Últimas notícias no Brasil e no Mundo

Falso médico fã de Grey's Anatomy é preso em Santa Catarina


Publicado por: - 02/06/2017

Um jovem de 19 anos, que se passava por médico em Santa Catarina, no sul do País, foi preso em flagrante por furto e estelionato.

 

De acordo com a polícia, o rapaz foi detido dentro de um hospital de Balneário Camboriú.

 

Fã da série Grey's Anatomy, que apresenta a rotina de médicos e pacientes dentro de um hospital, em um vídeo de 2016, Josias de Farias Júnior chegou a comentar que era "formado em medicina em 12 temporadas" da série.

 

Agentes do 12º Batalhão da Polícia Militar encontraram com Josias de Farias Júnior prontuários e carimbos médicos roubados, além de um jaleco e um estetoscópio que, segundo testemunhas, ele teria roubado de um médico do hospital.

 

Seguranças teriam desconfiado da credencial do jovem e o detiveram enquanto acionavam a polícia.

 

No vídeo, postado no canal do jovem no Youtube, ele afirmou: "Minhas séries favoritas são 'Grey's Anatomy' e 'Bones', mas eu tenho uma paixão bem maior por 'Grey's Anatomy'. Eu sou formado em Medicina em 12 temporadas de 'Grey's Anatomy'". (Com JC Online)

 

 

 

44520
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
Falso médico fã de Grey's Anatomy é preso em Santa Catarina0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Notícias no Brasil e no Mundo

Veja também:

  • Catanduvas - Homem é preso por tráfico de drogas

    A prisão do indivíduo R.F.S aconteceu por volta das 20:00 desta terça dia 31, no Bairro Alto Alegre na rua 2. 

     

    Após várias denúncias a Polícia Militar a comando do 2° Sgt Zeni iniciaram patrulhamento no bairro em busca dos suspeitos.

  • Polícia prende falso médico que ganhava quase R$ 50 mil por mês

    Um homem de 32 anos foi preso por se passar por médico e atuar na área durante dois anos, com nome e registro profissional de outra pessoa, em Maringá, no Paraná. Segundo a Polícia Civil, o falso médico tinha salário mensal de quase R$ 50 mil.

     

    Conforme investigação da Seção de Furtos e Roubos, o caso veio à tona após uma denúncia da própria empresa que contratou o rapaz.  A direção da empresa descobriu que Denis Wilian Fraquetta usava registro de outro médico. Ele foi contratado em 2015 pela administradora que fica em Maringá e presta serviço aos municípios de Altônia, Bom Sucesso e São Jorge do Patrocínio.

  • Prisão preventiva não é questão moral como 'altura de minissaia', diz Moro

    O juiz Sergio Moro, que conduz os processos da Lava Jato em Curitiba, voltou a defender nesta terça dia 24, o uso de prisões preventivas em ações relacionadas a corrupção, citando o caso do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) e afirmando que situações assim não são de "deterioração moral", mas de "conduta criminal".

     

    "Nós não estamos falando de altura de minissaia, estamos falando de crimes de corrupção. Estamos falando de fenômenos jurídicos muito claros. Não queremos pautar condutas éticas das pessoas", disse o magistrado, no evento "O legado da Mãos Limpas e o futuro da Lava Jato", promovida pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Entre para postar comentários