Portal Jovem

Fies sem fiador: saiba mais


Publicado por: - 29/11/2012

Para os estudantes que tenham dificuldade em apresentar fiador para solicitar o financiamento, o MEC oferece uma modalidade do Fies em que não há essa exigência. Confira os detalhes.

O sonho de ingressar no ensino superior muitas vezes acaba ficando mais distante, por causa da enorme concorrência nas instituições públicas e também devido aos altos preços das mensalidades nas universidades particulares.

 

Para facilitar a realização desse sonho existe o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC), que financia parcial ou totalmente a graduação na educação superior dos estudantes matriculados em instituições privadas e com avaliação positiva do MEC.

 

Os beneficiados com o Fies pagam apenas R$ 50,00 a cada três meses, durante o período de duração do curso, referentes aos juros incidentes sobre o financiamento. Após a conclusão do curso, há uma carência de 18 meses, a partir da qual o saldo devedor poderá ser parcelado em até três vezes o período financiado, acrescido de 12 meses.

 

Apesar de todas as facilidades, é necessário apresentar um fiador como garantia de quitação da dívida, exigência que impossibilita o acesso ao Fies por parte de muitos estudantes. Porém, em 2010 foram implantadas algumas mudanças no sistema, que resultaram na criação do Fies sem fiador.

 

 

Requisitos para solicitar o Fies sem fiador

 

Com as alterações, foi criado o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc), que funciona como um fiador para os estudantes com dificuldade em apresentar o fiador na assinatura do contrato. Esse sistema é de adesão voluntária por parte das instituições e aquelas que não aderiram à modalidade continuam a oferecer o Fies convencional.

 

Podem solicitar o Fies sem fiador os estudantes matriculados em cursios de licenciatura e aqueles que tenham renda familiar mensal per capta de até um salário mínimo e meio. Além disso, também estão aptos a recorrer ao benefício os bolsistas parciais do Prouni que optem pela inscrição no Fies no mesmo curso em que possuem a bolsa.

 

Caso tenha concluído o ensino médio a partir do ano letivo de 2010, é necessário ter feito o Enem 2010 ou posterior para solicitar o Fies. Para quem se formou antes de 2010, não há essa exigência.

 

 

Como se inscrever para o Fies sem fiador

 

Para se inscrever no Fies sem fiador, é necessário confirmar se a instituição na qual pretende estudar aderiu a essa modalidade. Posteriormente, você deve acessar o site do SisFies, preencher o formulário e comparecer à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) na instituição onde estuda, em até 10 dias após se inscrever.

 

Confirmadas as informações e validada a sua inscrição, você deve ir a uma agência do Banco do Brasil ou da CAIXA, conforme sua escolha, para contratar o financiamento.

 

Outras informações estão disponíveis no site do Fies.

 

 

 

 

 

Fonte - Mundo das Tribos

 

 

527
com_k2.item
(3 estrelas, média 4.67 de 5)
Fies sem fiador: saiba mais4.67 out of 50 based on 3 voters.


Confira outras matérias publicadas em Portal Jovem
Mais sobre

Veja também:

  • Governo do Paraná libera R$ 100 milhões para melhorias em 1000 escolas

    Em uma cerimônia bastante concorrida, que teve a participação de diretores e professores de todo o Estado, foi lançado nesta terça dia 27, o programa Escola 1000.

     

    O programa foi criado pela Casa Civil e Secretaria da Educação para atender mil colégios estaduais com recursos para melhorias.

  • MEC publica portaria anunciando quatro cursos de Medicina no PR, entre eles o da Unipar

    Uma portaria do Ministério da Educação publicada no Diário Oficial da União desta terça dia 27, divulgou as mantenedoras selecionadas para receber novos cursos de Medicina.

     

    No Paraná, quatro municípios estão aptos a ter graduação: Campo Mourão, Guarapuava, Pato Branco e Umuarama.

  • Estudo para novo Fies deve ser apresentado em 60 dias

    O Ministério da Educação (MEC) espera concluir um estudo preliminar sobre um novo modelo de financiamento estudantil nos próximos 60 dias, segundo afirmou o secretário da Secretaria de Ensino Superior (Sesu), Paulo Barone, ao Broadcast Político, serviço online do Grupo Estado.

     

    Durante o Fórum Nacional do Ensino Superior Particular Brasileiro (FNESP), ele disse que o governo estuda uma "transformação significativa" no programa. 

7 comentários

  • Link do comentário
    Jacqueline alves Jacqueline alves posted on Fevereiro 26

    Quem tem fies com fiador, e por algum motivo ficou sem fiador, e não tem outra pessoa para coloca pode mudar para sem fiador?

    Relatar
  • Link do comentário
    Flaviana Ferreira Felix Flaviana Ferreira Felix posted on Janeiro 29

    bom eu gostei mas eu não entende se vai ter em Itabira: Minas Gerais

    Relatar
  • Link do comentário
    Luana Luana posted on Janeiro 21

    To com dificuldade em arrumar fiador com renda comprovada. Será que autonomo tambem pode ser fiador??
    se pode quais documentos ele deve apresentar?

    Relatar
  • Link do comentário
    Luana Luana posted on Janeiro 21

    To com dificuldade em arrumar fiador com renda comprovada. Será que autonomo tambem pode ser fiador??
    se pode quais documentos ele deve apresentar?

    Relatar
  • Link do comentário
    Paulo Paulo posted on Agosto 10

    faço engenhria civil tenho como aderir esse recurso ?

    Relatar

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.