Últimas notícias de todo estado do Paraná

Varejo paranaense dá sinais de recuperação


Publicado por: - 12/07/2017

O varejo paranaense começa a dar sinais de recuperação. A Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) de maio mostra que as vendas aumentaram 1,12% na comparação com o mesmo do ano anterior (maio/2016).

 

Este é o primeiro mês com resultado positivo do ano.

 

Em relação a abril houve alta de 5,96%, motivada principalmente pelo Dia das Mães, tanto que os setores com as maiores variações mensais foram aqueles relacionados aos presentes mais comuns para a data: calçados (22,75%), óticas, cine-foto-som (22,62%), vestuário e tecidos (14,42%) e livrarias e papelarias (13,18%).

 

A retomada das vendas de veículos, com elevação de 12,03% em maio, e de materiais de construção, com aumento de 12,34%, também alavancaram o faturamento do comércio.

 

No acumulado do ano (janeiro a maio), as vendas tiveram redução de 2,43% ante o mesmo período de 2016. Mas o bom resultado de maio ajudou a reduzir o saldo negativo, que era de 3,12% no intervalo de janeiro a abril. A exceção são as lojas de móveis, decorações e utilidades domésticas, que apresentaram alta de 32,29% no período, e as de calçados, que mostram incremento de 6,63% nas vendas.

 

Análise regional

 

Entre as regiões pesquisadas, o Sudoeste foi o que mais se destacou, com elevação de 8,43% na comparação com maio de 2016. Outros resultados positivos foram verificados na região Oeste (3,37%), Curitiba e Região Metropolitana (2,04%), Ponta Grossa (1,35%) e Londrina (0,68%). As regiões que apresentaram queda foram Maringá, com -4,72%, e o Litoral, com -1,41%.

 

No acumulado do ano, o saldo de vendas é negativo em praticamente todas as regiões. O Sudoeste, Curitiba e Londrina têm os indicadores menos ruins, com baixas de até -1%. Já o Litoral (-9,42%) e Maringá (-8,09%) mostram as reduções no faturamento mais expressivas.

 

A região Oeste teve queda de 5,83% no acumulado de janeiro a maio e Ponta Grossa, diminuição de 3,58%. (Com CGN)

 

 

 

45324
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Varejo paranaense dá sinais de recuperação0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Paraná

Veja também:

  • Paraná confirma oito casos de hepatite por dia; 20% não sabe que é portador

    Doença caracterizada pela inflamação do fígado, a hepatite é um grave problema de saúde pública em todo o mundo.

     

    Apenas no Paraná, segundo dados do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais, são confirmados uma média de oito casos por dia das hepatites virais causadas pelos vírus A, B, C e D — o vírus E é mais frequente na África e na Ásia.

  • Porto Barreiro - Governo Municipal investe na recuperação do Britador

    Com o objetivo de melhorar o desempenho das atividades junto a Secretaria de Viação e Obras, o Britador do Município precisou passar por uma recuperação.

     

    Os cuidados com os bens públicos sempre foi uma preocupação por parte da atual administração. A Prefeita Marinez ressalta que se faz necessário manter boas condições de trabalho além de preservar pelo patrimônio.

  • Homem usou taco de beisebol e corda para matar esposa no PR

    O suspeito de matar a companheira usando um taco de beisebol em Ponta Grossa, Campos Gerais do Paraná, foi preso em Foz do Iguaçu, região oeste do estado na tarde de quinta dia 27.

     

    Anderson Barbosa, 30 anos foi detido quando tentava passar pela Ponte da Amizade e iria para o país vizinho, Paraguai.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.