publicado por: - 18/05/2017

Compareceu no destacamento da Policia Militar de Cantagalo, o sr. Alfonso José Alberti relatando que ele cria gados em uma propriedade arrendada próximo ao CTG Jacob Fritz, na estrada de acesso ao Rio Divisa.

 

Ele contou a Policia que saiu da propriedade no sábado dia 13 de maio e ao retornar ontem estavam faltando 39 cabeças de gado. Como Alfonso não estava na propriedade não sabe dizer quando foi o furto e nem desconfia quem roubou.

 

Os animais tem a identificação AF, quem tiver alguma informação entrar em contato com a Policia Militar através do 190.

 

 

44210
com_k2.item
(2 estrelas, média 4.50 de 5)
Cantagalo - Fazendeiro fica ausente e ao retornar sente a falta de 39 cabeças de gado4.50 out of 50 based on 2 voters.


Confira outras matérias publicadas em Plantão Policial

Veja também:

  • Laranjeiras - Moradora se ausenta e casa é alvo de ladrões

    A equipe da Polícia Militar deslocou até o bairro bancários onde segundo a solicitante sra. A.M., nesta terça dia 31, ela saiu para trabalhar de manhã e quando voltou para o almoço encontrou a janela da casa arrombada.

     

    Segundo ela, sentiu falta de um celular de marca Lenovo Vibe B dourado.

  • Virmond - Trabalhador deixa a moto por alguns minutos na rua e ela é roubada

    Na tarde desta terça dia 31, compareceu no destacamento policial de Virmond o proprietário de uma motocicleta Honda CG 125 placa MBW 8504 de cor prata, relatando que sua motocicleta havia sido furtada.

     

    A vitima estava passando defensivos agrícolas em uma plantação e que havia deixado sua motocicleta à beira da rua, com chave e capacete vermelho e viu quando os ladrões furtaram a moto, porém estaria muito distante do local.

  • Polícia prende falso médico que ganhava quase R$ 50 mil por mês

    Um homem de 32 anos foi preso por se passar por médico e atuar na área durante dois anos, com nome e registro profissional de outra pessoa, em Maringá, no Paraná. Segundo a Polícia Civil, o falso médico tinha salário mensal de quase R$ 50 mil.

     

    Conforme investigação da Seção de Furtos e Roubos, o caso veio à tona após uma denúncia da própria empresa que contratou o rapaz.  A direção da empresa descobriu que Denis Wilian Fraquetta usava registro de outro médico. Ele foi contratado em 2015 pela administradora que fica em Maringá e presta serviço aos municípios de Altônia, Bom Sucesso e São Jorge do Patrocínio.

Entre para postar comentários