Últimas notícias no Brasil e no Mundo

Matou filha ex-vereadora e cometeu suicídio: carta deixada não tem relação com crime


Publicado por: - 18/10/2017

O conteúdo da carta deixada por Antônio Lorival Cândido, que atirou na filha, a ex-vereadora Ivanilde Farias Candido, 47 anos, e em seguida se matou, não tem relação com o crime, segundo o delegado Rafael Carvalho.

 

Informações preliminares indicavam que Lorival tinha deixado uma correspondência intitulada “Carta de Livramento”, dizendo que pretendia 'levar' também o neto.

 

O delegado confirmou a existência desta carta, mas respondeu que o conteúdo não tem ligação direta com a motivação do crime. Ele não divulgou o conteúdo por ter “caráter pessoal”.

 

 

INVESTIGAÇÕES

 

Carvalho explicou que está respeitando o período de luto da família antes de dar início às oitivas. Ele aguarda também os resultados da perícia feita no local do crime, dos exames necroscópicos feito nos corpos e do teste residuográfico realizado em Lorival para continuar as investigações. (Com Correio do Estado)

 

 

 

47650
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Matou filha ex-vereadora e cometeu suicídio: carta deixada não tem relação com crime0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Notícias no Brasil e no Mundo
Mais sobre

Veja também:

  • Rapaz de 20 anos é morto a facadas

    O rapaz de 20 anos que estava na garupa de um adolescente, que fugiu da Polícia na madrugada do último domingo, foi morto na noite de ontem dia 31.

     

    Igor Guilherme Rodrigues, 20, recebeu várias facadas. O fato aconteceu na Rua Avelino Antônio Vieira, no Jardim Aeroporto, bairro de Campo Mourão.

  • Idoso de 84 anos é encontrado morto em veículo

    Um homem de 84 anos foi encontrado morto no interior de um veículo que havia caído dentro de um rio, na Linha Rosset no interior de Caibi.

     

    O fato foi registrado por volta das 16h de terça dia 31.

  • Homem acusado de matar ex-amante e torturar duas crianças é encontrado morto com revólver ao lado

    Equipes de busca encontraram na manhã desta terça-feira o corpo de Idair dos Reis Maria, principal suspeito de ter matado a ex-amante Selma Alves e de ter torturado as duas filhas da mulher, irmãs de 5 e 7 anos.

     

    O homem foi localizado a cerca de 700 metros da represa onde ele havia deixado as meninas nuas e queimadas. O fato foi registrado em Rondônia.

Entre para postar comentários