Últimas notícias de todo estado do Paraná

Jovem entra no IML, tira foto do corpo do irmão e posta nas redes sociais


Publicado por: - 19/05/2017

Familiares de um homem morto em Maringá, no noroeste do Paraná, receberam pelo Whatsapp a foto do corpo no Instituto Médico Legal com frases zombando da morte.

 

O que chama a atenção é que o autor das postagens é o próprio irmão do defunto.

 

Ele entrou no IML para reconhecer o corpo, fotografou e mandou para os grupos da família com a frase: "Está no lugar dele que é o inferno".

 

Os dois irmãos eram brigados e a família disse que vai processar o homem por 'vilipêndio a cadáver'. (Com RICTV)

 

 

44228
com_k2.item
(2 estrelas, média 1.00 de 5)
Jovem entra no IML, tira foto do corpo do irmão e posta nas redes sociais1.00 out of 50 based on 2 voters.


Confira outras matérias publicadas em Paraná

Veja também:

  • Laranjeiras - IML leva corpo de homem que morreu no PV para Guarapuava

    Como já noticiamos, a equipe da Policia Militar e Bombeiros foram acionados até a rua Monteiro Lobato, no bairro Presidente Vargas em Laranjeiras do Sul, no final da manhã desta quinta dia 15.

     

    No local, encontrava-se um homem enforcado com um fio de varal.

  • Jovem detido após tentar se passar por médico em Balneário Camboriú é encontrado morto

    O rapaz de 19 anos que chegou a ser preso após tentar se passar por um médico em um hospital de Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense, foi encontrado morto em Camboriú na segunda dia 05, informou a Polícia Militar.

     

    Ele foi detido na noite da última terça dia 30, suspeito de tentar furtar o hospital, segundo a PM. O suspeito estava vestido como um médico, com credenciais furtadas de outra pessoa. Ao solicitar um novo crachá de acesso ao hospital, os seguranças o detiveram até a chegada da PM.

  • Acidentes matam um jovem a cada 14 horas no Paraná

    Principal causa de mortalidade infantil em todo o mundo, os acidentes causam no Paraná a morte de uma criança ou adolescente a cada 14 horas.

     

    Segundo informações do Ministério da Saúde, entre 2011 e 2015 (último ano com dados disponíveis) foram 3.113 óbitos no estado envolvendo jovens com idade entre 0 e 19 anos.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.