Últimas notícias policiais na região da Cantu

Nova Laranjeiras - Suspeito de matar estudante uruguaia em Foz do Iguaçu é preso no município


Publicado por: - 17/03/2014
Foto - Polícia Civil via Rádio Educadora Foto - Polícia Civil via Rádio Educadora

Jeferson Gonçalves foi preso em Nova laranjeiras depois de estar sendo procurado pela polícia de todo o Estado.

 

Ele é acusado de ter matado a estudante no último dia 03 em Foz do Iguaçu

 

A Polícia Militar do Paraná prendeu no último sábado dia 15, o suspeito de assassinar a universitária Martina Piazza. A estudante uruguaia foi morta no dia 3 de março, em Foz do Iguaçu. De acordo com informações da PM, Jeferson Diego Gonçalves, de 30 anos, estava em  Nova Laranjeiras, a 260 km do local do crime.

 

 

De acordo com as investigações da polícia, a universitária uruguaia Martina Piazza foi morta no apartamento de amigos que estavam em viagem, e o corpo foi encontrado três dias depois. Ela estava cuidando do imóvel. Imagens do circuito interno de segurança mostram o momento em que ela e Jeferson sobem as escadas do prédio, por volta das 04 horas da manhã, em direção ao apartamento. Quase uma hora depois, Jeferson desce sozinho, com a chave do imóvel na mão. Segundo o laudo do Instituto Médico-Legal (IML), a estudante de 26 anos morreu em decorrência de asfixia mecânica provocada por “estrangulamento e enforcamento por fio elétrico”. Ela era estudante do curso de Antropologia e Diversidade Cultural Latino-Americana da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

 

O suspeito foi abordado enquanto caminhava pela marginal da BR-277 no município de Nova Laranjeiras. “Ele estava a pé, se comportando de maneira acuada, o que chamou a atenção dos policiais que estavam passando pela marginal da rodovia. Ele foi abordado e disse que estava indo a pé até Paranaguá, no litoral do estado, pagar uma promessa. Checamos o sistema de informações e percebemos que se tratava do suspeito de matar a universitária em Foz. Ele nem reagiu à prisão,” disse ao ao site de notícias G1 o comandante da PM, Adão Cecílio. (Com informações da Polícia MIlitar, Agência e G1)

 

 

 

11001
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Nova Laranjeiras - Suspeito de matar estudante uruguaia em Foz do Iguaçu é preso no município0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Plantão Policial

Veja também:

  • Nova Laranjeiras - Administração Incentiva Musica nas Escolas através da Banda Municipal

    Na ultima quarta dia 18, A Administração Municipal através do secretario de Cultura Esporte e Turismo do Município de Nova Laranjeiras, Odair Jose Oliveira, Juntamente com o Diretor de Cultura Municipal Zequinha, estiveram na Aldeia Indígena Rio das Cobras, na Comunidade trevo.

     

    Onde esta localizado o Colégio Estadual Indígena, Professor Candoca Tãnhprág Fidencio, foi firmado uma parceria entre Secretaria e Colégio, com o objetivo de disponibilizar a Banda Municipal, para que alunos do referido Colégio tenham acesso ao aprendizado, contando com a disponibilidade do Maestro Michel, que é o Professor de Musica da banda Municipal.

  • Nova Laranjeiras - Academias ao ar livre serão instaladas no município

    Nesta quarta dia 18, o Prefeito Lineu Gomes, juntamente com o Secretario de Administração Ademar Tessaro e a Vereadora Erna Muller, estiveram em Curitiba onde acompanhados da Deputada Cristina Silvestri e também da Deputada Claudia Pereira, estiveram no Palácio Iguaçu, juntamente com prefeitos de outros 12 Municípios que vão receber recursos para instalarem academias ao ar livre.

     

    Para o Município de Nova Laranjeiras, serão três academias, sendo que duas são liberadas através de emenda da Deputada Cristina Silvestri que atende uma solicitação da Vereadora Erna Muller e as academias serão instaladas, nas comunidades de Guaraí e Rio da Prata.

  • Refém libertado denuncia assassinato da filha e estupro da esposa

    O canadense Joshua Boyle, refém libertado ao lado da família no Paquistão após cinco anos de cativeiro no Afeganistão, afirmou ao retornar a seu país na sexta à noite que os sequestradores da rede Haqqani, ligada aos talibãs, mataram sua filha e estupraram sua esposa.

     

    "A estupidez e a maldade da Haqqani ao sequestrar um peregrino e sua esposa grávida, que viajavam para ajudar os moradores nas regiões controladas pelos talibãs no Afeganistão, só foram obscurecidas pela estupidez e a maldade ao autorizar o assassinato de minha filha, mártir Boyle, em retaliação à minha recusa reiterada em aceitar uma oferta que os criminosos da rede Haqqani fizeram", declarou Joshua Boyle.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.