Dicas de saúde, relacionamento e beleza

8 maneiras infalíveis de aumentar o desejo sexual feminino


Publicado por: - 16/07/2017

Não ter vontade de fazer sexo de vez em quando é uma situação absolutamente normal, mas quando o desejo diminui drasticamente, sem razão aparente, é preciso checar.

 

Segundo estudo divulgado na conferência da “British Sociological Association”, um terço das mulheres sente menos desejo sexual do que os parceiros do sexo oposto.

 

A variação hormonal é um fator que influencia muito na libido feminina, mas outros fatores podem ser responsáveis pela queda no desejo.

 

O site IG Delas listou oito maneiras que ajudam - e muito! - para recuperar o prazer, ou até aumentá-lo!

 

1. Conversar é essencial, segundo a educadora sexual Cátia Damasceno. "Casais que conversam tendem a ter mais vontade de fazer sexo", revela.

 

2. Preliminares são fundamentais. Ótimas para os homens e essenciais para as mulheres, as preliminares esquentam o corpo e o preparam para o sexo. Os estímulos ajudam a excitar e a lubrificar a região vaginal, tornando a penetração mais prazerosa.

 

3. Cuide da saúde e pratique atividades físicas.

 

4. Fique atenta à alimentação, pois comidas pesadas e oleosas sabotam a libido, segundo a nutricionista Jéssica Berto.

 

5. Entenda como seu corpo funciona, pois só assim você saberá suas preferências sexuais e o que lhe dá mais prazer.

 

6. Dê adeus ao estresse. A correria do dia a dia e o acúmulo de problemas tornam a pessoa mais estressada, aumentando a produção de adrenalina e diminuindo a libido. “Tente sempre desacelerar e relaxar antes de iniciar uma relação”, sugere Cátia.

 

7. Leia mais sobre sexo e busque novas formas de se satisfazer.

 

8. Deixe o pudor de lado e solte-se na cama. O nível de segurança influencia diretamente no prazer sexual.

 

 

 

45413
com_k2.item
(0 estrelas, média 0 de 5)
8 maneiras infalíveis de aumentar o desejo sexual feminino0 out of 50 based on 0 voters.


Confira outras matérias publicadas em Portal Mulher
Mais sobre

Veja também:

  • Mulher luta há 7 anos para provar que está viva

    Até que ponto pode chegar uma coincidência? A espanhola Juana Escudero Lezcano diria que não há limites.

     

    Isso porque a mulher de 53 anos, natural de Sevilha, na Espanha, trava uma luta há 7 anos para provar que está viva.

  • Mulher dá à luz sozinha em recepção de hospital: 'bebê caiu no chão', diz pai

    Uma mãe de 28 anos deu à luz em pé, na recepção do Hospital Regional do Gama, no Distrito Federal.

     

    Na manhã desta quarta dia 13, Francisca da Silva foi "tratada como um bicho", como conta ao UOL o pai do bebê.

  • Mulher que degolou a própria filha vai a júri

    Está marcado para o dia 28 de setembro, às 8h30, em Ponta Grossa, o julgamento de Maria Geni Lourenço de Oliveira, de 42 anos de idade. Ela é acusada de ter degolado a própria filha, com apenas três dias vida, no quintal da residência onde vivia no bairro Contorno.

     

    O crime foi cometido em março de 2016. A mulher tentou esconder o corpo embaixo de restos de telhas. Ela foi presa em flagrante, encaminhada a Cadeia Pública Hildebrando de Souza, e posteriormente transferida para Curitiba por medida de segurança.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.