Últimas notícias do Foz de Jordão

Foz do Jordão - Corpos de jovens que se afogaram em Candói são sepultados


Publicado por: - 29/12/2016
(Foto: Victor Hugo Bittencourt/RPC) (Foto: Victor Hugo Bittencourt/RPC)

Os corpos dos cincos jovens que se afogaram no Alagado do Rio Iguaçu, em Candói, na região central do Paraná, foram sepultados nesta quarta dia 28.

 

As vítimas, com idades entre 15 e 21 anos, foram enterradas em Foz do Jordão, também na região central do estado, sendo quatro delas no cemitério municipal .

 

Os cinco se afogaram na segunda dia 26. Conforme testemunhas, uma das vítimas se afogou e o restante pulou para tentar salvá-la. Quando os Bombeiros Comunitários de Candói chegaram ao local, pessoas que estavam no local já tinham retirados três corpos da água. Os corpos de outras duas vítimas foram encontrados no fim da tarde de terça dia 27.

 

Uma sexta vítima que se afogou, outro rapaz de 24 anos, foi resgatado com vida e encaminhado ao hospital. De acordo com a direção, ele está sob observação e passa bem.

 

Segundo os bombeiros, a profundidade no local onde aconteceram os afogamentos é de quase cinco metros. O alagado fica a 30 quilômetros de Candói. (Com G1)

 

 

 

41031
com_k2.item
(1 estrela, média 2.00 de 5)
Foz do Jordão - Corpos de jovens que se afogaram em Candói são sepultados2.00 out of 50 based on 1 voters.


Confira outras matérias publicadas em Foz do Jordão

Veja também:

  • Acidente na BR-163 deixa um morto e oito feridos

    Um grave acidente foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal na BR-163, em Santo Antônio do Sudoeste, no início da noite de terça dia 15.

     

    A ocorrência deixou um morto e, pelo menos, oito feridos. O acidente envolveu uma carreta Scania, um caminhão e um Fiat Pálio.

  • Candói - Na Casa Civil, Prefeito e Deputado solicitam recursos para o município

    O Deputado Estadual Bernardo Ribas Carli intermediou hoje, 15 de agosto, uma reunião entre o Prefeito de Candói, Gelson Costa, e o Secretário Chefe da Casa Civil do Paraná, Valdir Rossoni.

     

    Na pauta, a solicitação de apoio do Governo do Estado para investimentos nas áreas da segurança pública, infraestrutura urbana e saúde.

  • Garoto dado como morto sobrevive a parada de 48 minutos

    A equipe médica já havia desistido. Depois de 30 minutos tentando reanimar um garoto de 12 anos que sofrera uma parada cardíaca fulminante, eles pediram para avisar a mãe: "ele está morto".

     

    "Insiste, continua tentando!", respondeu a acompanhante do menino. E eles continuaram.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.